Justiça tira bebê de Wanessa do processo contra Rafinha Bastos

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20111105173131.jpg

No “CQC” do dia 19 de setembro, Rafinha Bastos comentou: “Eu comeria a Wanessa e o bebê”, se referindo ao filho que ainda é um feto na barriga da mãe.

Após muita polêmica, Wanessa e seu marido, o empresário Marcus Buaiz, entraram com uma ação na Justiça por danos morais contra o humorista, e colocaram o bebê como coautor do processo.

Porém, em decisão da 14ª Vara Criminal do Forum da Barra Funda, em São Paulo, o feto não poderá constar na ação.

De acordo com o documento, o bebê não pode processar alguém por crime de injúria, porque não tem consciência da ofensa feita pelo comediante. A juíza Juliana Guelfi encaminhou o caso para o juizado criminal comum, porque “o crime de injúria é uma ofensa à honra subjetiva, de modo que a pessoa deve ter consciência da dignidade ou decoro”.

Além disso, o Ministério Público sugere que haja uma tentativa de conciliação entre as partes.

Porém, isso não deverá acontecer. Wanessa Camargo e Marcus Buaiz vão recorrer da decisão da juíza, pedindo que o bebê seja mantido no processo.

Em seu blog, a cantora disse que está “apenas defendendo a honra” de seu filho.

Com informações do Na Telinha

%d blogueiros gostam disto: