“Por Toda Minha Vida” conta história do grupo As Frenéticas

Nesta sexta-feira (01/04), após o “Globo Repórter”, o “Por Toda Minha Vida” homenageia o grupo As Frenéticas e, sob o comando de Fernanda Lima, conta a história das seis mulheres que ditaram moda na década de 70. Leiloca, Lidoka, Sandra, Dhu, Edir e Regina são as protagonistas desta biografia e, em depoimentos, revelam curiosidades da época. As atrizes que encarnam as cantoras durante a juventude são Lisieux Maia, Gabrielle Lopez, Nina Morena – sobrinha de Sandra –, Corina Sabbas, Denise Spíndola e Flávia Rubim, respectivamente. Nelson Motta, o idealizador da boate que lançou as garotas ao estrelato, comenta o momento musical em que surgiu a febre pelas frenéticas e como nasceu a ideia de formar o grupo. Os depoimentos de Marília Pêra, irmã de Sandra e ex-mulher de Nelson; Ney Matogrosso e Lulu Santos, amigos das artista; e Liminha, produtor musical, completam esta narrativa.

Com informações do site Fabio Tv

“Por Toda Minha Vida” homenageia Cartola

O “Por Toda Minha Vida” estreia a temporada deste ano com a história do compositor e fundador da escola de samba Mangueira, Cartola. Na atração, o “Poeta das Rosas” é interpretado pelos atores Wilson Rabelo, no momento mais maduro de sua vida; Alex Brasil, em sua juventude; e Miguel Oliveira, quando criança. Já sua parceira de vida, Dona Zica, é vivida por Marizilda Rosa.

No programa estão os momentos mais importantes da vida do cantor, começando por seu nascimento em uma família de razoável poder aquisitivo até a crise econômica pela qual passou, obrigando-o a se mudar para a Mangueira.

Ao longo de sua história, merecem destaque também sua maneira otimista e poética de conduzir as maiores dificuldades de sua vida, assim como a paixão pela música e o tardio reconhecimento de seu sucesso, já que ele gravou seu primeiro LP aos 65 anos de idade.

Depoimentos de Sergio Cabral, renomado compositor do mundo do samba; o filho de Zica (oficialmente adotado por Cartola); sua neta; vizinhos e Beth Carvalho também são registrados na produção, que é conduzida por Fernanda Lima.

Com informações do UOL Televisão

“Por Toda Minha Vida” estreia o ano com especial Cartola

O “Por Toda Minha Vida” estreia a temporada de 2011 na próxima sexta-feira (11/03), após o “Globo Repórter”,  com um programa dedicado à história do fundador da escola de samba Mangueira, Cartola. O tão conhecido ‘Poeta das Rosas’ será interpretado pelos atores Wilson Rabelo (no momento mais maduro de sua vida), Alex Brasil (em sua juventude) e Miguel Oliveira (quando criança), enquanto sua parceira de vida, Dona Zica, será vivida por Marizilda Rosa.

No programa estão os momentos mais importantes da vida do cantor, começando por seu nascimento em uma família de razoável poder aquisitivo, o que explica um pouco o motivo pelo qual ele prezava tanto ternos, chapéus e tinha uma postura alinhada, e a crise econômica pela qual passou, obrigando-o a se mudar para a Mangueira.

Ao longo de sua história, merecem destaque também sua maneira otimista e poética de conduzir as maiores dificuldades de sua vida, assim como a paixão pela música (inclusive a erudita) e o tardio reconhecimento de seu sucesso, já que ele gravou seu primeiro LP aos 65 anos de idade. Depoimentos de Sergio Cabral, renomado compositor do mundo do samba; o filho de Zica (oficialmente adotado por Cartola); sua neta; vizinhos e Beth Carvalho também são registrados na atração, que é conduzida por Fernanda Lima.

Fonte: Fabio  Tv

“Por Toda Minha Vida” estreia temporada em 2011 com homenagem a Cartola

De acordo com informações do Portal UOL, “Por Toda Minha Vida” estreia a temporada de 2011 com um programa dedicado à história de Cartola, compositor e fundador da escola de samba Mangueira.

O poeta será interpretado pelos atores Alex Brasil em sua juventude, e Wilson Rabelo, no momento mais maduro de sua vida. Enquanto sua parceira de vida, Dona Zica, será vivida por Marizilda Rosa. Depoimentos do jornalista Sergio Cabral, Beth Carvalho e de familiares também são registrados na produção, apresentada por Fernanda Lima.

O programa vai ao ar na sexta-feira (11), após o “Globo Repórter”.

Globo reapresenta “Por Toda Minha Vida” a partir da próxima segunda

A Globo vai transmitir novamente cinco edições do “Por Toda Minha Vida”, exibidas em 2008 e 2009. O programa, apresentado por Fernanda Lima, vai ao ar entre segunda e sexta-feira, depois do “Jornal da Globo”, a partir da semana que vem.

O primeiro episódio a ser exibido será o que trata da vida do apresentador Chacrinha.

Também voltarão ao ser exibidos os programas que abordaram as carreiras de Cazuza, Mamonas Assassinas, Claudinho (que fazia dupla com Buchecha) e Raul Seixas.

Hélio Vernier, sósia de Chacrinha

Hélio Vernier, sósia de Chacrinha, interpreta o "velho guerreiro" no "Por Toda Minha Vida" exibido na segunda (8)

A fórmula do “Por Toda Minha Vida”, que sempre trata de personalidades que já morreram, é misturar dramatizações sobre a história do homenageado, com depoimentos de pessoas que o conheceram e imagens de arquivo de show e entrevistas.

O programa sobre os Mamonas Assassinas foi um dos finalistas na categoria “Programa de Arte” do Emmy International Awards. As homenagens às cantoras Elis Regina e Nara Leão foram indicadas em anos anteriores, mas não ganharam.

%d blogueiros gostam disto: