“O CanalTV! Entrevista”. Cantor Naldo abre as portas do seu camarim

O cantor Naldo é funkeiro e fez carreira ao lado do ex-parceiro “Lula”. Em carreira solo foi trilhando seu caminho e conseguiu colocar músicas na boca do povo e tocando nas rádios, como “Na Veia”, “Chantilly” entre outras. No ano de 2012 sua parceira com a cantora Preta Gil, “Meu corpo quer você” se explodiu nas rádios e foi considerada a música do verão. O cantor tem um relacionamento com Ellhen Cardoso (Mulher Moranguinho) e seu relacionamento está sempre nas capas dos jornais e sites. Poucos minutos antes de subir ao palco em mais um dos seus shows, o cantor falou com exclusividade, veja:

Naldo, agenda lotada com muitos shows, como está sendo essa consolidação da carreira?

Graças a Deus a gente trabalha para isso. Já estavamos buscando esse formato de show, com banda e bailarinos. Agora é continuar o trabalho firme e forte.

Você gravou DVD “recentemente” e costumam dizer que é um grande desafio. Foi difícil?

Foi uma produção de 9 meses de trabalho, entre ensaio e escolha de repertório e equipamentos que vieram até de fora do país. Foi quase 1 ano de preparação e realmente não é mentira de quem diz que é muito trabalho. Mas está sendo gratificante o resultado.

Recentemente você fez uma música com a Preta Gil, “Meu corpo que você” que estourou e se tornou a música do verão. Como é isso, fazer uma música que cai nas graças do povo?

Eu escrevi essa musica tem uns 5 anos. Ela já tinha sido até gravada. Mas agora para 2011, escolhendo os convidados para o novo CD, chegamos a conclusão de que deveria ser uma voz feminina para essa música. A Preta tinha demonstrado um carinho pelo meu trabalho, ela foi em uma rádio e falou de mim, eu “tuitei” para ela e nos falamos. Sempre falavam que essa música seria um estouro e realmente foi mesmo.

Você vive diariamente com o assédio dos fãs. Como você lida com ele?

É muito legal, eu acho bacana. Eu nunca vou me queixar disso pois isso foi o que eu busquei. As vezes tem que ter uma certa paciência. É o resultado que de o trabalho vem dando certo. E tenho que retribuir da melhor maneira.

Naldo, assim como você, a sua esposa é uma pessoa pública, a “Mulher Moranguinho”. Como é ter uma relação dessa, tão particular, exposta para a opinião pública?

É difícil, não é muito fácil não. Porque a gente acaba tendo esse “lance” de coisa particular, mas os fãs gostam, tem interesse. É diferente de você ter um relacionamento com uma mulher que não é famosa. Tudo muito exposto, a parte bonita, a parte ruim, com coisas que acontecem normalmente entre um casal. A gente se dá super bem. Tudo que a gente vive alí, passa nas câmeras não é mentira. Quando estamos bem, é porque estamos e quando não, fazemos questão de falar o porque.

Para finalizar, você vai entrar no palco agora. Ainda tem aquele frio na barriga?

Todas as vezes. Se isso não acontecer a gente não vive da musica. A musica é isso. A emoção tem que sempre existir. Então toda a vez temos que pensar como será a reação, se vão gritar e gostar. Isso faz parte e é isso que me faz cantar.

Naldo, muito obrigado e sucesso.

Eu que agradeço.

Esta foi a minha última entrevista para o site “O CanalTV!”. Mais uma vez agradeço por cada acesso, criticas e elogios. Você pode rever todas as matérias do “O CanalTV! Entrevista”, basta pesquisar aqui no site. 

Você pode manter contato comigo através do twitter, @marcussadok segue lá, e até!

Marcus Sadok , com colaboração de Jhonatan C.

 

“O CanalTV! Entrevista”. Jonas com exclusividade

O ex-BBB e modelo Jonas Sulzbach já era conhecido no mundo da moda pelo  titulo que recebeu de Mr Brasil Mundo em 2010. A grande visibilidade veio em 2012 quando participou do BBB12. No jogo, Jonas se destacou por sua personalidade e seus romances com Monique e Renata. Foi terceiro colocado e ganhou 50 mil reais. Agora de volta a vida real, Jonas está focado em aproveitar seus trabalhos e comenta-se que a Globo vai investir na carreira de ator para o jovem. Em meio a sua agenda lotada, Jonas falou com exclusividade, veja:

Jonas, você era conhecido no seu meio, o da moda, mas a fama veio com o BBB. Como está a vida de celebridade?

Na realidade eu estou de certa forma me acostumando com tanta fama. Eu já era conhecido pelo Mr Brasil e por ser modelo, agora ganhei um certo reconhecimento. Mas, ser tratado como celebridade, está sendo engraçado. É uma coisa nova e recente. Tudo está sendo uma novidade e estou levando na graça. Eu gosto do carinho do público, e graças a Deus eu não estou ouvindo nenhuma crítica, ninguem me julga por algo que eu tenha feito. As pessoas se aproximam por coisas boas e estou super Feliz.

Você viveu os 3 meses de programa lá dentro, se arrependeu de alguma coisa?

Não. Nada, tudo o que eu fiz e falei. Todas as formas que agi com todos, eu não me arrependi de nada.

Ainda falando de jogo, em um momento do Jogo, Kelly e Fabiana não eram tão populares assim. Elas nunca foram rejeitadas pelo público, mas na reta final, o desejo aqui de fora era ter  Fael, Monique, Yuri e você na parte final. Mas com o jogo elas ganharam sorte, uma por ser líder sempre e outra por não ir para o paredão. Você percebeu isso lá dentro ou só aqui fora?

Com relação a Kelly, eu sempre observei muito as palavras do Bial. Teve um momento em que ele disse que com a liderança ela poderia sair das sombras, se os outros não entenderam, eu entendi que ela estava na sombra da Fabiana. A Fabiana, no meu modo de ver, da terceira semana final até a final, ela deu uma surtada e estava perdendo muito ponto. Tanto que eu falei pro Fael, que quem ficasse do nosso paredão seria o campeão.

Toda fama tem seu bônus e seu ônus. Você ainda estava dentro do BBB quando um vídeo íntimo seu vazou na internet. Como você recebeu essa noticia ao sair do confinamento e lidou com a invasão que uma pessoa pública recebe da mídia e fãs?

Para mim, foi uma surpresa. Logicamente eu não ia imaginar (risos). De cara eu imaginei que seria uma coisa que estaria me prejudicando. Eu estava 3 meses preso, estava por fora de tudo que estava acontecendo e fiquem bem chocado com a situação e admito que foi um vídeo meu mesmo. Foi por MSN com uma pessoa que eu não conhecia direito e levo na esportiva agora. Sei que é uma coisa ridicula mas, sei que 90% das pessoas já fizeram uma brincadeira pela internet, webcam com namorada, ficante ou pessoa por aventura. Não é um crime, me tornei uma pessoa mais popular que as outras e dá esse escândalo todo, mas não acho nada de mais.

Semana passada você foi lançar o uniforme novo do Grêmio ao lado da também ex-BBB Monique, com quem você se relacionou dentro da casa. Saiu na imprensa que vocês foram para o mesmo quarto de hotel e dormiram juntos. Procede?

Se uma pessoa tem capacidade de falar isso, é porque está percebendo alguma situação. Quem está observando, no minimo tem que ter uma câmera. Aí “eles” colocaram assim: “Fontes anônimas confirmam que viram Jonas e Monique dormindo juntos”, foi o que eu vi.É muito fácil qualquer pessoa falar de fontes anônimas e ela mesma estar inventando isso. A gente não chegou nem perto de dormir no mesmo hotel.

Da turma do BBB você quer manter contato com quem aqui fora?

Quero manter e estou mantendo contato com o Fael, inclusive estava com ele agora. Com João Mauricio, com a Kelly que é uma pessoa querida, mas não sei se vou manter muito contato, com a Mayara que gosto muito e a  Analice que é uma pessoa agradável de estar perto, e creio que só.

Jonas, é uma curiosidade de muitos fãs. Você e a Renatinha,  vão manter algum contato?

 Ela é uma pessoa que estava lá dentro como todas as outras, e o carinho que eu tenho por ela é o mesmo que eu tenho por todos que estiveram no programa comigo.

Para finalizar, uma pergunta que veio do Gominho do Muito+. Você deu a entender na casa em alguns momentos que a Monique não era seu tipo ideal de mulher, por ser gordinha. Qual seu tipo de mulher ideal?

Eu nunca deixei entender isso aí. Eu disse que ela não é meu tipo de mulher para ficar e manter um relacionamento. Mulher ideal é uma pessoa mais meiga, mais carinhosa, com sorriso cativante e um olhar mais significante, uma pessoa mais meiga, simplificando. 

Jonas, muito obrigado pela entrevista e sucesso.

Eu que agradeço.

ATENÇÃO: O TWITTER OFICIAL DO JONAS É @JonasFVSulzbach e a agência @TenCelebrities

Você pode enviar criticas e elogios, basta ir no twitter @marcussadok e falar comigo.

Amanhã vai ao ar a minha ultima entrevista  para o “O Canal” com o cantor Naldo, até!

Marcus Sadok

“O CanalTV! Entrevista”. Caminhoneira e Rica, Débora Rodrigues fala com exclusividade

Débora Rodrigues ficou famosa após posar para Playboy e apresentar o Fantasia, programa da década passada que era mania nacional. Depois de sair do ar, a mesma foi seguir carreira na Fórmula Truck, onde se encontra hoje. Débora se tornou milionária, casou-se e voltou para a mídia ao participar do programa “Mulheres Ricas” da Band. Ela falou com exclusividade, veja:

Você já foi apresentadora do extinto e popular Fantasia. Porque não seguiu direto na carreira?

Porque, a televisão é muito clara, se você não se mantem em um programa você está fora. O formato acabou e não deu certo com outras pessoas Fui seguir na fórmula truck, eu deixo acontecer.

Como surgiu o convite para o programa “Mulheres Ricas”?

Foi a “cuatro cabezas”(produtora) que me chamou. Em um primeiro momento eu tinha certeza de que eles tinham se enganado de pessoa. Eles já tinham fechado com a Narcisa e com a Val. Eu disse que não tinha o mesmo perfil que elas, mas era exatamente o que eles queriam. Uma pessoa diferente dessas mulheres. Podendo ser eu mesma, eu aceitei.

O programa foi sucesso de público. Como você está lidando com ele?

Pra mim foi normal, porque eu já tinha passado por isso. Eu não podia sair na época do fantasia, eu tinha que andar com segurança.

O programa teve momentos polêmicos. A Val disse em algumas entrevistas que havia “produção” que induzia algumas situações. Algo ali não era real?

Na verdade, essa historia de que é produzido, não é verdade. Se é um reality não pode ser produzido. O que acontece é que as pessoas sugerem, “vamos jogar tênis”, por exemplo, e alguém pode soprar no seu ouvido, se você jogar uma bolinha na cabeça da Val ela vai ficar brava. Como no BBB, eles não falam com as pessoas, mas eles sugerem.

Saiu na imprensa que todas se reuniram para assistir a final juntas, com exceção da Val. Por que?

É verdade, ela não foi convidada, assistimos juntas, nós tínhamos o pessoal.

Está uma verdadeira especulação se haverá ou não uma segunda temporada. Você toparia?

Pelo pouco que entendo de televisão e se fosse dono de uma emissora, eu produziria novamente pelo sucesso que foi. Mas agora, logo no começo me perguntaram se eu faria de novo e eu disse que não. Agora hoje, como já conheço e sei como lidar, faria sim. A Band ainda não tomou uma decisão oficial, pois a grade de programação está cheia.

A Narcisa é a mais distante, pois é a única a morar no RJ. Este é o único motivo pela distância e está tudo bem entre vocês?

Tudo ótimo com a Narcisa, ela á uma pessoa “super gracinha” e querida. O problema é a distancia, ela no RJ e nós em São Paulo.  A Val teve os problemas de convivência com todas as 4, menos com a Lydia, a que teve menos problemas.

Você mantém contato com as Mulheres Ricas?

Continuo com amizade com todas. Encontrei com a Val no programa do Silvio e a tratei com educação sem problema nenhum, mas não é minha amiga.

Está rolando um boato de que você posaria nua com a sua filha. Procede?

Isso foi uma sugestão de alguns jornalistas, se eu toparia fazer com a minha filha e eu disse que não. Não me sentiria bem. Se fossem edições separadas não vejo problema nenhum, desde que o cachê seja bom, tanto para mim quanto para ela, que é uma mulher bem sucedida. Só tive coisas boas da Playboy, a visibilidade… Devo tudo a Playboy. Eu somei, eu soube seguir e aproveitei as oportunidades.

E no futuro?

Estou na formula truck, temporada 2012.

Muito obrigado Debora pela entrevista e boa sorte na temporada 2012 da fórmula Truck.

Você pode mandar sugestões, criticas e elogios. Basta ir no twitter @marcussadok e falar comigo.

Quinta-feira o convidado da coluna é o cantor Naldo, eu invadi o camarim dele no RJ, até lá!

Marcus Sadok

 

“O CanalTV! Entrevista” Alexandre Mortagua manda recado para o pai, Edmundo.

 

Alexandre Mortágua é filho do ex-jogador de futebol Edmundo e da ex-modelo Cristina Mortágua. Mesmo jovem, ele já está na mídia desde o nasceu. O pai, não quis manter contato com o filho, e Alexandre cresceu e foi criado sem a figura paterna. Recentemente, ele se envolveu com uma confusão com sua mãe, e ambos acabaram na delegacia. O jovem que não tem medo de falar sobre nenhum assunto, conversou com a coluna, veja:

 

Alexandre, como era a sua relação com a sua mãe antes da confusão envolvendo vocês?

Era uma vida normal, com problemas que qualquer adolescente tem com uma mãe. Mas, nada que desse uma pista que chegaria aonde chegou.

Você vive com quem hoje em dia?

Com minha avó materna.

Quando houve a confusão entre vocês, qual foi a ultima gota para chegar a um nível de denuncia na policia?

A última gota foi quando ela tentou me bater e não conseguiu. Ela quase conseguiu, mas sou maior e mais forte. Ela não estava drogada nem bêbada, apenas tomava remédios controlados e estava nervosa.

Como está sua relação com ela hoje?

Estamos muito bem. Muito melhor até do que antes da briga. Não temos mais aquelas obrigações de acordar, olhar para a cara da pessoa e manter a convivência. Depois que você convive você percebe que as relações seriam mais interessantes se fossem separadas. Hoje, nos entendemos mais.

Você cresceu sem uma figura paterna. Como você lidou e lida com isso?

Eu estava falando isso com a minha avó e minha mãe. Minha avó cresceu sem pai, assim como a minha mãe e eu. Nunca faltou nada para minha mãe por ela não ter tido essa figura paterna, e espero chegar lá assim como ela chegou. Mas, faz falta. Você não entende porque seu pai não vai te buscar no colégio, por exemplo. Mas, hoje em dia é mais fácil de lidar.

Seu pai é um ex-jogador famoso, o Edmundo. Ele paga pensão diretamente para você?

Não, para minha avó.

Você já foi pressionado a ser jogador de futebol?

Sempre fui pressionado. Todos olham para mim e falam: “você não sabe jogar”? Eu não sei, mas se eu tivesse talento, eu seria. Eu jogaria por uns 5 anos, guardaria dinheiro. Só faria por dinheiro.

Você é homossexual. Você ainda sofre preconceito ou se importa com ele?

Sim. Mas, eu não dou espaço. São poucas as pessoas que tem intimidade de vir falar comigo. Já percebi olhares, mas nada que me abalasse. Bullying não funciona comigo.

Qual é a profissão que você deseja seguir?

Eu quero fazer moda. Estudo modelagem e alfaiataria. Quero abrir minha própria marca.

Qual o recado que você mandaria para o seu pai, hoje?

Não sei o que eu diria. Acho que serei meio cafona, mas falar de pai e mãe é sempre cafona. Eu mandaria a letra “Pai” do Fábio Jr. Eu ouço a música e já me lembro dele, de como foi difícil crescer sem um pai.

Como é a sua relação hoje com ele?

Acho que já é diferente do que era há 1 ano e meio atrás. Temos contato, mas não com frequência. Não é a primeira pessoa que eu ligaria.

Você falou com muita segurança quanto sua sexualidade, que recado você mandaria para jovens que assim como você, sofrem de preconceito, seja ele qual for?

Amigos e família vão. Mas, no final das contas você tem que estar bem com você. Pode parecer pessimista, mas quando você for deitar para dormir, você não vai pensar nos problemas que os outros estão passando. Resumindo, você tem que estar bem consigo mesmo, para que o outro, mesmo que enxergue, não consiga te afetar com a sua condição, diferença ou como você tenha nascido. É muito mais amplo que sexualidade, envolve outros preconceitos. Querendo ou não, quem vai demonstrar ser uma pessoa preconceituosa com você é uma pessoa que você não precisa…

Muito grato pela excelente entrevista Alexandre.

Não se esqueça que você pode dar elogios, criticas e sugestões para futuras entrevistas. Basta ir no twitter @marcussadok e falar comigo.

Na próxima segunda, a entrevistada é a “mulher rica”, caminhoneira e simpaticíssima Débora Rodrigues, até!

Marcus Sadok

 

“O CanalTV! Entrevista” “É muito difícil ser homossexual nos dias de hoje” diz Lela Gomes

Lela Gomes, é filha do diretor da TV Globo Rogério Gomes. Mas quem pensa que a jovem foi seguir carreira com o pai se enganou. Lela ganhou destaque ao entrar para a equipe do Muito + da Band, emissora concorrente. Ela chama a atenção pelo bom desempenho na função, mesmo com pouco tempo exercendo-a. A moça também é homossexual e não teme falar sobre o assunto, veja: 

1- Lela, o que você fazia antes de entrar para a equipe do muito mais?

Eu tinha um programa na internet, fazia um talk show, onde recebia alguns convidados e falávamos de temas específicos, desde traição, até “Big Brother Brasil”. 

2- Você é conhecida pela amizade com famosos, você os conheceu somente pelo seu pai?

Olha, honestamente, esse rótulo não me agrada muito… Meus amigos famosos são tão normais quanto meus amigos arquitetos, médicos ou advogados e não os conheço pelo meu pai, os conheci ao longo da vida mesmo. 

3-  Você entrou para um programa de televisão e foi criticada positivamente, principalmente pela Galisteu. Como é ser consolidada pelo menos no momento como boa repórter?

Recebi meus primeiros elogios da Galisteu quando estávamos gravando o piloto e fiquei completamente surpresa, ela me disse que parecia que eu já tinha nascido com o microfone na mão. Aí passei a acreditar mais no meu potencial, quando ela me elogiou ao vivo na estreia do Muito+ porque não é todo dia que a gente recebe elogio da Adriane Galisteu em rede nacional, né gente?! Rs…  

4- Seu pai te assiste? O que ele achou? O que ele acha do seu trabalho? Tem problema em ser em uma emissora concorrente a dele?

Na hora do programa ele geralmente está gravando, mas sempre que pode busca meus vídeos na internet, acho que ele não dava muito por mim e se surpreendeu. Quando eu assinei com a Band, brincamos que agora eu era concorrente dele, mas ele é um cara incrível e torce por mim, onde quer que eu esteja.

5-  Comenta-se , principalmente a Fabíola Reipert que nos bastidores do muito mais tem confusão e ciumeira. É verdade que já houve problema entre o pessoal do estúdio?

Nunca! Vocês não tem noção do clima incrível que rola nos bastidores do programa… A gente ri o tempo todo, de verdade! Eu queria até ter mais tempo pra ir a São Paulo ficar com eles e quando o Lysandro e o Gomez vem pro Rio eu tento grudar neles o máximo possível! 

6-  O que você está achando do desempenho do muito mais? E da Adriane como “fofoqueira” ?

A galera gosta de saber da vida dos outros e com o toque divertido que o programa tem fica mais divertido e acho que a Dri não faz a fofoqueira, muito pelo contrário, ela tá ali pra mostrar que a celebridade volta e meia realmente é vítima das fofocas, apesar de muitos não acreditarem. 

7- Tem algum famoso que você já foi amigo e detesta? Ou então que detesta?

Nada, menino… Sou da paz, graças a Deus! 

8- Tem vontade de crescer e ter seu próprio programa? Se não conte quais são seus projetos;

Claro!!! Acho que esse é o sonho de todo mundo que trabalha com isso tem esse objetivo. 

9-  Solteira? 

Não! 

10-  Pretende ter filhos?

 Pretendo adotar!

11-   Sonho na vida pessoal e profissional.

 Sonho em ter meu próprio programa, tipo um talk show… Amo o “Agora É Tarde”, por exemplo… E meu sonho pessoal é conseguir construir uma base familiar estruturada, mesmo com as dificuldades de ser homossexual nos dias de hoje.  

 Muito grato pela entrevista e sucesso.

Não se esqueça que você pode escolher as próximas entrevistas da coluna, basta ir no twitter @marcussadok e falar comigo.

Quinta-feira tem mais, até!

Marcus Sadok

“O CanalTV! Entrevista”: Monique, super simpática, fala com exclusividade

Monique Amin foi considerada a protagonista dessa edição. A jovem recebeu a coluna no hotel em que ficou hospedada, e mesmo com grande assédio de fãs, entre uma foto e outra, a ex-BBB falou com uma simpatia invejável, veja:

1-Você entrou no BBB há 3 meses como uma pessoa anônima. Hoje você é uma celebridade. Como está lidando com a fama?

Agora eu já estou me acostumando, estou sabendo lidar melhor. Eu estranhei muito, a gente leva um susto, andava na rua e ninguém me olhava e agora todos olham e me conhecem intimamente. As pessoas me cumprimentam como minhas amigas e são minhas amigas, porque viveram tudo comigo. Eu estou amando, recebo muito carinho, as pessoas me tratam super bem e foi isso que valeu a pena de tudo.

2-Monique desmente uma nota pra mim, que diz o seguinte: “Monique usa microvestido e se recusa a tirar foto com fã” (um taxista). Fiquei assustado, já que você disse que gosta tanto do assédio e do carinho.

Vocês estão aqui e estão vendo que não tem nada a ver, entendeu? Foi a primeira vez que eu saí depois da casa e fui a um restaurante almoçar, eu tirei foto com todas as pessoas que pediram. Eu fui até a cozinha e tirei foto, e isso ninguém coloca: “Monique na cozinha tirando foto né”? Na rua na hora que eu saí, tinham dois paparazzi, e eu não estava sabendo lidar direito com eles, se esse taxista estava lá mesmo ou não, eu não sei. Eu Monique, não vi. Ele poderia estar ao lado dos paparazzi e eu não ter visto. Eu simplesmente passei reto e ainda fiz uma brincadeirinha com eles. Ele poderia ter entrando no restaurante e ter tirado foto comigo, eu nunca ia me negar. Ele é taxista há cinco anos ali, era só entrar. Ai depois eu vi foto dele triste. Gente isso é mentira, mentira, mentira total.

3-Todos os integrantes da selva que iam para o paredão, saiam com rejeição. Você sempre dizia que se fosse iria sair, tinha muito medo. E quando foi, saiu com menos de 1% de diferença, muito popular e candidata forte, como você viu esses números?

Eu nem imaginava, eu tinha medo de sair por inúmeras coisas. Você está lá ha muito tempo e não sabe nada que está acontecendo, sente uma insegurança. Mas, quando eu saí, que o Bial disse que foi com pouca diferença, ali eu disse: “ganhei”. Pra mim, no pessoal, naquele momento foi a minha vitória. Eu nunca achei que eu fosse ser tão bem recebida, que as pessoas teriam muito carinho por mim. Choraram comigo, riram comigo. Fiquei pensando se eu estava chorando demais, e estava. Será que estão me aguentando? E foi tudo maravilhoso.

4-Em um momento do jogo, você começou a chorar porque se achava gorda, as roupas não entravam em você… E passou a fazer “parte do show” ver a hora que você iria colocar suas roupas da festa por exemplo. Você foi até malhar. Hoje você tem título de ex-gordinha e de gordinha sexy, esses rótulos te incomodam? E com todo o respeito, você está maravilhosa.

(risos) Gente, eu não me incomodo com isso. Na verdade, me perguntaram se uma gordinha poderia ser sexy, e eu falei que sim. E aí já colocaram outra coisa. Mas, eu não me incomodo nem um pouco, eu acho até legal, não me importo. E quantas gordinhas são bonitas? Eu comecei a malhar, porque eu já estava ha 10 semanas sem ir pro paredão, e sabia que a minha hora iria chegar, e eu imaginava que eu iria mesmo, e eu pensei: “pelo menos tenho que entrar na roupa que eu trouxe pro paredão”. (risos) Aí, eu comecei a correr para entrar na roupa. Mas, eu estou super feliz.

5-Com os integrantes da “selva” você vai continuar mantendo contato aqui fora?

Com certeza. E pretendo manter com todos do programa. Da maneira que der, não sei aonde cada um vai morar, o que cada um vai fazer. Mas, eu me dei bem com todo mundo e acho que foi  por isso que eu não recebi voto até a décima semana. E os da selva, falo com todos, gosto de todos e não mudou nada.

6-O que você vê para o seu futuro? Carreira artística?

Meu plano é estar com as portas abertas. Receber propostas, estudar bastante e aproveitar esse “boom” de 15 minutos de fama, mas não ficar só nele. Eu quero aproveitar esse momento para me levar a um caminho que me leve para um futuro bom. Mas, não tenho um grande plano, do tipo: ser atriz, ou apresentadora… Não sei ainda. Tudo o que eu receber de proposta eu vou pensar e analisar. Eu estou disposta a encarar e ir pra frente no que tiver que ser.

7-Está torcendo para quem? Fael ou Fabiana?

Fael. Até porque entramos juntos nos 45 do segundo tempo e ele é uma pessoa do bem. E ele vai ganhar a gente já sabe.

8-Já encontrou com o Jonas aqui fora?

Não… ainda não. Ele chegou tarde ontem e eu já estava dormindo, e hoje(28/03) estive o dia todo na rua e ainda não o vi.

9-Você foi considerada a grande protagonista desse BBB, e você saiu. Como você vê isso, de ser considerada a principal e não estar na final e de qualquer maneira ser a mais popular?

Eu não sei se sou a mais popular. Eu fico muito feliz, porque as pessoas gostam de mim pela Monique, e não por uma atriz ou um papel que eu interpretei. Eu soltei tudo o que eu tinha para falar e fazer. E fico feliz com o rótulo de protagonista por eu ter sido eu. Eu posso ficar a vontade nos lugares porque as pessoas me conhecem daquele jeito. Eu estou muito feliz, pelo o que eu ganhei em troca por tudo aquilo que eu passei.

Monique, muito obrigado, sorte e sucesso.

Muito obrigada, obrigada e obrigada. Beijos

Esclarecimento: É notório que o público ainda tem interesse em saber sobre o caso que envolveu Monique e Daniel, mas de comum acordo entre assessoria e a coluna, o assunto não foi abordado, pois tanto pela parte da Monique e qualquer outra parte, o assunto está encerrado, e a policia já arquivou o inquérito.

Não se esqueça que você pode escolher os próximos entrevistados da coluna, basta ir no twitter @marcussadok e falar comigo.

As entrevistas exclusivas vão ao ar toda Segunda e Quinta, está imperdível., até lá!

Fotos: Angela Bicalho

Marcus Sadok 

EXCLUSIVO: Monique e Renata em entrevistas exclusivas ao “O Canal” esta noite

Já é fato, o “O CanalTV!” é o grande campeão quando o assunto é entrevistas EXCLUSIVAS.

E para fechar com chave de ouro a série de ex-BBB’s nada melhor do que as gatas que foram destaque nesta edição, Monique e Renata.

Combinado então, hoje, no último intervalo de Avenida Brasil, no ar!

E a concorrência pode continuar tremendo de medo, porque a série continua, toda Segunda e Quinta, só exclusivas! 

“O CanalTV! Entrevista Ex-BBB’s”: Ariadna solta o verbo

Ariadna ficou conhecida do grande público, ao participar da edição número 11 do BBB. A participação da moça foi polêmica, pois confirmou ao ser eliminada, ser a primeira transsexual a participar do programa. Após a saída, a fama veio com tudo, e houve diversas participações na televisão, como no Pânico na TV! por exemplo. Muito simpática, a moça falou comigo, veja:

1-Ariadna, você acompanha a décima segunda edição do bbb? O que está achando?

Eu estou acompanhando. Estou achando uma edição forte. Mas é uma edição bem normal, nada de diferente.

2-Você torce para algum participante?

Eu gosto da Fabiana e torço por ela. Acho que ela tem grandes chances.

3-Você acha que BBB chegou no seu limite e deve ter um fim?

Eu acho que o BBB já mostrou um pouco de tudo. Tiveram boatos que iria até o bbb14. Acho que a ideia de colocar ex-bbb polêmicos juntos seria interessante, para fechar com chave de ouro.

4- É verdade que o Boninho é grosso com os participantes e depois do programa não quer nem olhar na cara de seus ex-bbbs?

Ele comigo não foi em nenhum momento estupido. Não tenho contato com o Boninho, nunca mais o vi. Quando me encontrei com ele em um camarote da Grande Rio, me tratou super bem e perguntou como eu estava. Na final do BBB por exemplo, me desejou boa sorte, essas coisas.

5- Da sua edição do BBB, você ainda fala com algum participante? É verdade que você ainda tem problema com a Maria?

Da minha edição eu falo com todos, menos com a Maria. Não quero comenta nada sobre a Maria.

6-Você tem projetos para a televisão?

Projetos sempre tem. Mas tem pessoas que tem mais sorte que outros, ainda não tive.

7- Como foi a sua participação no Pânico na TV?

Fiz participações, foram normais. Eu pensei que fosse ser contratada, fizeram campanhas no twitter e tudo. Mas, no final me deixaram sem resposta. A gente sempre fica triste com a cobrança do público, as pessoas perguntando “Cadê a Ariadna?”. Fiquei chateada. Ouvi dizer que, quem pedisse minha participação no twitter para eles, era bloqueado e tudo.

08- Na sua edição do BBB você foi destaque por diversos motivos, por exemplo, o fato de ser transexual. Você ainda sofre preconceito?

Sofro e aonde existir ignorância, vai existir o preconceito. Mas, o preconceito que sofro por ser ex-bbb é maior, a maioria das portas se fecham. A gente expõe a vida no programa, faz a alegria do povo em uma emissora com alcance enorme com possibilidade de crescer. Mas, ainda temos que tentar, outras pessoas acham que não.

09-Está solteira? Vai casar e ter filhos?

Estou noiva, e estamos em um relacionamento bem sério. Pretendo casar e ter filhos, quem sabe com uns 35 eu adote um.

10- Você acredita que tenha havido estupro no bbb12? O que pensa sobre o Daniel?

Se ela (Monique) disse que não, é porque não teve. Então eu acredito que não. Quanto ao Daniel, não sei como deve ser, deve ser chato para ele, porque enfim, acho que deve ser ruim ser acusado de algo que já foi provado que não aconteceu.

11- Quais seus sonhos na vida pessoal e profissional?

Na vida profissional, que eu seja repórter de um programa, como tv fama por exemplo. Na vida pessoa, me casar.

Muito grato pela entrevista Ariadna.

Não se esqueça que você pode escolher quem você quer ver no “O Canal Entrevista”, basta ir no twitter @marcussadok e falar comigo.

Amanhã tem entrevistas exclusivas com Renatinha e Monique do BBB12, fechando a série sobre BBB. Na semana que vem volta tudo ao normal, sempre ás segundas e quintas às 20 hrs, até lá!

Marcus Sadok

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: