Ex-Band, Marcelo Parada é o novo diretor de jornalismo do SBT

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120313173731.jpg

 

O que já se cogitava, acaba de se confirmar no SBT.

Na tarde desta terça-feira (13), Marcelo Parada, ex-Band, foi contratado para ser o novo diretor de jornalismo da emissora. O contrato já foi assinado.

Parada assume o lugar do interino Paulo Nogueira, que estava no setor desde outubro do ano passado, quando Alberto Villas foi demitido.

Segundo a coluna Canal 1, Paulo Nogueira deverá voltar ao jornalismo do SBT no Rio de Janeiro.

Em tempo:

O SBT enfrenta problemas para estabilizar um diretor no seu departamento de jornalismo.

Desde 2005, Luiz Gonzaga Mineiro – em duas épocas -, Paulo Nicolau, Alberto Villas e Paulo Nogueira passaram pelo cargo.

“Jornal Paulista” deve estrear dia 5 de março

Imagem

O mês de março deve ser de novidades para o jornalismo do SBT. A começar com a estreia do “Jornal Paulista”, telejornal local para São Paulo que o SBT vai estrear.

Apesar do nome ainda ser provisório, internamente já se trabalha com a data provável do dia 5 de março, antes do SBT Brasil, para a estreia do novo telejornal, que será ancorado por Joyce Ribeiro e Karyn Bravo (foto).

A iniciativa tende a reforçar a identificação com o público paulista, que muito embora fosse cabeça de rede, não contava com um telejornal local na programação do SBT. Para tanto, recentemente o SBT Manhã estreou um bloco ao vivo só com notícias de São Paulo com Rodolpho Gamberini (informação também passada com exclusividade pelo SBTpedia) e agora projetam a estreia do “Jornal Paulista”.

Contudo, vale recordar que as últimas iniciativas de um 2º telejornal no horário nobre do SBT não deram muito certo. Foi assim com o SBT São Paulo (2006, apenas 2 meses no ar), SBT Manchetes (2007, apenas 1 mês no ar) e Aqui Agora (2008, 1 mês e meio no ar). O Boletim de Ocorrências, exibido entre 2009 e 2010, embora com alguns resultados bons, às vezes tinha uma duração efêmera e sua exibição, muitas vezes, era sem intervalos comerciais. Quando passou a ser exibido com 1 hora e meia de duração (29/11/2010), o noticiário nunca passou dos 4 pontos de média e logo saiu do ar.

Acredito que como forma de reforçar o jornalismo do SBT, essas investidas serão sempre bem vindas. Vamos torcer pelo sucesso do novo projeto do diretor Paulo Nogueira.

%d blogueiros gostam disto: