Paris Hilton é detida com maconha no jogo do Brasil

Uma rádio local de Joanesburgo afirmou que a socialite americana Paris Hilton foi detida na cidade de Porto Elizabeth, na África do Sul, nas imediações do estádio onde o Brasil perdeu para a Holanda nesta sexta-feira (2).

Um policial, que falou à agência de notícias Associated Press sob a condição de manter o nome em anonimato, disse que ela estava portando maconha. Segundo ele, a polícia ainda não está autorizada a dar nenhum detalhe sobre o caso.

Uma porta-voz da polícia não quis confirmar o nome, mas disse que uma pessoa conhecida seria intimada pela Justiça por acusações relacionados a porte de drogas.

“Esta pessoa está indo para a corte neste momento. Não podemos dar informações até ela aparecer. Estamos esperando a audiência começar”, afirmou.

Paris Hilton com fãs no jogo do Brasil contra a Holanda, em foto postada no Twitter

A socialite postou fotos durante o jogo do Brasil no Twitter.

A última mensagem escrita por ela no site, há cerca de quinze minutos diz: “A África do Sul é um lugar lindo. Estou amando”.

Com ASSOCIATED PRESS

Usuários do Twitter tentam emplacar “Dia Sem Globo”

Seja consciente pelo uma vez no ano! 25/06/2010

Depois da polêmica que envolveu o técnico da seleção brasileira Dunga e a Rede Globo no último domingo (20), usuários do Twitter resolveram se manifestar e fazer uma campanha para boicotar a emissora na próxima sexta-feira (25).

Segundo o jornal O Dia, os internautas tentam uma mobilização para que a audiência da emissora caia, durante a transmissão do jogo entre Brasil e Portugal, válido pela terceira rodada da Copa do Mundo. A intenção dos organizadores é a de protestar contra a “manipulação” do canal. A campanha “Dia Sem Globo” sugere aos seguidores que vejam a partida pela Band ou pela ESPN.

A ideia do boicote surge após a expressão “Cala Boca Tadeu Schmidt” alcançar o topo dos assuntos mais comentados na rede social na última segunda (21), por ter lido uma declaração no “Fantástico” sobre o comportamento de Dunga ao falar com a imprensa, e em especial, ao repórter da TV Globo, Alex Escobar.

Sobre o episódio envolvendo técnico e a emissora, a Globo diz que apenas pede respeito. “O único movimento do qual a TV Globo faz parte é de torcida pela seleção brasileira. No mais, queremos apenas que nossos profissionais sejam tratados com o mesmo respeito com que desempenham seu trabalho”, informa Ricardo Feltrin, na Ooops!.

Segundo o UOL, Globo e CBF haviam acertado entrevista com três jogadores, que aconteceria depois do jogo do Brasil com a Costa do Marfim. Ao saber do acerto, Dunga teria vetado. Alex Escobar, interpelado pelo treinador, era o profissional que estava organizando tais entrevistas e, por isso, estaria da linha de frente do embate com o técnico.

Portal Imprensa/Twitter

%d blogueiros gostam disto: