Senado entra na discussão dos direitos de TV do Brasileirão

O Clube dos 13, a CBF e as emissoras de televisão serão convocados a participarem de uma audiência pública no Senado para tratar da negociacão dos direitos de televisão dos campeonatos brasileiros de 2012 a 2014. A senadora Lídice da Mata, do PSB da Bahia, presidente da Comissão de Educação, Cultura e Esporte pediu – e será votado no dia 22 (terca-feira) — , requerimento para que as partes interessadas na disputa participem de uma audiência pública .

A parlamentar quer que as partes expliquem as negociacões, que estariam acontecendo com muitas “coisas nos bastidores”, disse a senadora. Os depoimentos deverão acontecer na Comissão de Educação, Cultura e Esporte, mas ainda não tem dada confirmada.

Enquanto isto, clubes dissidentes do Clube dos 13 continuam confirmando negociacões e assinatura de contrato com a Rede Globo. Na última sexta-feira foi a vez do Goiás ao confirmar que havia assinado com a Rede Globo, a exemplo do que fizera o Grêmio, para os campeonatos brasileiros de 2012 a 2015. O contrato inclui a tevê aberta, fechada, internet, celular e pay per view.

Ao mesmo tempo, a Record divulgou nota oficial em que revela que fez proposta de R$ 100 milhões por ano para o Flamengo e também para o Corinthians. O Palmeiras, em resposta, disse que também quer receber este mesmo valor.

A Rede Globo, ao mesmo tempo, continua negociando com outros clubes. E a emissora carioca se mostra apressada na assinatura destes contratos. Nesta semana, por exemplo, a Globo espera resposta do Internacional. A emissora carioca fez a mesma oferta que fez ao Grêmio – 7 milhões de reais de luvas e 47 milhões de reais por ano para um contrato de cinco anos – e deseja uma resposta imediata. O presidente Giovanni Luigi disse que vai conversar com o jurídico do clube para só depois dar sua resposta.

Nesta semana, o Clube dos 13 vai receber propostas para a tevê fechada e pay per view. São propostas em separado, em envelope fechado.

Rede Record

Depois de dar o primeiro passo para tentar vencer a batalha dos direitos de transmissão na TV aberta das próximas edições do Campeonato Brasileiro, com a proposta de R$ 100 milhões anuais encaminhadas a Corinthians e Flamengo, agora a Record aposta no “quarteto forte” do Clube dos 13. Os alvos da vez da emissora são Atlético-MG, Atlético-PR, Internacional e São Paulo.

A intenção da Record seria mostrar a cartolas das equipes que os valores que estão dispostos a pagar seriam superiores à proposta da RedeTV!, vencedora da licitação do Clube dos 13. A aposta da emissora seria “rachar” de vez a entidade nacional e conseguir ter ao seu lado os quatro times que hoje são aliados de Fábio Koff na luta contra os dissidentes. A estratégia seria a “cartada final” da emissora para permanecer viva na disputa contra RedeTV! e Globo, que já tem acordo fechado com Grêmio e Goiás.

Com informacões do Terra

%d blogueiros gostam disto: