Cléo Pires não deverá mais processar a Playboy

Após polêmica do pôster em 3D, Cléo Pires deverá firmar acordo com a Playboy - Divulgação/Playboy

A atriz Cléo Pires não deverá mais processar a Editora Abril, pela publicação de imagens tridimensionais do ensaio da morena na edição que trouxe a modelo Larissa Riquelme na capa da Playboy. Na ocasião, os advogados de Cléo alegavam que o contrato firmado com a revista não previa a produção de pôsteres em 3D.

Entretanto, de acordo com o jornal Extra, os advogados da editora encontraram brechas no contrato firmado, que permitiriam a publicação das imagens tridimensionais. Para evitar novos desdobramentos, ambas as partes já sinalizam a firmação de um acordo como melhor solução para o caso.

Cléo Pires foi capa da Playboy em agosto, mês em que a publicação comemorou 35 anos no Brasil. A atriz, de 27 anos, foi fotografada por Bob Wolfenson e Jacques Dequeker no Rio de Janeiro. A edição com a morena foi a mais vendida do ano, com 464.764 exemplares comercializados.

%d blogueiros gostam disto: