Band troca Diretor do CQC

image

As mudanças no “CQC” para 2015 incluem não apenas a troca de apresentadores e repórteres. O diretor Gonzalo Marcó (ao lado de Oscar Filho na imagem acima), no programa desde a primeira temporada, não sobreviveu à onda de renovação e será substituído no ano que vem por dois diretores.

Um dos principais programas da Band, tanto em matéria de audiência quanto de faturamento, o “CQC” viu nesta sétima temporada a sua repercussão diminuir bastante assim como registrou uma nítida fuga de audiência.

DiegoGuebelDanStulbach“Renovação do conteúdo não só envolve apresentadores e repórteres, mas também parte da equipe de produção”, diz Diego Guebel (ao lado de Dan Stulbach). Criador da produtora Cuatro Cabezas, onde o “CQC” nasceu, o hoje diretor da Band explicou ao blog o que está motivando tantas mudanças:

“Acho necessário renovar. O ‘CQC’ é um formato de longa duração, mostram as experiências na Argentina, Itália e Espanha. As renovações têm a ver com manter o espírito do programa”, diz, comparando a atração ao humorístico “Saturday Night Live”. No ar desde 1975, o “SNL” já teve “diferentes line ups em diferentes períodos”, lembra o diretor.

Questionei Guebel se as mudanças obedecem a alguma pesquisa, que indicou a necessidade de renovação. “Não tem uma ‘bíblia’ que te fale que é, o que pode dar certo. Se quer melhorar, tem que arriscar. Acho que estamos em um caminho muito certo para o programa”, disse o diretor.

Produtora do “CQC” no Brasil, a argentina Cuatro Cabezas faz parte, há sete anos, da Eyeworks, agora um braço da Warner. Falando dos mercados argentino, brasileiro, espanhol e português, Guebel reconhece que a versão brasileira do “CQC” é um dos principais produtos da empresa.

“Há programas que, às vezes, são maiores que o ‘CQC’ do Brasil, como ‘MasterChef’, aqui e na Argentina, ou ‘Celebrity Splash’, no ano passado na Espanha. Mas o ‘CQC é um produto muito relevante porque é permanente”, diz.

As mudanças no “CQC” já anunciadas incluem a troca do apresentador Marcelo Tas pelo ator Dan Stulbach, a volta do repórter Rafael Cortez e as saídas dos repórteres Oscar Filho e Ronald Rios. Várias outras alterações são comentadas, mas ainda não foram confirmadas pela Band, como a volta de Rafinha Bastos à bancada, no lugar de Dani Calabresa, e a saída do repórter Guga Noblat.
Mauricio Stycer

Saiba tudo sobre a carreira do novo diretor de Jornalismo do SBT

O jornalista ALBERTO VILLAS nasceu em Belo Horizonte em 1950. Decidiu-se pela carreira ao vencer em 1970 o Concurso de Contos do Estado do Paraná.
Formado em Paris, onde viveu por seis anos, colaborou com
quase todos os jornais alternativos da época.
Em 1980 voltou para o Brasil, onde trabalhou em O Estado de S. Paulo (onde foi um dos criadores do Caderno 2), Rede Bandeirantes, SBT, (foi editor-chefe do Jornal do SBT na década de 90 – reprodução abaixo e também do TJ Internacional) e TV Manchete.

Na Rede Globo de Televisão, foi editor-chefe do Jornal da Globo e do Jornal Hoje, editor e depois chefe de redação do Fantástico, cargo que ocupava atualmente desde 2008.
Recentemente, foi o idealizar do quadro “O Cupido” do Fantástico.
Também é autor dos livros “Admirável Mundo Velho”, “Onde foi
parar nosso tempo”, “O Mundo Acabou”, “Afinal, o que viemos fazer em Paris?” e “Carmo”.
Após cerca de 15 anos, retorna ao SBT na sua mais importante
função na carreira: Diretor Nacional de Jornalismo.
Com informações do SBTpédia

 

SBT pode anunciar novo diretor de jornalismo nas próximas horas

No SBT ninguém sabe o que vai acontecer. Um novo diretor de jornalismo até pode chegar nas próximas horas. Contatos continuam sendo feitos, até gente da concorrência, mas com as dificuldades de muito tempo. Tem sempre aquela questão do medo, de ir e depois ficar encostado. Trocar o certo pelo duvidoso.
O Jornalismo do SBT tem que melhorar e não é de agora.Por que assim a gente não pode confiar!
Com informações do sbtpédia

Globo escala novo diretor pra “salvar” o Domingão do Faustão

A Rede Globo escalou o diretor Ulysses Cruz para salvar a audiência do “Domingão do Faustão”, que nas últimas semanas vem apresentado queda e sendo ultrapassado por Gugu Liberato (Record).

Ele estará à frente de uma equipe de criação formada por profissionais das mais diferentes áreas, que vai trabalhar na busca de ideias para novos quadros do programa.

“Domingão do Faustão”, aos domingos, a partir das 18h.

Fonte: O Planeta TV

 

%d blogueiros gostam disto: