UOL: Paula é a mais votada

BBB iguala votos da web a fone e SMS

A Enquete do Portal UOL aponta Paula como a próxima eliminada, ela está com 59,6% dos votos, já Diana está com 36,28% e por fim Wesley com 4,12%, o total de votos é de 570 mil.

Escrito por Eduardo de Moura

Filha de Claudia Raia interpreta blogueira mirim em “Ti-Ti-Ti”

https://i2.wp.com/tv.i.uol.com.br/televisao/2011/03/09/sophia-raia-em-cena-de-ti-ti-ti-1232011-1299699685519_615x300.jpg

Na semana passada, Sophia Raia foi ao Projac, na zona oeste do Rio, para gravar uma participação como a blogueira Laura K em “Ti-Ti-Ti”. A filha de Claudia Raia, de apenas sete anos, passou o texto com Clara Tiezzi no camarim e se juntou aos outros atores para gravar.

Concentrada, Sophia não teve dificuldade para decorar as frases e trejeitos da personagem. “Também, como uma pessoa tão boa me ajudando…”, contou a pequena, referindo-se à treinadora de elenco Rosana Garcia.

Na hora de contracenar com Clara Tiezzi e Juliana Alves, Sophia disse que ficou nervosa. Mas ela não titubeou ao ser perguntada se quer ser atriz. “É a coisa que mais gostei de fazer em toda minha vida”, disse.

Ao acabar a cena, Claudia Raia, que interpreta a espalhafatosa Jaqueline na trama das sete, abraçou e beijou a filha dando os parabéns. “Estou completamente anestesiada. Sabia que isso iria acontecer em algum momento, mas não sabia que era tão cedo. Meu desejo é que ela vá com muita calma. Quero preservar a criança. Se quiser, ela fará algumas participações esporádicas”, disse Claudia.

Prevista para ir ao ar no sábado (12), a cena mostra o encontro entre Laura K e Mabi (Clara Tiezzi) no desfile de moda organizado por Victor Valentim (Murilo Benício) e Jacques Leclair (Alexandre Borges).

Com informações do UOL Televisão

“BBB 11”: Natália é eliminada com 54% dos votos (15/02)

ACESSE SEMPRE: http://ocanal.org/

Pedro Bial anuncia que Natalia é a sétima eliminada do BBB11 com 54% dos votos.

Bate – Rebate da TV

Bate – Rebate

# Luciana Gimenez e Marcelo Carvalho, de volta ao Brasil, gravam hoje o “Mega Senha” especial da campanha “Direito de Viver”.
# Participações do conjunto “Barra da Saia” e da dupla Rio Negro e Solimões. Vai ao ar no dia 11.
# Além do SBT e Band, a Rede Bahia, afiliada da Globo no Estado, também promete fazer a transmissão do Carnaval de Salvador, em 2011.
# De acordo com o Marketing da emissora, serão cerca de 20 horas de exibição local e Globo Internacional, além de boletins jornalísticos via telejornais de rede.
# A Band também confirma: a empresa Claro, por não concordar com a transferência para o ano que vem, não vai patrocinar “O Busão do Brasil”.
# Profissionais envolvidos na produção do longa  “Heleno”,  com Rodrigo Santoro, sobre a trajetória do jogador Heleno de Freitas, revelam que ainda é necessário captar R$ 1 milhão para concluir os trabalhos do filme.
# Alinne Moraes também está no elenco. O lançamento continua anunciado para o primeiro semestre de 2011.
# A Record informa que o prêmio “A mais Record das Emissoras”, edição 2010, saiu para a emissora de Brasília.
# A TV Cidade de Fortaleza, na verdade, venceu a categoria “Sinal de Transmissão da Rede”.
# Fulvio Stefanini confirma convite para uma participação especial em “Araguaia”, mas por motivos particulares foi obrigado a recusar.

UOL

Bate – Rebate da TV: Datena pode assumir o Boletim de Ocorrencias!?

Bate – Rebate  da TV

# Pessoal da TV Alterosa – BH deu uma força à equipe do SBT na cobertura dos acontecimentos no Rio de Janeiro.
# Direção da Band acredita, ainda para esta semana, numa solução para o caso Adriane Galisteu. Ela deve, enfim, assinar o seu novo contrato.
# A última edição do “Programa do Jô” nesta temporada será exibida no dia 17 de dezembro, uma sexta-feira.
# No horário do Jô, a partir daí, a Globo passará a exibir festivais de música e as tradicionais séries americanas. O programa voltará em março.
# No SBT circula a informação que César Filho ficará no comando do “Boletim de Ocorrências” só até o final de dezembro.
# O que leva alguns imaginar que, em janeiro, o programa passará a ser apresentado por José Luiz Datena.
# A Bandeirantes fará para toda a sua rede a transmissão dos jogos finais da Sul-Americana.
# Serão duas partidas entre Goiás e Independiente, amanhã, em Goiânia, e quarta-feira que vem, na Argentina.
# Equipes de produção e de apoio ao roteiro do “Casseta” começam a ser remanejadas para outros programas da Globo.
# O SBT marcou para dia 6, às 13h, gravação do especial de Natal do programa da Hebe. Artistas da emissora e imprensa estão sendo convidados.

UOL

Globo obtém liminar contra UOL por Copa

A Rede Globo obteve, esta semana, uma liminar judicial que restringe a atuação do portal UOL de usar imagens da Copa do Mundo.

A Globo é dona dos direitos de transmissão da Copa do Mundo no Brasil e, além de faturar com a audiência da TV, tem colhido ótimos resultados com seus sites GloboEsporte.com e SporTV.com graças à exclusividade em poder exibir vídeos completos de jogos da Copa do Mundo.

A legislação brasileira, no entanto, determina que o dono de direitos de grandes eventos ceda ao menos alguns minutos de imagem de cada partida para outros meios de comunicação, em função do interesse jornalístico que estes episódios geram.

A Globo avalia que o UOL extrapola o “limite jornalístico” do uso de imagens da Copa, mantendo vídeos disponíveis mesmo após 48 horas dos jogos, o que na opinião da Rede Globo, não é correto.

A juíza Fernanda Xavier de Brito, da 44ª Vara Cívil do Rio deu razão à Globo e determinou que o UOL retire do ar vídeos dos jogos após o período de dois dias.

O UOL pode recorrer da decisão. A Globo também questiona animações em 3D que o UOL leva ao ar, reproduzindo gols da Copa. Segundo a Globo, os vídeos 3D são feitos a partir de suas imagens o que seria ilegal.

Por trás da disputa judicial, há uma briga comercial por mais audiência e faturamento publicitário dos portais do UOL e da Globo.

Globo acusa UOL de uso indevido de imagens da Copa; portal cumpre dever e direito de informar o público

As Organizações Globo distribuíram nesta quarta-feira comunicado em que acusam o UOL de usar indevidamente imagens da Copa do Mundo de futebol, que está sendo disputada na África do Sul.

Assim como já respondeu aos advogados da emissora na semana passada, quando o UOL recebeu notificação, o portal segue estritamente a legislação brasileira que garante o direito do público à informação.

No caso de eventos esportivos como a Copa do Mundo, a Lei Pelé permite a todos os meios de comunicação a utilização jornalística de vídeos desde que tal exibição se restrinja a 3% do tempo total de cada evento. Essa regra é respeitada pelo UOL.

Na semana passada a Rede Globo, que comprou os direitos de transmissão em território brasileiro, e a Fifa, dona dos direitos comerciais da Copa do Mundo, notificaram o UOL alegando que o “portal utiliza irregularmente os vídeos da Copa”. Tanto a Rede Globo como a Fifa receberam resposta formal do UOL esclarecendo que o portal exerce o direito público de informar conforme as garantias constitucionais e da Lei Pelé.

A Rede Globo, ciente da existência da Lei Pelé, alega que o fato de o UOL manter os vídeos disponíveis após 48 horas da realização dos jogos resultaria em perda do caráter jornalístico do conteúdo. Entretanto, não existe nenhum respaldo jurídico na afirmação de que uma cobertura jornalística perca seu caráter jornalístico em 48 horas.

Sempre que reproduz imagens de qualquer emissora em suas videorreportagens, o UOL dá créditos ao autor das imagens. O mesmo tem acontecido nesta cobertura da Copa.

Não é a primeira vez que a Globo, que funciona sob concessão pública, tenta impedir o UOL de informar seus usuários, ignorando a legislação vigente no Brasil e o óbvio interesse público na cobertura jornalística da Copa do Mundo.

Em 2005, durante o Campeonato Brasileiro, a emissora chegou a obter liminar para impedir o UOL de veicular resumos da competição de futebol. A liminar, porém, foi cassada.

No Congresso, a Rede Globo tem feito este ano lobby ostensivo para reduzir as garantias da Lei Pelé. Seu objetivo é obrigar todos os veículos de comunicação do país a depender exclusivamente do envio de imagens selecionadas por ela, além de reduzir o tempo limite de exibição de imagens de 3% do total do evento para um máximo de 90 segundos.

Esta semana, o portal iG também passou a usar trechos de jogos da Copa do Mundo em sua cobertura. Procurado pela reportagem do UOL, o grupo preferiu não se manifestar. O comunicado distribuído nesta quarta pela Globo não menciona o iG.

Fonte: Uol

%d blogueiros gostam disto: