Conheça o PC que a Globo usa na Copa

Estúdio Central da Copa é equipado com quatro câmeras HD e duas telas touchscreen; desenvolvimento do sistema levou seis meses

Quem acompanha a Copa pela Globo pode notar o uso de uma máquina com tela sensível a movimentos no estúdio Central da Copa, de onde são ancoradas as notícias relacionadas ao Mundial.

O estúdio é equipado com quatro câmeras HD e duas telas interativas sensíveis. A maior delas, onde jornalistas Tiago Leifert e Luís Ernesto Lacombe apresentam tabelas, mapas, resultados, estatísticas e vídeos, conta com 5 metros quadrados.

Segundo o diretor de engenharia da Globo, José Marino, a solução foi desenvolvida em parceria com uma empresa carioca.

“O touchscreen se baseia na leitura das superfícies a partir de uma varredura efetuada por um emissor de raio laser. A luz desviada pelo toque na superfície é ‘lida’ por uma câmera especial, que interpreta os movimentos dos dedos nas telas. Podemos ler múltiplos toques ao mesmo tempo”, explica ele.

Um recurso similar é usado pela HP em desktops tudo-em-um com tela sensível ao toque.

Nos últimos dias, ao vivo, foi possível notar algumas falhas na máquina, como atraso de resposta e ´travamento´, o que exigiu que o computador fosse reiniciado.

Além das telas sensíveis a movimento, fazem parte da solução os servidores de vídeo e o banco de dados, que fornecem imagens e informações estatísticas.

Segundo a Globo, o desenvolvimento da solução proprietária tomou seis meses de trabalho. O projeto gráfico foi executado pela equipe da editoria de arte da TV Globo. A empresa não comenta os valores envolvidos.

A Globo não revelou em qual sistema operacional roda sua aplicação.

Arte usada pela TV Globo para informar a escalação dos times

%d blogueiros gostam disto: