Morde & Assopra pode ser encurtada; Falabella é chamado às pressas

Falabella, em lançamento de livro, anunciou nomes do elenco de sua próxima novela (AgNews)

Há fortes rumores na Globo de que Morde & Assopra pode ser encurtada. O fiasco é tanto que a trama de Walcyr Carrasco já tem sido comparada aTempos Modernos.

Para apagar o incêndio, a emissora chamou Miguel Falabella e o apressou para adiantar sua próxima novela, que vai substituir Morde & Assopra na faixa das 19h.

Além de apressar a produção, Falabella até já andou divulgando nomes de seu elenco, como Grazi Massafera, Giovanna Antonelli, Claudia Jimenez e Marília Pêra.

Estas informações são da jornalista Fabíola Reipert.

Semana final das ultimas novelas das 7

Veja média da última semana das novelas das 7.

Beleza Pura: 31 30 29 = 30 de média até a última Quarta-Feira de exibição

3 Irmãs: 26 26 26 = 26 de média até a última Quarta-Feira de exibição

Caras e Bocas: 35 37 35 = 35,6 de média até a última Quarta-Feira de exibição

Tempos Modernos: 28 30 29 = 29 de média até a última Quarta-Feira de exibição

TiTiTi: 32 32 34 = 32,6 de média até a última Quarta-Feira de exibição

Com informações do Tvxtv

Por Leonardo Oliveira

Redação O Canal TV

“É uma pena quando a gente gosta e o público não”, diz Antonio Fagundes sobre Tempos Modernos

Em entrevista ao jornal Extra, Antonio Fagundes comentou sobre as críticas e a baixa audiência de Tempos Modernos, que termina no próximo dia 16.

“A receptividade do público que nos acompanha é muito boa. Nenhum artista pensa em fazer alguma coisa para não ir bem, para não ser aceito. Mas, ao mesmo tempo, estamos dando a cara a tapa toda vez que fazemos um trabalho. É uma pena quando a gente gosta e o público não. É natural um trabalho ou outro não agradar às pessoas. Mas sempre tem alguém que gosta e isso deixa a gente muito feliz”, explicou o ator.

Quanto ao seu novo trabalho, a próxima novela das oito “Insensato Coração”, de Gilberto Braga e Ricardo Linhares, Fagundes disse que ainda não tem detalhes de seu personagem:

“Eu não li a sinopse, mas sei que já há vários capítulos escritos. Não sei de nada mesmo. Até pedi ao Gilberto (o autor, Gilberto Braga), mas ele ainda não quis me dar (risos)”, brincou. 

Fonte: Planeta TV

Alexandre Cioletti vive um nerd em sua estreia na televisão

Alexandre Cioletti faz seu primeiro papel na TV em "Tempos Modernos", da Globo

Muitos atores parecem já nascer prontos para os palcos e para as câmeras. Mas esse não é o caso de Alexandre Cioletti. De personalidade tímida e retraída, foi por acaso que ele entrou na profissão. “Minha mãe ficou preocupada com o meu jeito e me matriculou em uma escola de teatro. Isso mudou a minha vida”, revela, agradecido.

Afinal, além de o deixar desinibido e confiante, a atitude materna foi fundamental para descobrir sua vocação. “Não é fácil ser ator, mas sou apaixonado pelo que faço”, confessa. Por conta disso, é com muita empolgação que ele fala da oportunidade de estrear na tevê, no papel do fanático por computadores Valvênio Marins de “Tempos Modernos”, da Globo. “É tudo novo para mim, é uma outra linguagem e estou adorando”, destaca.

Na trama de Bosco Brasil, Alexandre encarna um técnico de informática, ex-campeão de xadrez, sem muitos atributos físicos e que é apaixonado por Lavínnia Palumbo, papel de Cláudia Missura. “O Valvênio é um personagem muito interessante, é uma atuação sempre contida. Procurei entender o universo nerd para o compor”, explica. Mesmo sendo bem diferente do personagem, o ator confessa que revive certas atitudes suas com Valvênio. “Sou meio atrapalhado e metódico em relação ao trabalho. Gosto das coisas bem feitas”, analisa.

Apesar de ser novato na televisão, Alexandre está completando 17 anos de carreira no teatro e no cinema. Para ele, tudo aconteceu na hora certa e a novela –que agora entra em sua fase final– representa um bom momento em sua vida profissional. “Tive de largar o palco por um tempo para me dedicar totalmente à novela e estou muito satisfeito”, analisa o ator, que por conta das gravações, trocou sua Belo Horizonte natal pelo Rio de Janeiro.

Nome: Alexandre Cioletti Cardoso Leite.
Nascimento: 9 de janeiro de 1978, em Belo Horizonte, Minas Gerais.
Na TV: Filmes e desenhos animados.
Ao que não assiste na TV: Séries americanas de comédia.
Nas horas livres: “Gosto de ficar em casa, estudando, lendo”.
No cinema: “Cinema Paradiso”, de Giuseppe Tornatore.
Música: “Elephant Gun”, do grupo Beirut.
Livro: “Os Carbonários”, de Alfredo Sirkis.
Prato predileto: “Frango com quiabo da minha mãe”.
Pior presente: “Uma camisa do Atlético Mineiro”.
O melhor do guarda-roupa: “Camisas básicas”.
Perfume: “Não tenho um predileto”.
Mulher bonita: “Minha mulher, a atriz Luísa Rosa”.
Homem bonito: Alain Delon.
Cantor: Milton Nascimento.
Cantora: Elis Regina
Ator: Al Pacino.
Atriz: Docimar Moreyra.
Escritor: Fernando Pessoa.
Arma de sedução: “Minha simpatia”.
Programa de índio: “Ir ao shopping”.
Melhor viagem: “Argentina, com amigos”.
Sinônimo de elegância: “Tratar bem as pessoas”.
Melhor notícia: “Quando fiquei sabendo que seria pai”.
Inveja: “Assisto aos filmes que gosto e fico com inveja dos atores”.
Ira: “Injustiça”.
Gula: “O cheiro da comida da minha mãe”.
Cobiça: “Comprar CDs”.
Luxúria: “Olhos bonitos”.
Preguiça: “Praia”.
Vaidade: “Me preocupo muito com meu peso”.
Mania: “Torcer pelo meu time, o Cruzeiro”.
Filosofia de vida: “Tento ser correto comigo mesmo e dedico muita atenção às pessoas que amo”.

Por: Geraldo Bessa

PopTevê

Uol Televisão

Viviane Pasmater dá trabalho na Globo

Foto: Divulgação TV Globo

Passando por um momento difícil na vida pessoal com o pai de seus filhos, do qual é separada, Viviane Pasmanter está dando trabalho nos bastidores de “Tempos modernos”. Desde que o ex-marido da atriz assumiu um romance com a ex-apresentadora da Rede TV!, Luisa Mell, a atriz está inconsolável e desconta sua fúria em camareiras e produtores no Projac. Há quem diga que não foi por acaso que a personagem dela sumiu na trama.

Retratos da Vida/Jornal Extra

Pedro Bial revela que “rola sexo” entre participantes do “BBB”

O jornalista e apresentador Pedro Bial afirmou que “rola” sexo entre os participantes do “Big Brother Brasil”.

“Rola, mas não necessariamente penetração. Na cabeça do homem, geralmente sexo está associado à penetração, mas para mim não”, disse.

A declaração foi feita a Preta Gil, no programa “Vai e Vem”, do canal pago GNT. A entrevista vai ao ar sexta-feira (23).

Segundo o apresentador, a cena que mais o excitou em todas as edições do programa ocorreu no “BBB9”, quando Francine tomou banho em uma bacia.

Outra revelação é que ele ainda guarda uma calcinha que ganhou da participante Priscila, também do “BBB9”, como um prêmio, junto com um pedaço do muro de Berlim.

Bial disse também que nunca deixou de fazer sexo para dar uma espiadinha na casa do “BBB”. “Não, nunca houve esse conflito de interesses”, afirmou.

‘Tempos modernos’: Viviane Pasmanter não tem data para voltar

Ainda não há previsão da volta de Viviane Pasmanter a “Tempos modernos”. A atriz pediu mais dias para cuidar de assuntos pessoais. Só se sabe que, na volta, Regeane, sua personagem, disputará Portinho (Felipe Camargo) com Deodora (Grazi Massafera).

Fonte: Telinha

Globo temia polêmica com “Casseta & Planeta”; leia trecho da biografia de Bussunda

Para que o programa “Casseta & Planeta Urgente” pudesse estrear, em 1992, o diretor de operações José Bonifácio de Oliveira Sobrinho teve que driblar a desconfiança de Roberto Marinho, chefe supremo da emissora. Na ocasião, ele achava o humor dos redatores pesado demais para o horário nobre. A esperança de Boni residia no “gordo e debochado” Bussunda. Para ele, não tinha como o público não enxergar uma certa dose de doçura no humorista.

Essa e outras histórias são contadas pelo jornalista Guilherme Fiuza em “Bussunda – A Vida do Casseta”. A biografia de Cláudio Besserman Vianna (1962-2006) explica porque ele se tornou uma das figuras mais amadas do Brasil, conquistando pessoas de todas as idades e classes sociais.

Além de traçar um perfil revelador do comediante, o autor reconstitui o nascimento do “Casseta & Planeta” e relata a trajetória de seus outros integrantes desde a época em que eles faziam parte dos jornais humorísticos “Casseta Popular” e “Planeta Diário”.

O livro já se encontra em pré-venda na Livraria da Folha.

Veja no trecho reproduzido a fase de transição dos humoristas do meio impresso para a televisão e a estreia do programa na Globo.

CAPÍTULO 1

Quem mandou nascer b…

A porta da sala de Roberto Marinho na TV Globo se abriu e de lá saiu um homem com uma tonelada nas costas. Uma tonelada de responsabilidade e risco. José Bonifácio de Oliveira Sobrinho tinha recebido um aviso do chefe supremo. A mais nova atração da emissora, prestes a estrear, não poderia ir ao ar daquela forma.

O programa chamava-se Casseta & Planeta Urgente, e o doutor Roberto não gostara do que vira:

– Nós vamos ter problema. O público vai reclamar da grossura. Esse humor é escatológico. Vamos dar uma maneirada nisso aí – determinou o presidente das Organizações Globo a Boni, o diretor de operações.

A denominação do cargo, no caso, escondia a face real de seu ocupante. Diretor de operações era o nome fantasia para feiticeiro. Boni era o pajé da Globo. Só uma pessoa confiava mais nele do que Roberto Marinho: ele mesmo. E decidiu driblar o patrão.

Recebeu o alerta, e ao fim do percurso de volta à sua sala já decidira fingir que não ouvira direito. Achava que o doutor Roberto tinha razão quanto à grossura do humor encarnado por sete homens feios, debochados e desconhecidos. Mas algo lhe dizia que aquilo ia dar certo. Como era uma fórmula nova, a aposta teria que ser no escuro.

As palavras do chefe martelaram na cabeça de Boni naquele março de 1992: “Isso aí é pesado. Esse pessoal é perigoso.” Roberto Marinho estava visivelmente assustado com o conteúdo do novo programa. Ele sabia do que seus autores eram capazes. A revista Casseta Popular e o jornal O Planeta Diário, que projetaram seu humor anárquico, tinham forçado todos os limites da abertura política no governo Sarney – amigo e aliado do dono da Globo:

Presidente está indo longe demais:
Depois da China, Sarney irá à merda – anunciava a manchete do Planeta em julho de 1988.

A batalha no Congresso Nacional pela prorrogação do mandato presidencial também rendera notícia no jornal falso, em abril de 88:

Sarney se queixa à Defesa do Consumidor:
Deputados comprados vieram com defeito.

A Igreja, outro pilar do sistema e ponto sensível na programação da emissora, também já tinha sido profanada pelo grupo. Uma edição da Casseta em 1987 anunciava que “Cristo chegou”. Segundo a “reportagem”, Jesus desembarcara no Aeroporto Internacional do Galeão e estava irritado: tinha sido retido pela Polícia Federal por sua aparência suspeita (“cabeludão, barbudo e quase despido”).

Depois do contratempo, o messias tinha sido bem recebido pelos populares no saguão. Com exceção de um grupo de manifestantes da CUT, que estendera uma faixa no balcão da Varig: “Cristo Go Rome.” Nenhuma gráfica aceitou rodar a capa com o “furo” da chegada de Jesus Cristo, mas a edição da Casseta circulou com a reportagem completa nas páginas internas.

Outra cobertura “religiosa” acabaria na polícia. Com a edição do Planeta de dezembro de 85, sob a manchete “Papa bota ovo na Missa do Galo”, os editores do jornal foram parar na delegacia, alvos de uma queixa-crime. Iam ficando por lá mesmo, até surgir o advogado Técio Lins e Silva para explicar o jornalismo surrealista às autoridades.

Era evidente que essa linha editorial desvairada no horário nobre da Globo ia dar problema. E a tensão de Roberto Marinho tinha outro motivo forte. Em apenas três anos, a emissora tinha sofrido dois golpes duros da concorrência. A perda de Jô Soares para o SBT deixara um buraco na faixa de humor da programação. E o sucesso estrondoso da novela Pantanal, da Manchete, expusera uma inédita vulnerabilidade dos campeões de audiência. Naquele momento, mais do que nunca, errar não estava nos planos.

E ainda tinha o sexo. Os autores/apresentadores do Casseta & Planeta Urgente pareciam ter uma casa de tolerância na cabeça. Não desperdiçavam qualquer possibilidade de casar o duplo sentido com a canalhice. Cerca de um ano antes, após o romance explosivo entre o ministro da Justiça, Bernardo Cabral, e a polêmica dama de ferro da economia, Zélia Cardoso de Mello, o Planeta veio com a manchete:

Bernardo Cabral diz que ministra da Economia deu certo.

Em 1989, a capa da edição mais vendida da Casseta – cerca de 100 mil exemplares – trouxera o então candidato a presidente Fernando Collor, o “caçador de marajás”, nu da cintura para baixo, levemente virado de costas. A matéria anunciava toda a verdade sobre o “caçador de maracujás” – sendo a sílaba intrusa uma delicada referência ao que a foto mostrava. Coisa de moleque.

O problema era que os autores levavam a sério sua molecagem, e ela andara fisgando gente grande. Grande como o feiticeiro da Globo. Boni entrara num show dos redatores da Casseta e do Planeta, no Rio, e ficara cismado.

Nas horas vagas entre os absurdos jornalísticos, eles escreviam absurdos musicais – e, num vácuo da programação do pequeno Jazzmania, tinham ido parar em cima do palco. A brincadeira mais uma vez ficou séria e levou-os ao Canecão. Boni foi ver o que era aquilo.

Era o amadorismo mais profissional que já vira. Pegou-se rindo de um jeito diferente, ao assistir à interpretação radiante de Eu Tô Tristão, um “samba-exumação”:

Eu tô tristão, tô sofrendo pra caralho
Eu me fudi, sou carta fora do baralho.

A paródia da alegria carnavalesca enfiava um enredo depressivo no ritmo frenético das escolas de samba. Bizarro. Era o desabafo de um corno consciente, que se percebe chato e “meio mais ou menos”, com tudo para dar errado: “quem mandou nascer babaca”.

A cisma de Boni era que aquele espetáculo trash tinha tudo a ver com televisão. Mas nas discussões internas na emissora, era claro o temor geral quanto a estrelar uma Terça Nobre com sete boquirrotos, feios e anônimos. Eles tinham chegado à Globo como parte do time de redatores do humorístico TV Pirata. Depois participaram do programa Dóris para Maiores, que misturava jornalismo e humor – onde fizeram suas primeiras aparições na tela como repórteres “especiais”. Dois diretores chegaram a propor que fossem testados homeopaticamente em outros programas, para que o público se acostumasse com suas caras (de pau).

Boni não quis saber de homeopatia. Tinha que ser de uma vez só, uma Terça Nobre só deles. Um soco. O diretor Carlos Manga convergiu: “É, põe os caras. Se ficar uma merda, tira do ar.” Mas Boni já tinha combinado tudo com a bola de cristal: não ia ficar uma merda.

Passando ao largo das dúvidas – e da advertência de Roberto Marinho -, o feiticeiro bancou o risco. E a certeza cega de sua aposta tinha nome: Cláudio Besserman Vianna, o Bussunda.

Quando as palavras preocupadas do chefe vinham à sua cabeça, era a figura de Bussunda cantando o “samba-exumação” Eu Tô Tristão que não o deixava recuar. O velho homem de TV estava cada vez mais convicto de que, ao botar aquele gordo debochado no ar, o que era grossura para o doutor Roberto viraria doçura para o público. Bussunda era sacana como uma criança endiabrada. Não ia ofender ninguém.

Essa era a teoria de Boni. Mas chegou o dia da prática. Na noite de 28 de abril de 92, ao assistir à estreia do Casseta & Planeta Urgente, o diretor de operações sentiu um calafrio. Nada de arrependimento, apenas a certeza de um dia seguinte tumultuado. Aquele “humor escatológico” no horário nobre de terça não prometia uma quarta muito nobre. Ia render, no barato, um caminhão de reclamações. Boni precisaria se municiar de argumentos fortes para enfrentar o doutor Roberto.

Na manhã seguinte, seu primeiro ato depois de escovar os dentes foi consultar a Central de Atendimento ao Telespectador, o para-raios das queixas à Globo. Precisava conhecer o tipo predominante de reclamação, para saber em qual faixa de público a rejeição ao programa tinha sido maior. Mas o funcionário da CAT não tinha essa informação.

Nem essa, nem outra:

– O atendimento está zerado pro Casseta & Planeta. Ninguém telefonou.

Não era possível. Boni acreditava numa boa receptividade, mas não se lembrava de ter posto uma fórmula nova no ar sem uma queixa sequer. Checadas, as linhas da central pareciam tecnicamente ok. Ainda estava cedo, era preciso domar a ansiedade e esperar a avalanche, que fatalmente viria. Com o passar das horas, porém, o placar da CAT teimava em não sair do zero. E não sairia.

Na sala do diretor de operações, a secretária também não tinha nenhum recado para o chefe. Ele não fora procurado pelo cardeal – nem o da Arquidiocese, que ligava de vez em quando, nem o da Globo, que ligava sempre. Com a pista livre, Boni foi verificar os índices de audiência: os cassetas grosseiros e anônimos tinham superado os trinta pontos no ibope. Sucesso total. Com a alma lavada e os números mágicos na mão, o diretor correu à sala de Roberto Marinho.

O chefe ficou feliz com as notícias sobre a ampla aceitação do público. Mas continuava ressabiado:

– Boni, eu acho pesado. Vai ser sempre assim?
– Não, doutor Roberto. Quando os rapazes ficarem mais à vontade vai piorar um pouquinho…

Lia quer R$ 500 mil para posar nua

Lia

Divulgação/TV Globo

Lia Khey pode até ter perdido o “Big Brother Brasil 10”, mas a morena não desiste de encher seu cofrinho. E atualmente ela tem feitos vários eventos pelo Brasil.

Mas o cachê, segundo a coluna “Zapping”, do jornal “Agora S.Paulo”, é bem salgadinho e varia de R$ 8 mil a R$ 10 mil. Ainda de acordo com a coluna, a assessoria de Lia a define como “dona de um corpo exuberante e de uma beleza única” e afirma que sua popularidade consegue atrair visibilidade para qualquer marca.

Assim, nada mais natural que a moça querer cobrar um valor à sua altura para posar nua na revista “Playboy”. De acordo com o blog da jornalista Fabíola Reipert a ex-“BBB” quer embolsar nada menos do que R$ 500 mil na revista masculina e já avisou que não faz por menos.

Mas Lia não é a primeira a tentar negociar com a publicação e acabar aceitando um valor mais acessível. Enquanto isso, Fernanda vem fazendo jogo duro com a revista. O objetivo dela é preservar seu trabalho como dentista.

Lia cobra entre R$ 8 mil e R$ 10 mil para fazer eventos

Sob o nome de Lia Total, Lia Khey está fazendo todo tipo de evento pelo Brasil. O cachê vai de R$ 8 mil a R$ 10 mil, mas aceita-se negociar. A empresa que agencia a ex-BBB define Lia como “dona de um corpo exuberante e de uma beleza única” e diz que sua popularidade atrairá visibilidade para qualquer marca.

Odontologia

Por falar em “BBB”, Fernanda está fazendo jogo duro com a “Playboy”. Quer preservar seu trabalho como dentista.

Coerência?

No início de “Legendários”, da Record, Marcos Mion disse que faria humor sem apelar para mulheres nuas. Mas, no palco do programa, tinha mulheres de maiô…

Polêmica

DH, vocalista da banda Cine, vai defender as pulseirinhas associadas ao sexo, hoje, no “MTV Debate”. O músico é adepto do acessório.

Ligeirinho

Enquanto o SBT exibe, hoje, o 38º capítulo da novela “Uma Rosa com Amor”, o elenco já está gravando o 115º.

Dificuldade

Após a chuva, uma greve de ônibus no Rio atrapalhou ontem os trabalhos da Record no Rio. Funcionários foram dispensados mais cedo.

Zapping

“BBB10”: Após eliminação de Dicesar, Dourado pede desculpa para Fernanda

De Olho no BBB

Após a eliminação de Dicesar e da formação do último paredão do “Big Brother Brasil 10”, composto por Fernanda e Lia, os participantes tiveram uma festa em comemoração à extinção do puxadinho.

Durante a festa, Dourado pediu desculpas à Fernanda e a elogiou diversas vezes.

Primeiro, o lutador pediu desculpas à colega por ter atitudes “erradas” com ela durante o programa. “Você é uma menina maravilhosa, desculpa”, disse Dourado, ouvindo de Fernanda que o pedido estava aceito.

Mais tarde, Fernanda começou a chorar e dizer que estava com medo do que a espera fora da casa. “Se não tiver nada te esperando é porque a vida está preparando coisa melhor. Tu se preservou aqui. Se ninguém vai dar valor é porque alguém vai dar valor. Se não espera é porque não merece”, aconselhou Dourado. “Não fica com medo. Você só merece coisa boa nessa vida”, completou o lutador.

Quando Fernanda deixou a festa, por volta da 1h30, Dourado foi atrás para tentar convencê-la a ficar mais. “Vamos ficar mais um pouquinho que a festa é nossa”, disse. “Eu sei, mas amanhã tem festa também. Tem muita coisa boa. Qualquer coisa, eu subo. De verdade”, respondeu Fernanda.

Novamente, Dourado abraçou a colega e pediu desculpas. “Desculpa qualquer coisa. Gostei de ti e te achei guerreira desde o início”, disse o lutador.

“BBB10”: Paredão entre Dourado e Dicesar polariza torcidas na internet

O paredão formado nesta sexta-feira (26) entre os participantes do “Big Brother Brasil 10” Dourado e Dicesar polariza suas torcidas na internet. Um deles deixa o programa hoje.

Entre os dez assuntos mais comentados no Twitter no Brasil, aparecem torcidas para os dois, mas a contra Dourado está ganhando. O quinto tópico mais frequente é “#FORADOURADOOOO”.

Os internautas não fazem muito mais que reencaminhar o nome do tópico, sem muito conteúdo. Este também é frequentemente acompanhado de “#ficadicesar”, e do bordão “Dourado, tua chance foi no Big Brother Brasil 4, TCHAU!”

Na sexta-feira, um grupo de defesa dos direitos dos homossexuais começou uma campanha contra o lutador, chamando-o de “rude, agressivo, machista e homofóbico”.

Por outro lado, seu concorrente Dicesar é justamente um maquiador homossexual assumido.

A torcida a favor de Dourado representa o décimo tópico principal no Twitter pelo Brasil: “#DOURADOOOO”.

Orkut

Pelo Orkut, popular rede social no Brasil, há também uma disputa na maior comunidade sobre o “BBB10”, a “Big Brother Brasil – BBB10”, que reúne quase 1,7 milhão de usuários.

Os 50 tópicos de discussão que aparecem na última página de fóruns na comunidade são atualizados praticamente o tempo todo.

Possuem títulos atacando o lutador, como: “Quem defende o Dourado coisa boa não é”, “Dourado jura que é Hitler kkk” e “O Dourado tem caráter?”.

Em quantidade bem menor, os tópicos a favor de Dourado também estão presentes, com tópicos como: “Mutirão de votos para tirar o Dicésar – UP+10”, “Vamos calar a boca do Dicesár” e “O gay acha que fica kkkkkk”.

Por outro lado, entre as 12 primeiras comunidades sobre o “BBB10” no Orkut, há ao menos outras quatro criadas justamente para elogiar Dourado. “Marcelo Dourado Mestre BBB10” tem mais de 660.000 usuários, enquanto “Fora Dicésar – M. D. é o poder” tem quase 270.000.

“Tropa Dourada” quer tirar Dicesar do “BBB”

Além do perfil @mafiadourada no Twitter, outro que também está a favor de Dourado, no BBB, é o @tropadourada. Este que está querendo a saída de Dicesar, provavelmente por causa de uma briga, logo após a saída de Anamara.

Perfil Tropa Dourada - Twitter

Perfil 'Tropa Dourada' - Twitter

Foi divulgado também uma montagem, mostrando todos contra o maquiador.

“BBB10”: Lia e Dourado acham que serão indicados ao paredão

Após Fernanda ganhar a liderança na noite de ontem, Lia e Dourado temem ser indicados ao paredão pela colega no “Big Brother Brasil 10”.

No entanto, Fernanda combinou uma estratégia com Dicesar. Caso ela fosse líder, indicaria o maquiador ao paredão, fazendo com que o outro grupo, formado por Cadu, Dourado e Lia, tenha que se votar.

Mais cedo, Fernanda comemorou a vitória na prova de resistência, na qual ela também ganhou um apartamento no valor de R$ 220 mil.

“Nossa, Di, eu estou tão realizada. Tão, tão, tão realizada”, afirmou Fernanda. “Ganhei mais uma liderança, na reta final do ‘BBB’, evitei de ir com você ao paredão, e ganhei um ‘apêzaço’, de R$ 220 mil!”, completou.

“Fê, só torce para eu voltar”, pediu Dicesar. “Lógico, Di!”, respondeu Fernanda. “Mas é porque eu vou adorar, vou ter prazer de vê-los votando nele [Dourado]… é que eu entendo você me indicar”, explicou o maquiador, especulando que Cadu e Lia devem votar no lutador.

Dourado e Lia acreditam que podem ser indicados ao paredão

Dourado e Lia acreditam que podem ser indicados ao paredão; eles não sabem que Fernanda indicará Dicesar

Fonte: Folha Online

Ibope cancelou inúmeras contas de acesso ao Real Times

O Ibope, empresa responsável pela medição da audiência das TV’s abertas do Brasil, sem fazer alarde, nem barulho, como é de praxe, cancelou dezenas de usuários suspeitos que estavam acessando a Tela de Real Times – acompanhamento da audiência minuto a minuto em tempo real.
O Ibope já estava preocupado há certo tempo pelo fato de que o uso de informações confidenciais do Real Time estavam se tornando corriqueiras pela internet sem a permissão da empresa. Os números são completamente confidenciais e todo e qualquer assinante sabe que a pena para quem divulgar os números é perder o acesso.
Ocorre que muitas pessoas conseguiram o acesso de forma ilegal, através do compartilhamento de senhas e renovação de senhas e usuários antigos. Ao que parece, ajudados por funcionários de emissoras, essas pessoas pegavam usuários desativados de funcionários que não mais trabalhavam na empresa e passavam a utilizar normalmente o acesso. A empresa abriu uma investigação interna para localizar estes usuários e cancelou todos os que foram detectados.
Não é coincidência que logo depois que foi denunciada a intenção do Ibope em processar sites e blogs o número de Real Times divulgados caiu para muito mais do que a metade. Segundo pessoas que trabalham na empresa, inúmeros acessos foram cortados e outros ainda serão cortados nos próximos dias, outros usuários que acessam de forma legal o Painel foram orientados a não divulgar os números.
De acordo com esta fonte, a empresa ainda está estudando a melhor forma de evitar com que sites e blogs divulguem o Real Time, e que nos próximos dias deverá haver novidades. É fato que o número de RT’s divulgados diminuiu drasticamente nos últimos dias, alguns usuários no twitter que foram criados exclusivamente para isso, até estão desativados.
Quando o TVxTV divulgou esta informação, alguns usuários do twitter e de outros sites e que utilizam o acesso ao Real Time tentaram desmerecer a informação – alguns deles, inclusive, perderam o acesso. Ainda existem outros usuários que acessam o Real Time e divulgam em Fóruns e no twitter com exclusividade, mas se utilizam de usuários fakes. Essas pessoas são menores de idade em sua maioria e o Ibope já está tentando localizar a conta que não é legal para cancelar.
Segundo informações de funcionários da empresa, o Ibope sabe que somente localizando quem acessa o Real Time e divulga é que poderá acabar com esse verdadeiro circo que virou a busca por audiência em tempo real, uma vez que, é impossível controlar blogs e sites que apenas copiam a informação de algum outro lugar. Para eles, o importante é acabar com a fonte disso.
TVxTV

“BBB10”: Boninho diz que está passado com eliminação de Anamara

A eliminação inesperada de Anamara ontem no “Big Brother Brasil 10” parece ter chocado não apenas os telespectadores, mas também o diretor do programa, Boninho.

Hoje ele comentou a saída da baiana e ainda deu várias dicas de como serão os últimos dias do programa.

“Torci pra Anamara até o fim, [estou] passado!”, escreveu Boninho no Twitter. “A Anamara estava feliz quando falei com ela, sorrindo muito. Ela vai se dar bem! Merece”, completou.

O diretor falou também sobre outros participantes que ainda estão na disputa, como Dourado e Lia. “A Lia é muito chata. Tem TPM toda hora, isso é um saco!”, escreveu.

Em resposta a uma de suas seguidoras no microblog que comentou sobre Dourado, Boninho deu a entender que não acha correto que o lutador vença o programa.

“Pra mim o ‘BBB’ acabou a graça… Incrível as pessoas acharem que o Dourado (preconceituoso, ignorante…) mereça ganhar o prêmio!”, escreveu a seguidora. “Sou obrigado a concordar com você”, respondeu o diretor.

“Acho o Dourado meio Maluf, muita gente ama e muitos odeiam”, completou, em referência ao ex-prefeito de São Paulo, Paulo Maluf.

Dicas

Ainda no Twitter, Boninho deu algumas dicas sobre os próximos acontecimentos do “BBB”. Entre outras informações, o diretor contou que a próxima prova do líder, que acontece na quinta, será de sorte.

Ao que tudo indica, não haverá mais provas de resistência, já que a última prova do líder, que acontece no sábado, será de habilidade, segundo a coluna Outro Canal, publicada na Folha.

Ele também deu as próximas datas dos últimos paredões: um se forma na sexta e outro no sábado.

Ao menos outras duas surpresas estão preparadas para a reta final. Uma delas é a presença de Solange Frazão na casa no domingo, a outra é uma sequência de almoços regionais.

Na sexta-feira, os participantes terão almoço com comidas da região Norte; no sábado, mineira; no domingo, baiana; e, por fim, um almoço nordestino no último dia do programa, terça-feira (30).

Com informações da Folha Online

“BBB10”: Lia deve ser eliminada hoje, aponta enquete

O paredão que acontece nesta noite no “Big Brother Brasil 10” deve eliminar Lia, apontam as enquetes dos maiores portais, inclusive da Folha Online. A BBB recebeu 56% dos votos, contra 44% de Anamara.

Lia, que foi indicada ao paredão pela maioria dos colegas (Dicesar, Anamara e Fernanda) recebeu 161.004 votos, do total de 287.314 votos. Já Anamara foi a escolha do líder Cadu.

A enquete do UOL também aponta que Lia deve ser eliminada. Ela recebeu cerca de 60% dos votos, contra 39% de Anamara.

Nesta edição do reality show, as enquetes da Folha Online e OCanalTV acertaram todos os resultados dos paredões.

Novelas CTV: Resumos de Hoje (23/03/10)

Capítulo de ‘Bela, a Feia’, desta terça-feira, 23/03:

Olga fica em pânico com o aparecimento de Bela. Luzia questiona Nelson sobre o que o fantasma da Bela falou com ele. Clemente se diverte com Hortência e revela que estava precisando conhecer alguém tão especial quanto ela. Ataulfo briga com Dinho por conta da ameaça que o filho fez à Verônica. Vanda discute com Ariosto e diz que ele está tendo um caso com a manicure.Vera pergunta se Nelson viu Bela. Armando meio bêbado entrega um cheque para Ataulfo. Márcia e Douglas vão atrás de Carlos. Dinho se diverte lendo o diário de Bela. Os investigadores chegam na casa de Ataulfo. Dinho se esconde. Clemente vê o DVD e reconhece a loira e Ataulfo. Márcia e Douglas perguntam se Carlos mora ali.

‘Bela, a Feia’, é exibida de segunda à sexta, às 22:00, na Rede Record.

Capítulo de ‘Cama de Gato’, desta terça-feira, 23/03:

Roberto tenta se desvencilhar de Verônica, mas acaba cedendo depois de ser ameaçado. O médico avisa que a cirurgia de Tarcísio foi um sucesso. Rose pede para Gustavo voltar para casa. Gustavo diz a Tarcísio que não vai deixar que nada aconteça a eles. Verônica pede dinheiro para o pai. Verônica pega dinheiro com Severo. Kátia convida Gustavo para sair. Rose afirma para Alcino que ela quer ficar com Gustavo. Consuelo aparece na mansão desesperada.

‘Cama de Gato’, é exibida de segunda à sábado, às 18:15, na Rede Globo.

Capítulo de ‘Malhação ID’, desta terça-feira, 23/03:

Cristiana sente-se humilhada. Bernardo aceita que Renato seja seu empresário. Cristiana enfrenta Cissa. Samira fica chateada quando Bruno não repara que ela está com roupas novas. Bruno e Samira fazem as pazes. Nanda fica furiosa ao saber que Bernardo ganhou o festival. Tati decide esquecer Bernardo e Bia fica pasma. Cissa garante a Bia que Bernardo não vai continuar namorando Cristiana. Nanda sugere a Cissa que consiga uma escola de patinação fora do país para Cristiana.

‘Malhação ID’, é exibida de segunda à sexta, às 17:45, na Rede Globo.

Capítulo de ‘Tempos Modernos’, desta terça-feira, 23/03:

Iolanda pede que Niemann vá embora para Leal descansar. Leal fica feliz com a visita de Hélia. Niemann se irrita ao observar que Deodora abandonou seu posto no Titã. Deodora tenta ajudar Portinho. Niemann questiona se Deodora está se envolvendo com Portinho. Deodora pune sua equipe de segurança por ter aprontado durante a sua ausência. Led toca violoncelo para um famoso maestro. Renato ajuda Nelinha a encontrar a casa com a qual ela sempre sonhou. Niemann vai ao observatório para conversar com Portinho.

‘Tempos Modernos’, é exibida de segunda à sábado, às 19:15, na Rede Globo.

Capítulo de ‘Uma Rosa com Amor’, desta terça-feira, 23/03:

Beto insinua que Claude está enganando Nara. Roberta liga para Claude e avisa que conseguiu o atestado de antecedentes do empresário em Paris. Claude fica arrasado. Claude declara para Frazão que casou com Serafina à toa. A secretária ouve tudo. Serafina entra na sala de Claude e se diz disposta a romper o casamento e devolver o cheque. Claude gosta da ideia. Terezinha reclama para Pimpinoni das fofocas de Pepa. O artista aconselha que Terezinha não fique triste e que deixe Serafina viver a vida dela.

‘Uma Rosa com Amor’, é exibida de segunda à sábado, às 20:15, no SBT.

Capítulo de ‘Viver a Vida’, desta terça-feira, 23/03:

Gustavo procura Malu, mas é expulso da sala. Sandrinha é ameaçada pelos homens que bateram em Benê. Marcos dá um carro adaptado para Luciana. Alice fica contente por Helena ter se separado para buscar sua felicidade. Luciana e Mia decidem ir ao Gengibre de ônibus e preocupam Marcos, Tereza e Vitória. As duas enfrentam várias dificuldades para conseguir pegar a condução. Renata não consegue ir ao ensaio fotográfico e chora arrependida por ter bebido. Luciana e Mia conseguem chegar ao Gengibre. Dora chega à casa amarela.

‘Viver a Vida’, é exibida de segunda à sábado, às 21:00, na Rede Globo.


Obs. Às quartas e sextas-feira, o ‘Novelas CTV’ será postado às 1:15 da tarde, já nos outros dias, às 5:00 da tarde, normalmente.

“Aprendiz Universitário” estreia dia 15 de abril, com João Doria Jr.

“Mudou tudo novamente”, diz Boninho sobre paredão do “BBB10”

O paredão entre Lia e Anamara parece estar disputado. O diretor do “BBB”, Boninho, disse no Twitter que já são mais de 40 milhões de votos.

“Errei na previsão, já passamos dos 40 milhões e mudou tudo novamente!!! Vai ser o bicho, nunca vi tantas mudanças.”

Uma das duas participantes deve deixar nesta terça-feira o programa, que termina daqui uma semana.

Boninho criticou ainda as enquetes sobre o reality. “Caminhando para 40/50 milhões esse paredão, as enquetes ficam furadas! Não passam de 1 e ainda ficam sem SMS e tel. de casa”, escreveu.

Segundo a enquete da Folha Online, até este momento, quem deve sair é Lia, com 58% dos votos. Mais de 210 mil pessoas já participaram.

Nesta edição do BBB, as enquetes da Folha Online acertaram todos os resultados dos paredões.

%d blogueiros gostam disto: