Baixa audiência de “Dona Xepa” mostra fragilidade do horário nobre e do entretenimento da Record

No RecNov ninguém quer falar abertamente sobre os resultados de “Dona Xepa”, mas nos bastidores há quem perceba uma pressão maior na equipe por resultados. A audiência da novela é considerada baixa para um projeto que foi apontado como o mais certeiro para recuperar o prestígio da dramaturgia da emissora. Na semana passada, o folhetim deu um grande susto nos responsáveis pela programação ao fechar, na quinta-feira, com apenas 4 de média em São Paulo. Ontem, novamente “Dona Xepa” apresentou dificuldades e terminou em terceiro lugar empatada com “CQC” em 5 pontos. Se for usar a casa decimal para desempatar, a Band leva vantagem.

O resultado abaixo do esperado de “Dona Xepa” levanta uma importante discussão sobre o que a Record está oferecendo ao telespectador. A análise fria mostra que as audiências que fazem a diferença estão concentradas no jornalismo, principalmente com o “Cidade Alerta” e “Domingo Espetacular”. Até mesmo o “Jornal da Record”, que perde para “Carrossel”, recuperou fôlego. O problema é que não há nada tão forte para tirar o telespectador da Globo ou do SBT. Mais uma vez esta responsabilidade estará com “A Fazenda”. Um produto para salvar toda uma faixa, para recuperar um ano inteiro.

“CSI NY” é um mal necessário.  A série é exibida porque são muitos os que defendem não investir em programa para bater com o principal produto da Globo, a novela das 21h. E ai o efeito cascata é ativo, só que para baixo. “Dona Xepa” entra no ar prejudicada e tudo o mais caminha na mesma direção. Até mesmo a minissérie “José do Egito” já não tem a mesma força de sua fase inicial.

Na Barra Funda (e também no RecNov) são muitos os que acreditam que o horário nobre da Record precisa ser revisto. O entretenimento produzido pela emissora deixa a desejar e se resume a realitys shows e formatos adquiridos no mercado internacional. Assim é fácil para qualquer um. Está mais do que na hora de olhar com mais atenção para projetos brasileiros e, assim, encontrar um caminho mais eficiente, afinal o que está ai se mostrou desgastado, incapaz de colocar a Record novamente com força na guerra pela vice-liderança. Ou alguém vai me convencer que é confortável ver “Dona Xepa” a apenas um ponto da Band, ou o “Câmera Record” empatado com o “CQC”, abaixo do “Astros”? Se alguém na Record pensar assim é que definitivamente jogou a toalha ou só está no cargo para ser diretor de alguma coisa na TV para massagear o ego.

Fonte: Rádio Jovem Pan – Parabólica JP

“Balacobaco” vence prêmio internacional; Record é bicampeã no segmento

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/6b880f9fe0f8b8133d00d8b089a376cf.jpg
A Record acaba de conquistar mais um prêmio internacional por sua dramaturgia. 
 
A emissora conquistou a premiação pela melhor novela de 2012 com “Balacobaco” no Banff Media Festival, um dos festivais de maior renome, tradição e prestígio no Canadá. A trama escrita por Gisele Joras e dirigida por Edson Spinello disputava no segmento de Soap Operas.
 
“Balacobaco”, que teve seu nome traduzido para “Tricky Business” (em tradução literal, “Negócios Complicados”), foi a única produção brasileira indicada no segmento de dramaturgia. 
 
Com este novo prêmio, a Record se torna bicampeã. No ano passado, a emissora faturou o mesmo prêmio para “Vidas em Jogo”, de Cristianne Fridman e de direção-geral de Alexandre Avancini.

Gugu sobre saída da Record: “Porque tinha que ser, é simples assim”

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/f0028913ca9282063d2fcaa7c09bb584.jpg

Com contrato rescindido na última sexta-feira (07), Gugu Liberato se despediu neste domingo (09) da Record.

Ao fim da edição do “Programa do Gugu”, o apresentador apareceu no meio do auditório e começou: “Hoje termina a minha parceria nesta casa. Muita gente tem me perguntado: ‘por quê?’. E eu respondo: Porque tinha que ser, é simples assim”.

E fez uma série de agradecimentos: “Eu quero agradecer a Record, que sempre me proporcionou uma excelente estrutura e a oportunidade de estar junto de vocês todos esses domingos. Agradecer aos colegas com quem convivi e vou com certeza sentir muitas saudades. Quero agradecer a minha equipe, que incansavelmente trabalhou para realizar as mais loucas ideias e sonhos que surgiram. E especialmente agradecer a vocês do meu auditório, ao público de casa que me conhece e me prestigia há 30 anos”. Olha, sem vocês eu não seria nada.

Gugu finalizou sem falar sobre seu futuro. “Então fica com Deus e uma boa noite. Tchau gente!”, disse.

“Bom Dia Rio” estreia novidades e sofre com a Record no Ibope

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/0b5fde3c3a2df054a13e677a8ebb222e.jpg

Nesta segunda (10), a Globo estreia reformulações em seus telejornais no Rio de Janeiro.

O primeiro a apresentar mudanças foi o “Bom Dia Rio”.

Antes apresentado por Ana Luiza Guimarães, agora o noticiário é ancorado por Flávio Fachel e contou com outras novidades, como por exemplo a presença de repórteres do “Jornal Nacional” em links e VTs especiais.

Apesar disso, a estreia não foi bem.

No ar entre 06h30 e 07h30, o “Bom Dia Rio” registrou apenas 4,3 pontos e viu a Record se aproximar. Neste período, a emissora de Edir Macedo exibia o “Balanço Geral Manhã” e atingiu 3,4 pontos. Além disso, o telejornal comandado por Luiz Bacci ficou durante 33 minutos em primeiro lugar.

Outras mudanças da Globo no Rio de Janeiro poderão ser sentidas no “RJTV 2ª Edição”. Márcio Gomes deixa a apresentação do jornal e a partir de agora será correspondente internacional no Japão, substituindo Roberto Kovalick, que vai para Londres.

Por fim, o repórter Marcos Losekann deixa a capital inglesa e volta para o Brasil, onde cobrirá Brasília.

Esses índices são prévios e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores do Rio de Janeiro e da Baixada Fluminense.

Estreia de “José do Egito” aos domingos deixa Record em quarto lugar

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/a3d13971b895ee8f99418e6c7dc08ebe.jpg

A Record decidiu exibir “José do Egito” aos domingos e os resultados de audiência obtidos nesta estreia não foram os melhores possíveis, de acordo com dados prévios do Ibope.

Na horário em que a minissérie estava no ar, a emissora conseguiu 7 pontos de média, perdendo para Globo, SBT e Band, que ficaram respectivamente com 18, 11 e 8 pontos.

A Rede V! também se aproximou das concorrentes, mas fechou com 2 pontos.

Cada ponto equivale a cerca de 60 mil televisores na Grande São Paulo, dados que servem de referência para o mercado publicitário. Os números são prévios e podem sofrer alterações nos consolidados.

Vale lembrar que em suas exibições às quartas-feiras, “José do Egito” não vem conseguindo bons índices. A trama tem dificuldades para chegar aos 8 pontos de média.

Gugu Liberato se despede da Record em segundo lugar

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/3861ed3058fc76721e7f7de4c984c82e.jpg
Este fim de semana marcou o encerramento de importantes etapas da programação da Record. O “Programa do Gugu” teve sua última edição levada ao ar neste domingo (09) e “O Melhor do Brasil” se despediu dos sábados.
 
Mesmo em meio à imensa repercussão de sua saída da Record e que o programa de ontem seria o último pela emissora de Edir Macedo, Gugu não conseguiu cativar os telespectadores como já havia feito em outras ocasiões. A média do programa foi de 8 pontos, apenas suficiente para deixá-lo em segundo lugar.
 
Já “O Melhor do Brasil”, que deixará os sábados após 8 anos – sendo 5 deles sob o comando de Rodrigo Faro -, se despediu com 6,5 pontos de média em seu bloco antes do “Jornal da Record” e 8 no seguinte.
 
Apesar do número ser bem menos expressivo que os que eram atingidos no auge da atração, em 2010, o desempenho é considerado bom no contexto atual do programa.
A partir do próximo domingo (16), “O Melhor do Brasil” será exibido aos domingos, às 15h30.
 
Esses índices são consolidados e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo.

Record News pode ser transferida para produtora independente

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/7bf25c09312737599f0bc4d6ef4e56ba.jpg
processo de terceirização de programas da Record pode estar em vias de tomar um importante passo.
 
Segundo a coluna Canal 1, a Record News, canal de notícias que é sediado junto à matriz, na Barra Funda, estaria de mudança para uma produtora independente. 
 
Com volume de atrações próprias bastante limitado, a Record News pode ser a primeira a ter sua produção desmembrada da Record.
 
Procurada, a emissora de Edir Macedo negou que o rumor fosse verídico. Pelo que vem sendo divulgado até agora, a terceirização não deverá atingir o jornalismo.
 
A ideia inicial seria transferir para produtoras programas como o “Legendários” e o já extinto “Programa do Gugu” e posteriormente as novelas – o que também já não se fala mais.

Record deve alugar estúdios do RecNov, no Rio de Janeiro

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/67955df7f2af5119d7835e8456100723.jpg
Embora tenha feito questão de reforçar que não abrirá mão do RecNov, seu complexo de dramaturgia no Rio de Janeiro, a Record não deverá manter a situação do jeito que está.
 
Devido à ociosiosidade da maior parte dos estúdios, que estão preparados para receberem cerca de três produções simultâneas (no momento há apenas uma), agora se fala na possibilidade de alugar o espaço que não estiver sendo usado.
 
Segundo informações do jornal “O Globo”, a Fox é uma das fortes candidatas a ocupar os estúdios da Record no Rio.
 
Apesar de não terem nenhum tipo de parceria oficial, as duas emissoras têm bom relacionamento há vários anos – como na série “Avassaladoras”, em 2005, e em outros projetos, como no lançamento do Fox Sports, em 2012, no qual o elenco do canal de Edir Macedo compareceu em peso, e na escolha dos atores da série “Se Eu Fosse Você”, que terá Paloma Duarte e Heitor Martinez nos papéis principais.

Record altera data de estreia de “A Fazenda 6”; confira

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/32bbb7dc30d122913b3d301a2784793e.jpg

A Record fez uma pequena alteração na data de estreia da nova temporada do reality-show “A Fazenda”.

Segundo o jornalista Daniel Castro, agora a atração começará no dia 23 de junho, um domingo, logo após o “Domingo Espetacular”.

Inicialmente, o programa estava programado para estrear no próximo dia 19, uma quarta-feira.

O pequeno adiamento se deve apenas a uma estratégia da Record. Após a baixa audiência conquista pela minissérie “José do Egito”ontem, a emissora acredita que o primeiro dia do reality no domingo deve chamar mais atenção do público.

“A Fazenda 6” seguirá sob comando de Britto Jr. e contará com Gianne Albertoni apresentando uma edição do programa na internet.

Sobre o elenco, nomes como o apresentador Yudi Tamashiro, a dançarina Gracyanne Barbosa, Andressa Urach, o ex-jogador Paulo Nunes, a ex-Panicat Aryane Steinkopf, o cantor Beto Barbosa e a cantora Mara Maravilha têm grandes chances de aparecerem na sede da fazenda, em Itu, no interior de SP.

Ibope do “Programa da Tarde” não muda com chegada de nova direção

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/df238ead5d47efbf028c7bb1540d3709.jpg
Os índices de audiência do “Programa da Tarde” ainda não reagiram com a mudança na equipe de direção.
 
Desde o início desta semana sob a gestão do recém criado Núcleo Record de Variedades, de Carlos César Filho, Bruno Gomes e Detto Costa, a revista eletrônica vespertina segue oscilando na casa dos 4 a 5 pontos. O patamar é o mesmo que o alcançado na época em que Vildomar Batista estava na direção-geral.
 
Nesta quarta (05), por exemplo, a média registrada foi de 4,6 pontos, a qual é superior a de “Rosalinda”, que teve 4,4 pontos, mas inferior a “Cuidado com o Anjo”, que teve 5,4.
 
Esses índices são consolidados e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo.

Produção do “Programa do Gugu” tem medo de ser inteiramente dispensada

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/f0028913ca9282063d2fcaa7c09bb584.jpg

Como se sabe, contratado em 2009 sob um dos maiores salários da TV brasileira – R$ 3 milhões –Gugu Liberato está deixando a Record.

Os bastidores da emissora estão bem agitados nesta quinta-feira (06), mas a produção do “Programa do Gugu” está sem saber o que fazer.

Segundo a jornalista Keila Jimenez, a equipe de cerca de 40 pessoas está parada, esperando uma posição oficial da emissora. A produção teme que todos sejam dispensados pela Record.

O departamento jurídico do canal já prepara o acerto para a recisão de contrato de Gugu, que ficou insatisfeito com a demissão de diretores, cortes de verbas e de quadros de sua atração.

A Record quer se livrar da multa rescisória do compromisso, que iria até 2017 e está na casa dos R$ 100 milhões. O animador estaria disposto a abrir mão dessa quantia.

A partir do próximo dia 16, Rodrigo Faro deverá ocupar o lugar de Gugu aos domingos.

Gugu não suporta pressão e deixa a Record após quatro anos

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/f0028913ca9282063d2fcaa7c09bb584.jpg
Contratado em 2009 sob um dos maiores salários da TV brasileira – R$ 3 milhões – Gugu Liberato está deixando a Record.
 
Segundo o jornalista Ricardo Feltrin, da coluna “Ooops!”, a edição do próximo domingo (09) será a última do “Programa do Gugu”. 
 
Entre as razões que chatearam o apresentador estavam os recentes cortes promovidos pela Record, que atingiram toda a sua produção. 
 
Uma recente reunião entre as duas partes definiram o corte de dois quadros, o “Sonhar mais um Sonho” e o “De Volta pro meu Aconchego”. Gugu não teria gostado e alegou que tal mudança alteraria o ritmo do programa. A relação azedou.
 
A rescisão do contrato de Gugu Liberato e a Record ainda não foi anunciada de forma oficial, mas cogita-se que o rompimento seja considerado de forma amigável.
 
Embora o contrato previsse uma multa milionária (cogita-se em R$ 100 milhões), nestes últimos meses o animador vinha sendo pressionado a aceitar uma redução em seu salário e nas verbas de produção de seu programa.
 
Gugu não suportou a pressão e optou por deixar o canal. Ele deverá tirar um período sabático, para se dedicar à família e a uma viagem com os filhos.
 
Rodrigo Faro é o mais cotado para substituir o apresentador.

Record cancela séries bíblicas e emite comunicado sobre o RecNov

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/7f979ed0a210f82d263df3b2782949e4.jpg

Conforme já noticiado pelo NaTelinha, a Record está fazendo uma série de demissões em seu centro de teledramaturgia, o Recnov, no Rio. O número passa de 500 profissionais.

Por causa dessas demissões, segundo informações do UOL, a emissora decidiu cancelar suas futuras séries bíblicas. “Moisés” e “Os Milagres de Jesus” não deverão ser mais produzidas.

Com isso, a Record acaba com o ciclo de minisséries bíblicas que começou com “A História de Ester” em 2010, passou por “Sansão e Dalila”, chegou em seu auge com “Rei Davi”, que liderou por várias vezes a audiência, e se encerrará ao fim de “José do Egito”, que tem previsão de término para julho.

Em relação ao que acontecerá com o RecNov, a Record emitiu um comunicado à imprensa garantindo que ele não será vendido e que novas produções serão feitas por lá.

“Roberto Justus +” bate recorde de audiência em 2013 na Record

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/89d0276f0f2a83d79fde5f086aec7475.jpg

Nesta segunda (03), o programa “Roberto Justus +” bateu seu recorde de audiência em 2013.

No ar entre 00h08 e 01h02, o talk-show registrou média de 4 pontos e pico de 6, ficando em segundo lugar na média geral.

Na ocasião, Roberto Justus recebeu a atriz Ângela Leal e a especialista em beleza afro Zica Assis, que conversaram sobre o tema “a força das mulheres”.

A atração vai ao ar todas as segundas, logo após o “Câmera em Ação”.

“Programa do Gugu” deverá ser alvo de cortes na Record

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/f0028913ca9282063d2fcaa7c09bb584.jpg
Com altos custos de produção e até então imune aos cortes promovidos pela Record, o “Programa do Gugu” deverá ser um dos próximos atingidos pelas reduções.
 
Segundo a coluna Controle Remoto, há grande insatisfação por parte da alta cúpula da emissora em relação aos resultados de audiência que vêm sendo marcados.
 
São frequentes as edições que Gugu é derrotado por Eliana e os números raramente ultrapassam a casa dos 8 pontos – ante os 11 de seus primeiros anos na casa.
 
A ideia agora é reduzir a equipe e, consequentemente, os gastos. Também há a intenção em reformular o quadro, trazendo profissionais com novas ideias que possam incrementar os resultados da atração.

Audiência de “Dona Xepa” segue em baixa e Record fica em terceiro

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/8b34f28fb81a8c305124bc119c3094d0.jpg

O quarto capítulo da novela “Dona Xepa” manteve a Record na terceira colocação de audiência.

Na noite de sexta-feira (24), a trama adaptada por Gustavo Reiz cravou apenas 6 pontos de média, segundo dados prévios do Ibope na Grande SP.

No mesmo período, a Globo marcou 29 pontos e o SBT teve 7.

“Dona Xepa” estreou na última terça (21) com média de 9 pontos e o segundo lugar garantido, animando a direção da Record.

Porém, na quarta (22) caiu para 7 pontos e na quinta (23) também fechou com 6.

Prévia: “Balanço Geral SP” – Manhã (24/05)

:globo: 6,5
:sbt: 3,5
:record: 3,2
:band: 0,6
:redetv: 0,1

Record desiste de cancelar o “Programa da Tarde” após renovar patrocínio

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/df238ead5d47efbf028c7bb1540d3709.jpg

Contrariando o que chegou a ser decretado em uma reunião no começo desta semana, a Record desistiu de extinguir o “Programa da Tarde”.

A revista eletrônica de Ana Hickmann, Britto Jr. e Ticiane Pinheiro estava com o seu fim decretado para logo após o término do contrato de patrocínio com uma marca de tinturas para cabelo, o qual estava previsto para se encerrar no próximo mês.
 
O fato que reverteu a situação a favor do “Programa da Tarde” foi a decisão do patrocinador de prorrogar a parceria com a Record. Um novo acordo de mais seis meses foi confirmado e, desta forma, o programa segue no ar ao menos até dezembro.
 
A existência de ao menos um patrocinador de peso é um fato considerado vital para a permanência do “Programa da Tarde” na grade da Record. Com altos custos de produção e audiência ainda não correspondente, as contas não fechariam sem o aporte financeiro. 
 
A Record, por sua vez, já deixou claro que não irá manter atrações que não se paguem. Estão totalmente fora do risco de extinção programas como “O Melhor do Brasil” e o “Hoje em Dia”. O “Tudo é Possível”, por exemplo, não conseguiu chegar ao ponto de equilíbrio necessário e foi o primeiro a ser cortado.
 
Com informações da coluna NaTV.

“Dona Xepa” se aproxima da liderança e fecha em alta em Fortaleza

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/8b34f28fb81a8c305124bc119c3094d0.jpg
Enquanto em São Paulo vem mantendo índices similares aos de “Balacobaco”, apesar de ter se destacado em alguns dias, “Dona Xepa” agradou bastante o telespectador de Fortaleza.
 
Nesta quarta-feira (22), a novela de Gustavo Reiz marcou 15 pontos de média. O pico foi de 18 pontos e alcançado às 22h58, momento em que a Globo marcava 20,3 pontos. Ainda neste minuto, a Band estava com 3,2 e o SBT com 2.
 
Diferente de São Paulo, em Fortaleza também há o destaque positivo para “José do Egito”, que marcou média de 18 pontos com picos de 25.
 
A Record no Ceará tem como afiliada da TV Cidade, a qual possui uma das melhores audiências de todo o Brasil.
 
Esses índices são consolidados e são baseados na preferência de um  grupo de telespectadores de Fortaleza e Região Metropolitana.

“Cidade Alerta” bate recorde mensal; jornalísticos da manhã se recuperam

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/99a8ca7b31eb3078f802b8d93e25265b.jpg

Em paralelo à “José do Egito” e “Dona Xepa”, que tiveram números abaixo do esperado, com 7 pontos cada, a Record teve desempenhos surpreendentes com seus jornalísticos nesta quarta-feira (22).

O “Cidade Alerta” mais uma vez se consagrou como a maior audiência do canal e fechou com 10 pontos de média. O índice é o mais expressivo de todo o mês de maio.
 
Também tiveram bons números os matinais “Balanço Geral – Manhã”, “SP no Ar” e “Fala Brasil”. O “Balanço Geral” registrou 4 pontos – o dobro do que já havia chegado a marcar em alguns dias -, e o “SP no Ar” e “Fala Brasil” tiveram 6 pontos de média cada.
 
Esses índices são consolidados e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo.
Fonte: Natelinha
%d blogueiros gostam disto: