Mais de 22 mil pessoas homenageiam os 40 anos do seriado Chaves

Cerca de 22 mil pessoas participaram de uma megacoreografia na Cidade do México no último fim de semana, em homenagem os 40 anos do seriado Chaves, e seu criador Roberto Gómez Bolaños, o Chespirito.

A atividade faz parte do programa América Celebra Chespirito, que será emitida em vários países da América Latina.
 
No México famílias inteiras, caracterizadas pelos eternos personagens criados por Bolaños, como o Quico, Chaves, Dona Florinda, Chiquinha, Professor Girafales, Seu  Barriga, Seu Madruga, e outros, compareceram no monumento à Revolução no Distrito Federal desde as primeiras horas da manhã a fim de encontrar o melhor lugar para executarem a coreografia.
As informações são do O Fuxico

Especial Chaves – Curiosidades I

Com a morte do Seu Madruga, tentaram colocar a bisavó da Chiquinha interpretada por ela mesma, para substituí-lo. Mas não deu certo, pois nada e ninguém conseguiria substituir o Ramon Valdés (Seu Madruga). Só ele conseguiria fazer aquele papel, que foi escrito exatamente para seu porte físico, seu jeito meio lesado de ser. A perda foi irreparável e, a partir daí, a saga do elenco acaba, o ritmo diminui, e a série vai se desfazendo aos poucos.

Foram feitos mais de 1.000 episódios de Chaves.

Quando Ramón Valdés (Seu Madruga) morreu, em agosto de 1988, o enterro foi acompanhado por muita gente. E, como afirma Edgar Vivar (Sr. Barriga), todos aplaudiram quando terminaram de enterrá-lo. Há outro fato emocionante que também é comentado pelos que estiveram presentes. Angelines Fernández (D. Clotilde), que era muito ligada a Ramón, sofreu muito. E, no enterro, ficou parada duas horas diante da sepultura de seu companheiro, chorando e falando sozinha, como se estivesse conversando com Ramón. Uma filha de Angelines disse que a mãe nunca mais foi a mesma depois da morte dele. Que descuidou da saúde, envelheceu mais rápido. Era sem dúvida uma forte amizade. As filhas de Ramón Valdés afirmaram que o pai era muito amigo especialmente de Carlos Villagrán (Quico), Edgar Vivar e Angelines Fernández.

O mesmo elenco (desfalcado) tentou fazer outra série. O seriado “Chompiras”, que ocorre em um hotel; passou por pouco tempo aqui no Brasil, no canal CNT, mas não fez tanto sucesso. Os atores não eram mais os mesmos. Depois da morte de alguns atores do elenco, parece que nada mais poderia ser criado.

Chaves chegou a passar em horário nobre no Brasil. Passou durante 4 meses às 21h.



Chaves estreou no Brasil no programa do Bozo, (exibido no SBT) em 1984 com apenas 13 episódios comprados. Devido ao sucesso, compraram mais lotes de programas em 1986, 1988 e 1991.

A música tema de quando o Professor Jirafales e a Dona Florinda se encontram é o tema do filme “E O Vento Levou” em outro arranjo. É a única música reconhecível da trilha sonora desse programa.

Fonte: www.viladochaves.com

%d blogueiros gostam disto: