Marcelo Serrado, o Crô de “Fina Estampa”, vai desfilar no Carnaval:

O ator Marcelo Serrado como o Crô de 'Fina Estampa'

Sucesso como o personagem Crô da novela Fina Estampa, da Rede Globo, o ator Marcelo Serrado é disputado pelas escolas de samba do Rio de Janeiro. Ele vai desfilar no Porto da Pedra, no domingo, interpretando o principal personagem do enredo: o comerciante espanhol Isaac Carasso, retratado como o responsável pela difusão do iogurte como alimento voltado para a saúde em todo o mundo. 

Serrado, que também desfilará pela Grande Rio, virá no sexto carro alegórico da Porto da Pedra, intitulado A Fábrica das Delícias. A alegoria integra o setor O iogurte conquistando a Europa, que gira em torno no personagem de Serrado.

Baseado em estudos de um médico que ganhara o Prêmio Nobel de Medicina em 1908, chamado Ilya Metchnikoff, Isaac Carasso decide produzir iogurte em uma pequena fábrica no quintal de sua casa e a vender o produto em pequenos potes de cerâmica nas farmácias de Barcelona. Com sua visão de comerciante, havia se interessado pelo tal remédio, pouco conhecido no mundo ocidental, e que era usado por tribos na Bulgária cuja principal característica era a longevidade. 

Com a ajuda do Instituto Pasteur, da França, em 1919, Isaac monta a primeira fábrica de iogurte do mundo, em Barcelona, o que faria com que o produto fosse difundido dali em diante por todo o planeta.

Essa historia é parte do enredo da Porto da Pedra, Da seiva materna ao equilíbrio da vida, assinado pelo carnavalesco Jaime Cezário.

Essas informações são do site da Veja.

“Fina Estampa”: Crô pode ter final feliz e herdar herança de Tereza Cristina

Há pouco tempo, Aguinaldo Silva revelou que Tereza Cristina, Christiane Torloni, não será presa na reta final da novela “Fina Estampa”. “Acho que ela tem que morrer”, declarou o autor, mas ainda em dúvida em relação ao desfecho da personagem.

De qualquer forma, sabe-se que o experiente Aguinaldo já tem traçado todo o planejamento dessas cenas e das suas possíveis repercussões. Por exemplo, se ele realmente se decidir pela morte de Tereza Cristina, é claro que ela deixará um testamento.

E é este testamento que poderá provocar mais uma reviravolta na história. Boa parte da sua fortuna será destinada para o único homem que a amou e respeitou na vida: ele, Crodoaldo Valério, o Crô, vivido por Marcelo Serrado.

Essa é uma das muitas possibilidades imaginadas pelo autor.  Ou seja, o Crô, depois de tantas humilhações, pode se dar bem no fim de tudo.

Informações do colunista Flávio Ricco.

%d blogueiros gostam disto: