“Um vira-lata tirou o meu pão e dei uma mordida nele”, diz Emicida da época em que passou fome

Roberto Cabrini entrevista o rapper Emicida no "Conexão Repórter" (15/3/12)

Roberto Cabrini entrevista o rapper Emicida no “Conexão Repórter” (15/3/12)

No “Conexão Repórter” desta quinta-feira (15), Roberto Cabrini acompanha os passos do rapper Emicida, que ganhou fama por derrotar a maioria de seus adversários nas batalhas de rima e revela a outra face de Leandro de Oliveira, o homem atrás do artista. De volta aos becos e vielas do bairro pobre onde nasceu, o Jardim Fontalis, Emicida relembra a infância de menino pobre. “Eu mordi um cachorro. Não tinha nada para comer. Comia pão com açúcar. Aí, um vira-lata tirou o meu pão e eu, na raiva, dei uma mordida nele”, lembra o rapper.

Emicida revela a Cabrini que a grande verdade da rua é a mistura de um universo de amor e dor juntos. “É o céu e o inferno no mesmo lugar, na frente da sua casa”, define ele, contando que por ter nascido e crescido na periferia, optou por olhar as coisas sob uma perspectiva positiva. “Até quando eu sofri, eu tirei disso um aprendizado”, garante.

O rapper afirma achar inadmissível que um país com tanta riqueza como o Brasil não consiga colocar o povo em um lugar melhor. “Acho que o meu papel e o de todos os brasileiros é lutar por um lugar em que o povo seja visto como uma prioridade bem maior do que é hoje”, afirma ele, opinando por que o país está assim. “Os canalhas estão em Brasília desviando dinheiro, desviando recurso. É a polícia que não respeita o cidadão, que agride um cidadão na rua, que abusa do poder. São as próprias pessoas que desacreditam do povo”, diz.

CONEXÃO REPÓRTER
Quinta-feira (15), à meia-noite

Rosana Jatobá deixa TV Globo; veja perdas do jornalismo da emissora

Além de Jatobá, Roberto Cabrini e Ana Paula Padrão já causaram surpresa ao deixar a emissora. Foto: Divulgação

Além de Jatobá, Roberto Cabrini e Ana Paula Padrão já causaram surpresa ao deixar a emissora

Rosana Jatobá, apresentadora do tempo do Jornal Nacional, vai deixar a TV Globo após 11 anos na emissora. A decisão foi em comum acordo, segundo comunicado divulgado na última quinta (8). Flávia Freire, que apresenta a previsão do tempo no Jornal Hoje e comanda o Radar SP, vai assumir o posto.

Esta não é a primeira vez que a Globo tem perdas na área de jornalismo. Em maio de 2005, Ana Paula Padrão surpreendeu ao anunciar sua ida para o SBT. Quem também deixou a emissora para alçar novos voos foi Britto Jr., que atualmente apresenta A Fazenda, na Record.

“Conexão Repórter” mostra abandono de quem vive sem moradia fixa

O “Conexão Repórter” desta quinta-feira (23/02), à meia-noite, no SBT, faz uma radiografia dos brasileiros que vivem sem um endereço fixo. Roberto Cabrini acompanhou a rotina de famílias que vivem em prédios abandonados, em condições precárias de higiene e moradia e revela o cotidiano de pessoas esquecidas pelo sistema.

Alexandre Frota abre o jogo no “Conexão Repórter”

Quem já viu o material editado do “Conexão Repórter” desta quinta-feira garante que o programa terá um bom resultado em audiência. Alexandre Frota será o tema do programa, que vai vasculhar imagens de sua carreira e vida. O artista falará sobre sua atuação na TV como ator e diretor, chefe de torcida e símbolo pornô.

Segundo o blog Parabólica JP, de José Armando Vanucci,  Alexandre Frota reconhecerá que já usou quase todos os tipos de drogas e contará porque entrou para o mundo do cinema pornográfico. Ela também vai falar sobre como se livrou do vício e seu atual momento profissional.

SBT promove workshop de jornalismo com filiadas e afiliadas de todo o Brasil

Neste sábado (3), o SBT promove o workshop “Encontro Nacional de Jornalismo”, que reunirá durante todo o dia os responsáveis pela área de Jornalismo nas filiadas e afiliadas da rede de todo o país.

Abrirão o evento Paulo Nogueira, diretor nacional de jornalismo, e Roberto Franco, diretor de rede.
Haverá ainda uma palestra sobre jornalismo investigativo com Roberto Cabrini e a participação dos apresentadores Hermano Henning, do “Jornal do SBT Manhã”, e Joseval Peixoto e Rachel Shererazade, do “SBT Brasil”.

Carlos Nascimento, apresentador do “Jornal do SBT Noite”, está em férias mas gravou um depoimento que será apresentado no workshop. As emissoras filiadas e afiliadas do SBT também terão um espaço para apresentar suas experiências com seus jornais regionais.

Outros assuntos serão abordados, como produção de reportagens nacionais, índices de audiência, SBT Digital, jornalismo investigativo e jornais regionais.

Com informações do NaTelinha

“Conexão Repórter” recebe duas indicações para o “Prêmio Esso 2011”

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20111020154244.jpg

O programa “Conexão Repórter”, apresentado pelo jornalista Roberto Cabrini, recebeu duas indicações que já estão classificadas entre as finalistas do “Prêmio Esso 2011”.

Com as reportagens “Oxi – A Nova Droga” e “Somália, Diário das Trevas”, o jornalístico do SBT conseguiu uma boa colocação no ranking da premiação, que nunca antes havia classificado duas reportagens de um mesmo programa.

Em 2010, o “Conexão Repórter” ganhou o “Prêmio Esso Especial de Telejornalismo”.

O trabalho premiado foi “Sexo, Intrigas e Poder na Igreja Católica”, que denunciou casos de pedofilia envolvendo padres, no estado de Alagoas.

Essas informações são do site NaTelinha

“Conexão Repórter” mostra o que acontece nas noites de São Paulo

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20110906164113.jpg

O “Conexão Repórter” desta quarta (7) faz um mergulho em um mundo mascarado pela clandestinidade, adrenalina e riscos.

Roberto Cabrini vai investigar o que acontece na noite de São Paulo, a maior cidade do país. Com câmeras escondidas e produtores infiltrados, o programa revelará histórias de um universo atraente, enigmático e perigoso.

A corrupção, a exploração humana, as festas secretas, a sedução, as drogas e a venda de corpos e fantasias sexuais.

O “Conexão Repórter” vai ao ar a partir das 22h30, no SBT.

Com informações do site NaTelinha

Cabrini investiga como vivem os menores infratores

Cabrini investiga a vida dos menores infratores (Reprodução/SBT)

No Conexão Repórter desta quarta, 24 de agosto, Roberto Cabrini mostra quem são os jovens que nem chegaram aos dezoito anos e já carregam as marcas de uma vida no crime?

A equipe do programa investiga como vivem os menores infratores e o que esperam do futuro.

CONEXÃO REPÓRTER
Nesta quarta, às 22h30

As informações são site do SBT

“Conexão Repórter” investiga fotos polêmicas ligadas a Chico Xavier

 No “Conexão Repórter” desta quarta-feira (10/08), às 22h05, no SBT, Roberto Cabrini e sua equipe vão investigar mistérios que envolvem uma foto tirada no túmulo de Chico xavier. Nela, uma mãe afirma ver a imagem de seu filho, morto alguns anos antes. Vários especialistas terão a missão de analisar a imagem para verificar sua autenticidade e até mesmo Eurípedes Higino, filho adotivo de Chico Xavier, está convencido de que se trata de uma demonstração dos poderes do pai.

O programa também relembra a trajetória do médium que mudou a história do espiritismo no país e viaja em busca de depoimentos de pessoas que conviveram com o ele.

Com inforções do site Fabio TV

“Conexão Repórter” mostra retrato dos menores infratores no Brasil

No “Conexão Repórter” desta quarta-feira (03/08), às 22h30, no SBT,  Roberto Cabrini e sua equipe revelam o descaso das autoridades com a questão dos menores infratores no país.

O programa mostra os meios usados pelos jovens para burlar a lei e cometer infrações, além de depoimentos de quem foi tirado das ruas e acabou em abrigos para infratores. Com câmeras escondidas, Roberto Cabrini descobre que as leis previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente não são cumpridas e autoridades fazem vista grossa quando percebem que infrações foram cometidas por menores.

 Essas informações são do Fabio  TV

Silvio Santos pode estar preparando Novo Ataque

Segundo o jornalista Flávio Ricco , na Anhangüera não faltam mensagens de incentivo para nova diretora artística e de programação da emissora, a filha de Silvio Santos, Daniela Beyruti.
Os próximos dias podem ser de surpresas nos bastidores da TV Brasileira. A emissora de Silvio Santos estaria negociando com alguns profissionais da concorrência, o que poderia gerar uma série de contratações, como aconteceu quando o Gugu saiu da emissora, o SBT mirou na Record e tirou a Eliana, Justus, Roberto Cabrini, Tiago Santiago, Richard Rasmussen, entre outros.

Conexão repórter mostra como o consumidor é enganado

Conexão repórter mostra como o consumidor é enganado - Reprodução

Roberto Cabrini  e sua equipe mostram no Conexão Repórter de quarta-feira (27), que vai ao ar  às 23h15, no SBT, como o consumidor brasileiro é enganado todos os dias.

Com câmeras escondidas, a reportagem da atração encontra pessoas que se aproveitam do desconhecimento do cidadão comum em relação a assuntos que vão de aparelhos eletrônicos até problemas de saúde.

Essas informações são do site O Fuxico

“Conexão Repórter” registra boa audiência, nesta quarta (13)

A exibição do “Conexão Repórter” obteve bons índices de audiência para o SBT. De acordo com dados prévios da Grande São Paulo, nesta quarta (13/04), a atração marcou média de 7.3 com picos de 9 . No mesmo horário Globo liderou com 15.2, Record ficou na vice-liderança com 10.2 e Band ocupou a quarta posição com 4.5.

Dados prévios, podem sofrer alterações no consolidado.

“Conexão Repórter” vira produto temporário no SBT

Foto: Divulgação/SBT

Na noite de hoje, logo depois de “Ana Raio e Zé Trovão”, o SBT vai apresentar um “Conexão Repórter” especial sobre a ditadura, lincado com a novela “Amor e Revolução”, do mesmo tema, que estreia na terça que vem. Um gancho bem oportuno. Pela primeira vez, ao invés das vítimas, serão ouvidos torturadores e o pessoal da repressão, em 60 minutos de arte ou mais de uma hora no ar.

Isso é uma coisa. A outra é que a partir da próxima quarta-feira, dia 6, o “Conexão Repórter” se transformará num produto temporário da grade. Ficará no ar durante seis semanas, período determinado, com o seu titular Roberto Cabrini abordando assuntos do mesmo tema, em edições de curta duração. Meia hora no máximo. Guardadas as devidas proporções algo que a Globo também faz com alguns dos seus programas – “Amor & Sexo”, por exemplo. A primeira delas, sobre prostituição, dará início a uma série investigativa. Quanto às demais ainda serão produzidas e apresentadas, de tempos em tempos, no decorrer do ano. O “Esquadrão da Moda” também se enquadrará ao mesmo sistema de rodízio. A atual temporada terminará em abril e o programa só voltará inédito em outubro.

Essas informações são do colunista Flávio Ricco

“Conexão Repórter” vira produto temporário no SBT

Na noite de hoje, logo depois de “Ana Raio e Zé Trovão”, o SBT vai apresentar um “Conexão Repórter” especial sobre a ditadura, lincado com a novela “Amor e Revolução”, do mesmo tema, que estreia na terça que vem. Um gancho bem oportuno. Pela primeira vez, ao invés das vítimas, serão ouvidos torturadores e o pessoal da repressão, em 60 minutos de arte ou mais de uma hora no ar.
Isso é uma coisa. A outra é que a partir da próxima quarta-feira, dia 6, o “Conexão Repórter” se transformará num produto temporário da grade. Ficará no ar durante seis semanas, período determinado, com o seu titular Roberto Cabrini abordando assuntos do mesmo tema, em edições de curta duração. Meia hora no máximo. Guardadas as devidas proporções algo que a Globo também faz com alguns dos seus programas – “Amor & Sexo”, por exemplo. A primeira delas, sobre prostituição, dará início a uma série investigativa. Quanto às demais ainda serão produzidas e apresentadas, de tempos em tempos, no decorrer do ano. O “Esquadrão da Moda” também se enquadrará ao mesmo sistema de rodízio. A atual temporada terminará em abril e o programa só voltará inédito em outubro.

Comente e Vote – Quem fez pior em trocar de emissora?

Vários artistas mudam de emissora buscando um novo projeto ou até mesmo por dinheiro. Muitos conseguem fazer dessa troca um grande sucesso, porém, nem todos conseguiram tornar esta troca um sucesso. O fato é que para muitos, esta troca vira uma dor de cabeça e acaba abalando a vida pessoa e financeira do artista.

Agora O Canal TV quer saber, quem fez mal em trocar de emissora?

‘Conexão Repórter’ volta neste mês, com novas matérias e reformulado!

A direção SBT comunicou a imprensa que o repórter investigativo e apresentador Roberto Cabrini acertou com a sua  volta do Conexão Repórter na grade em 2011. Segundo o mesmo, o programa volta ao ar neste mês, o dia da atração nao foi confirmado, especula-se que seja as quartas, em substituição à 2ª Temporada de Solitários, exibido na faixa das 23h15, porem nada confirmado.

Cabrini já havia confirmado também no Twitter que o programa voltaria em março e que a produção de novas matérias já estava em andamento.

Via Twitter: Roberto Cabrini revela que o Conexão Repórter deve voltar em março

https://i1.wp.com/i1.r7.com/data/files/2C92/94A4/2A07/84A9/012A/0FD0/6BD3/7C39/roberto-cabrini1GD.jpg

O jornalista se mostrou ancioso ao informar em seu twitter, que seu jornalístico voltará em março. Segundo Cabrini, março seria o mês ideal para voltar com o Conexão Repórter, pois daria tempo suficiente para criar novas reportagens.

“Nossa volta deve ser em Março.Tempo para produção de novas reportagens.”

Ainda no twitter, Roberto Cabrini revelou que o horário e o dia será surpresa.

“E o dia e horário em que voltaremos será uma ótima surpresa…”

Por: Rodolfo Carvalho
Redação O CanalTV!

Conexão Repórter deve voltar em março no SBT

Neste sábado (29), Roberto Cabrini, jornalista e apresentador do SBT, anunciou em seu twitter, a volta do “Conexão Repórter” para o mês de março. Segundo Cabrini, a novidade fica por conta do novo dia e horário do programa; “o dia e horário em que voltaremos será uma ótima surpresa”, afirma o apresentador.

Roberto Cabrini apresenta matéria exclusiva sobre a Guerra no Rio

Roberto Cabrini apresenta matéria exclusiva sobre a Guerra no Rio O “Conexão Repórter” desta quinta-feira, dia 2 de dezembro, apresenta imagens exclusivas e inéditas sobre a Guerra no Rio de Janeiro.

A equipe da atração foi até a cidade para acompanhar a ação dos policiais e do exército nas principais favelas cariocas.

O programa inédito, apresentado pelo jornalista Roberto Cabrini, vai ao ar a partir das 20h15, na faixa nobre do SBT.

PS

%d blogueiros gostam disto: