Vídeo: Bancada de apresentador do “Balanço Geral cai ao vivo

image

Programas ao vivo sempre estão sujeitos a contratempos e gafes, em qualquer parte do Brasil.

E foi o que ocorreu na edição desta terça-feira (2) da versão piauiense do “Balanço Geral”, apresentado pela afiliada da Record no estado, a TV Antena 10.

Após comentar uma matéria que tinha acabado de ir ao ar, o apresentador foi caminhando para fazer um merchandising testemunhal sobre um produto, quando a bancada onde os produtos estavam caiu do nada, o levando aos risos.

O apresentador brincou com Francisco, o contra-regra que errou: “Francisco, assim você me acaba, Francisco. Se quebra um negócio desses, eu me lasco”. Vários nternautas já pedem a cena no “Top Five”, do “CQC”, na próxima semana, por conta do jeito como tudo aconteceu.

A TV Antena 10 é vice-líder absoluta de audiência no Piauí. Já o “Balanço Geral” incomoda bastante a afiliada da Globo local nos números.

Fim do horário de verão traz alterações na programação da Rede Globo em alguns Estados do Brasil

Em função do fim do horário de verão, que termina à zero hora de domingo (26/02), a grade da Rede Globo sofrerá alterações em alguns Estados a partir de segunda-feira  (27/02). Alagoas, Amapá, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins, que por lei não adotaram o horário de verão, terão a grade de volta ao seu horário tradicional, com início às 05 horas. A novela ‘Aquele Beijo’ voltará a ser exibida após o ‘Praça TV 2ª edição’, às 19h30.

 

No Acre, Amazonas, Rondônia e Roraima, onde também não tem horário de verão e a diferença de fuso é de duas horas, a grade, que foi adiantada em uma hora, voltará à normalidade. Nesses Estados, o ‘Bom Dia Praça’ continuará a ser exibido após o ‘Bom Dia Brasil’. No Mato Grosso e no Mato Grosso do Sul, o ‘Praça TV 1ª edição’ permanecerá indo ar antes do ‘Globo Esporte’.

SBT é vice líder absoluto no Piauí

A TV Cidade Verde é vice-líder de audiência. É o que revela a mais recente pesquisa do Ibope encomendada pelas quatro principais emissoras de TV do Piauí. No levantamento, a afiliada do SBT no Estado se consolida em segundo lugar na preferência dos telespectadores. Os números do Ibope confirmam a tendência nacional de audiência, só que, no Piauí, a TV Cidade Verde leva o SBT ao segundo lugar.

A pesquisa foi realizada entre os dias 27 de setembro e 03 de outubro de 2011, no universo domiciliar das cidades de  Teresina e Timon (MA).
Pelos números a emissora A aparece com 51,05%, a TV Cidade Verde-SBT vem em seguida com 16, 52%, a emissora C  tem 14,74% e a emissora D  5,14%. Fonte Ibope Media Worstation-Share%. Os dados representam a média de audiência nos turnos manhã, tarde e noite.
 
A TV Cidade Verde está no ar há 25 anos com uma vasta programação local. São quase seis horas diárias de programação e mais cinco programas no final de semana.
 
A emissora cobre cerca de 90% do território piauiense e tem correspondentes nas regiões norte e centro-sul do Estado e em Brasília. Para 2012 a TV Cidade Verde anuncia mais arrojo para as coberturas especiais, novos projetos e o mesmo compromisso com o jornalismo sério e dinâmico.
 
Com informções do site CidadeVerde

CASO MARAUÊ: Fábio Novo responde a críticas feitas pelo jornalista Reinaldo Azevedo, da revista “Veja”

https://i1.wp.com/www.cdn2.180graus.com/imagem_78d0f3e938.jpg

Como já informamo aqui no O CanalTV!, o ator que veio no Piauí para encenar a peça “Fica Frio” nestes dias 25 e 26, fez “piadinhas” de mal gosto com a população, alegando que o estado era o “cú” do mundo. A peça foi cancelada e o ator está “nervoso e com medo do povo do Piauí”. Várias foram as críticas, e principalmente da “Revista Veja”, onde o colunista Reinaldo Azevedo diz:

Não, eu não acho que a linguagem empregada pelo tal ator seja a melhor possível, não como expressão, sei lá, de uma crítica orientada segundo os critérios da economia política. Mas era só um cidadão dizendo suas bobagens no Facebook, como fazem milhões de pessoas hoje em dia. É claro que algumas pessoas podem se zangar com isso e também têm o direito de se expressar. No limite, podem tentar organizar um boicote à sua peça. É coisa típica de caipira ressentido, mas vá lá… Proibir, no entanto, como fez o deputado petista, a apresentação do espetáculo? Aí estamos diante de uma manifestação típica de ditaduras.

E aqueles que pretendem promover uma “ovada” contra o ator? Bem, entendo que se trata de uma agressão e, como tal, de um crime. Mas que, se realizada, tende a ser tolerada, quem sabe em nome da “liberdade de expressão”… Se essa gente está brava, deveria é se esforçar para deixar claro que o Piauí não é um “cu” no que se refere, ao menos, aos direitos fundamentais garantidos pela Constituição.

Eu nem sei quem é esse tal Marauê. Sei que o deputado petista Fábio Novo se comporta como um dinossauro, um censor, um agente da ditadura. A única coisa que caberia a um democrata seria garantir a segurança para a apresentação da peça. O teatro até poderia estar às moscas, como conseqüência da revolta de alguns piauienses. Os indignados poderiam demonizar o ator à vontade no Facebook, demonstrando, se quisessem, que nada há no mundo tão bom quanto Teresina…

Considerando as afirmações do colunista da Revista Veja, o Deputado Fábio Novo diz:

Lamento que como jornalista, eu também me formei na área, aprendi que um fato deve ser apurado ouvindo as partes envolvidas. Você não me ouviu no episódio Marauê e portanto, deixou de ser jornalista para tomar partido de um fato que ouviu dizer por terceiros. Assim feriu de morte o principio da informação com imparcialidade;
Taxar de censura, ato administrativo da Assembleia Legislativa do Piauí, que retirou de pauta a apresentação do espetáculo, é uma afirmação injusta pelo não conhecimento dos fatos e das leis. Senão vejamos:
1) Na manhã de ontem, o setor de comunicação da Assembleia recebeu quase 2 mil e-mails, além de 478 telefonemas. Continue lendo, clicando AQUI.

Clique na imagem e assista TV Online

Ator Marauê Carneiro vira inimigo público número 1 do Piauí

https://i1.wp.com/www.45graus.com.br/userfiles/maraue-carneiro.jpg

O que parecia ser apenas mais um grupo de teatro que se apresentaria em Teresina, capital do Piauí, pode ser tornar um boicote cultural nunca antes visto na cidade. Tudo devido a uma mensagem deixada no Facebook pelo ator Marauê Carneiro na qual fazia uma espécie de chacota com o estado nordestino (imagem ao lado), repetindo na verdade uma anedota de Juca Chaves.

Marauê está na cidade juntamente com o ator Kaiky Brito e demais colegas para encenar a peça “Fica Frio” nestes dias 25 e 26.

Se o boicote se consolidará ou não saberemos somente amanhã quando o primeiro sinal tocar no teatro. O ator prontamente apagou a mensagem, mas a mesma ecoou durante todo o dia. É provável que nada aconteça seriamente e o espetáculo deverá acontecer sem maiores problemas. Mas é bom Marauê esquecer por uns tempos a ideia de um bis nas terras piauienses.

Como esse não é o primeiro caso de “revolta popular” quando o Piauí é alvo de piadas (de bom gosto ou não), fica a dúvida: quando um piauiense fizer graça com sua terra ou com outros lugares é para rir ou não?

PS: Soube na manhã deste dia 25 que a peça foi cancelada e que o ator está “nervoso e com medo do povo do Piauí”.

%d blogueiros gostam disto: