Globo cresce 12% em faturamento no ano passado

As Organizações Globo faturaram no ano passado R$ 10,977 bilhões, um crescimento de 12% em relação a 2010. O valor inclui as participações em canais (Telecine, por exemplo) e operadoras de TV paga (Net e Sky), mas a TV Globo contribuiu com a maior parte.

8 BILHÕES

A Globo e seus canais pagos faturaram R$ 8,124 bilhões com publicidade, crescimento de 8%. Isso quer dizer que, de cada R$ 100 investidos em toda a publicidade no Brasil no ano passado (incluindo jornais, revistas, internet e rádio), R$ 25 foram para as empresas da Globo, principalmente a TV Globo.

31,6 BILHÕES

Juntos, todos as TVs, jornais, revistas, portais e rádios brasileiros faturaram R$ 31,6 bilhões em 2011, segundo o Projeto Intermeios.

2,4 BILHÕES

Graças ao crescimento da TV paga, as Organizações Globo faturaram em 2011 R$ 2,4 bilhões com a venda de conteúdo, 26% a mais do que no ano anterior. Quase toda essa receita vem da remuneração das operadoras pela veiculação de canais pagos. Os dados foram publicados pelo jornal Valor Econômico.

Com informações do jornalista Daniel Castro do portal R7.

Negociações da Fox com operadoras avançam

Canal Fox Sports estreia no Brasil no lugar do Speed

Foram retomadas nos últimos dias as negociações entre a Fox e as três grandes operadoras de TV por assinatura para que, enfim, a Fox Sports possa entrar nos pacotes da Net, Sky e ClaroTV (ex-Via Embratel) – uma encrenca que já se arrasta desde janeiro.

O maior dos impasses aparentemente está sendo resolvido. A Fox já admite que a Fox Sports não faça parte do pacote básico das operadoras, que só admitem colocá-la nos pacotes premium.

Globo desesperada tenta manter controle da TV paga

novelas da globo Assistir Novelas da Globo Online

A nova lei de TV paga restringe a atuação de uma mesma empresa nos segmentos de distribuição de pacotes, de um lado, e programação de canais, de outro. O princípio, formulado para barrar o domínio do mercado por poucas empresas, está sob risco agora, quando se trava uma disputa para sua implementação, informa reportagem de Julio Wiziack publicada na Folha desta quinta-feira. 

As Organizações Globo tentam manter influência na Net –distribuidora cujo controle passou para as mãos do mexicano Carlos Slim– e ao mesmo tempo credenciar-se como programadora independente, via Globosat.

No acordo de acionistas em que transferiu o controle da Net para a Embratel, de Slim, a Globo manteve o direito de indicar representantes para o conselho da distribuidora de TV paga, que domina 38% do mercado hoje.

Para a Anatel, agência que regula as teles, o arranjo não configura saída total da Globo do controle da Net. A agência exigiu a apresentação de um novo acordo de acionistas, no prazo de um ano, prevendo a retirada da Globo do controle da Net. Caso contrário, a Globosat não poderia ser classificada como independente.

As Organizações Globo negam ter feito pressão para que Globosat possa ser enquadrada como independente.

Segundo Tonet Camargo, vice-presidente institucional das Organizações Globo, as novas regras da Ancine ainda estão sendo analisadas. “É uma bobagem absoluta [a interferência]”, disse. 

As informações são da Folha de São Paulo

Fox Sports cobra mais caro das operadoras líder

Está em curso mais um round da briga entre a Fox Sports e as operadoras. O discurso do bloqueio de NET e SKY às negociações com um concorrente direto do Sportv é verdadeiro, porém a situação é um pouco mais complexa do que a divulgada até agora.

O grupo de Rupert Murdoch vem cobrando um valor mais barato das operadoras menores para colocar seu canal de esportes no ar. Descontos também estão sendo oferecidos para outros canais da Fox como FX, NatGeo, Speed e outros. Ou seja, a rigor, a Fox Sports está entrando de graça na Telefônica, Oi TV, GVT e outras.

Na hora de sentar na mesa com NET e SKY, a estratégia é outra. A conta dobra sem mais nem menos e a emissora joga para a plateia incentivando os assinantes a cobrar as operadoras.

Se o trio vai aceitar a pressão dos últimos dias, aí é outra conversa.

TVA fecha com Fox Sports

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120213150550.jpg

A TVA informa que concluiu as negociações com o Fox Sports e fechou contrato para exibição do canal de esportes.

 

A partir da próxima quarta-feira (15/02), o Fox Sports estará disponível para todos os assinantes da tecnologia cabo digital, no canal 50, sem custo adicional. Além dos direitos de transmissão da Copa Santander Libertadores, o Fox Sports detém os direitos dos jogos da Copa Bridgestone Sul-Americana, da Série A da Liga Italiana, da Barclays Premier League (campeonato inglês), bem como o Brasil Open de Tênis, entre outros eventos.

Sky se manifesta e diz para clientes pedirem jogos do Fox Sports no Speed e FX

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120213150550.jpg

Segundo o NaTelinha nesta segunda (13), a operadora de TV paga Sky finalmente se pronunciou sobre a polêmica envolvendo o canal Fox Sports.

Através de seu Twitter oficial, a empresa disse: “#FoxSports: A SKY mantém as negociações com este canal e está empenhada para chegar a uma condição que favoreça os nossos clientes”.

Por outro lado, a operadora foi bem dura: “nós não vamos aceitar ofertas inadequadas que impactem em um alto custo na assinatura. A programadora responsável pelo canal é também responsável pelo Speed e FX, que estão no seu pacote, solicite a eles que transmitam os jogos da Libertadores nestes canais”.

A Sky finaliza o comunicado no Twitter dizendo que só mantém ainda as negociações com o Fox Sports por conta do compromisso com seus clientes: “o nosso compromisso é zelar pelos nossos clientes, é por isso ainda que nos mantemos em plena negociação. #FoxSports”.

A posição da Sky já repercute na internet. Pouco depois, o narrador do Fox Sports, Marco de Vargas, também usou o microblog para provocar: “a partir de agora todos estão livres para pedir jogos do PPV no GNT, Multishow, Globonews, Telecine”, disse, referindo-se a canais da Globosat, que detém uma porcentagem nas ações da operadora.

Comenta-se que a Sky estaria dificultando a entrada do novo canal em seu line-up pois seria concorrência ao Sportv. Vale lembrar que o Fox Sports já tirou desta emissora competições importantes, como as copas Libertadores da América e Sulamericana.

O Fox Sports estreou no Brasil no último dia 5, porém pouca gente viu. Isso porque o sinal da emissora esportiva estava incluída apenas na NossaTV, de propriedade de R.R. Soares, e outras operadoras menores, regionais.

Porém, a partir da meia-noite desta terça-feira (14), o Fox Sports substituirá o sinal do Speed Chanel na OiTV, Telefônica, TVA, CTBC, RCA e afiliadas da Neo TV.

Na OiTV, o canal esportivo estará disponível pelo canal 520, na Telefônica e CTBC pelo canal 465, 50 da TVA e 54 pela RCA e afiliadas da Neo TV.

Já a NET diz que segue negociando com o canal e deve liberar o sinal “em breve”, enquanto a Sky não vinha se pronunciando até então, o que foi feito somente hoje através do Twitter.

Fox Sports fecha com TVA e estará disponível para assinantes nesta quarta-feira

Segundo o Portal UOL a Fox Sports anunciou nesta segunda-feira que fechou um contrato com a TVA. O canal estará disponível para assinantes da operadora de TV a cabo a partir desta quarta-feira. No mesmo dia, Santos e Flamengo jogam pela Libertadores sem transmissão na TV aberta.

A Fox Sports é o único canal de TV fechada que transmite a Libertadores. O canal também é detentor dos direitos de transmissão da Copa Sul-Americana, da Liga Italiana, do Campeonato Inglês e do Brasil Open de Tênis.

Apesar disso, a Fox não havia conseguido fechar contrato com operadores de TV a cabo para fazer parte da grade de canais. Por isso, muitos torcedores não puderam assistir aos primeiros jogos do torneio de futebol mais importante da América do Sul.

Com o acordo com a TVA, isso muda. Sky e NET, porém, que mantêm 70% dos clientes de TV a cabo do país, continuam sem oferecer o canal aos seus assinantes.

A Fox Sports, inclusive, iniciou uma campanha nas redes sociais para pressionar essas operadoras a incluí-la na grade. A companhia informa também que continua negociando com as operadoras para aumentar sua penetração no mercado nacional.

Fox Sports ‘reestreia’ na terça; operadoras não confirmam

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120211143738.jpg

A Fox Sports anunciou ontem já ter assinado contrato com Oi, TVA e Telefônica, além das associadas da NeoTV. Juntas, as empresas representam 13% dos quase 13 milhões de assinantes do país, de acordo com a Pay-TV Survey.

Avisou também que seu sinal estará disponível nessas operadoras a partir da próxima terça-feira. Chegou até a dizer os números dos canais.

Mas, até o final da tarde de ontem, as operadoras não confirmavam as informações da Fox. A TVA negou já ter assinado contrato.

Apostando no poder de sedução da marca Fox e da Libertadores, a Fox Sports entrou no ar domingo passado e já transmitiu três jogos de times brasileiros na Libertadores. Mas quase ninguém viu.

Segundo o noticiário especializado Tela Viva, o canal esteve presente em sua primeira semana de operação no Brasil apenas na operadora Nossa TV, alcançando cerca de 33 mil assinantes.

A Fox enfrenta barreiras protecionistas da Globo na Net e na Sky, que em setembro concentravam 68% dos assinantes do país. Nas outras operadoras (e também na Net e na Sky), o X da questão é financeiro. A Fox quer receber R$ 1,50 por assinante e estar nos pacotes básicos. Isso acarreta significativo aumento de custos para as operadoras, que sabem que os assinantes já pagam caro.

Informações do colunista Daniel Castro, do R7.

Fox Sports Brasil anuncia a expansão de seu sinal para outras operadoras

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120211143738.jpg

Depois de uma semana do seu lançamento e estando disponível apenas em poucas operadoras, o Fox Sports Brasil anunciou, através de comunicado na tarde desta sexta (10), a expansão de seu sinal para outras TVs por assinatura.

A partir da meia-noite de terça-feira (14), a emissora substituirá o sinal do Speed Chanel nas operadoras OiTV, Telefônica, TVA, CTBC, RCA e afiliadas da Neo TV.

Na OiTV, o canal esportivo estará disponível pelo canal 520, na Telefônica e CTBC pelo canal 465, 50 da TVA e 54 pela RCA e afiliadas da Neo TV.

A Via Embratel já faz testes internos para exibir o sinal do Fox Sports Brasil até o final deste mês. Já as duas principais operadoras de TV por assinatura no Brasil, NET e SKY, 

ainda não se pronunciaram oficialmente se irão disponibilizar o canal para os seus assinantes.

José Trajano, da ESPN Brasil, fala sobre a polêmica do Fox Sports

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120208134934.jpg

Segundo o NaTelinha na manhã desta quarta-feira (8), atendendo a pedidos dos telespectadores, o jornalista José Trajano, da ESPN Brasil, falou sobre a polêmica envolvendo a entrada do canal Fox Sports nas operadoras de TV por assinatura do Brasil. 

“Dá a sensação que esse negócio de ligue para a sua operadora, faça seu pedido… Pelo amor de Deus. A ESPN é da Disney, a SporTV é da Globo, o Fox é do Murdoch. É briga de cachorro grande, não é café pequeno”, disse ele, durante o programa “Pontapé Inicial”.

E completou: “Espero que todo mundo tenha oportunidade de ter concorrência, só não podemos podemos nos levar por essa espécie de sentimentalismo. O Fox é do Murdoch, gente, um dos caras mais ricos do mundo”.

Rupert Murdoch, de 80 anos, é fundador do grupo News Corporation, dono de jornais como “New York Post”, “Wall Street Journal”, “The Sun” e “The Times”, além de todos os braços da Fox (TV, cinema, música) e outros canais espalhados pelo mundo. É o segundo maior grupo de mídia do planeta, atrás apenas da Walt Disney Company.

“O Fox, como qualquer canal novo, está tentando negociar com as operadoras para entrar nos pacotes. Tem pacote básico, médio, os mais caros. Eu não sei qual é o deles, mas a gente sabe que tem diferença por trabalhar no meio. Cada vez tem mais operadoras, o negócio cresceu muito mesmo. Ela está tentando negociar com eles, e acho que está conseguindo”, finalizou José Trajano.

O Fox Sports estreou no Brasil no último domingo (5), porém pouca gente viu. Até o momento, apenas operadoras menores transmitem o sinal da nova emissora, como a Nossa TV, do missionário R.R. Soares; a TVN, empresa disponível no norte do Brasil; e a Cabotelecom, TV a cabo que funciona apenas em Natal-RN.

Operadoras como Via Embratel e OiTV já testam o canal, porém ainda não liberaram a seus assinantes. 

Já a NET diz que vai inserir a emissora em seu line-up “em breve”. A Sky não se pronunciou.

Enquanto isso, o Fox Sports decidiu atender ao apelo de torcedores e poderá exibir todos os jogos de brasileiros na Libertadores através do Speed Channel nesta semana. Ontem, já foi transmitida a partida envolvendo o Fluminense, do Rio. Hoje, devem passar o jogo do Vasco e amanhã o do Internacional.

Record News ataca a Globo

A Record atacou a Globo mais uma vez, dessa vez foi no canal de notícia “Record News” .
A emissora alegou que a Sky e a NET se negam a transmitir a Record News devido à ligação dessas duas com a TV Globo mesmo com os grandes esforços que o Grupo Record fez.
 
 Lembrando que a Globo era detentora de uma boa parcela dos direitos da Sky mas vendeu para DirecTV.  A globo atualmente tem ações da NET e exibe o canal “Record News”

Net e Globo podem fazer parceria

A Net, maior operadora de TV a cabo do país, tenta negociar os direitos de várias novelas já exibida pela Rede Globo para realizar um projeto inédito, onde o assinante pode comprar capítulos de determinada novela e ver quando quiser.

Também a Net quer realizar a parceria para produzir o aluguel das novelas em DVD como já foi feito com Irmãos Coragem e Dancin’ Days.

 De qualquer forma, se a Globo assinar o contrato de parceria, terá que pedir autorização dos atores e autores das novelas escolhidas devido aos direitos autorais. 

Nota escrita por Mathews Henrik, com informações de Daniel Castro.

Record pode entrar no line up da NET HD

As negociações estão avançadas e a qualquer momento pode entrar um novo canal HD no line up da NET, provedora de TV a cabo. A Record está com tudo pronto para liberar o sinal HD para os assinantes do pacote HDMax. Ela é o único canal aberto em alta definição, das grandes emissoras, que não tem sinal na NET.

Quando a operadora lançou o pacote HDMax, procurou a Record que fez birra e não aderiu. Depois, a Record viu a grande besteira que fez e voltou atrás. Aí, a direção da NET achou que o canal não tem muitas produções em alta definição e foi a vez dela dizer não. Agora parece que os executivos estão entrando em um acerto e a qualquer momento o canal pode estar ao lado do SBT, Globo, RedeTV! e Band que tem o sinal HD transmitido pela NET.

Esse ano a Record está gravando sua primeira novela em alta definição, além das minisséries em HD, séries e o “Hoje Em Dia” que está de mudança para o estúdio digital da rede paulista.

Fonte: Portal PS

NET abre sinal dos canais HBO e Nickelodeon

Em abril, a NET abre os sinais dos canais HBO e Nickelodeon para todos os clientes. A abertura do Nickelodeon ocorre entre os dias 05 e 13 de abril no canal 44. Os destaques da programação são as estreias de Isa TK+ e Fanboy & Chum Chum.

De 9 a 13 de abril, os clientes NET Digital e NET Digital HD podem conferir a programação completa dos canais HBO (71), HBO Plus (72), HBO 2 (73), HBO Family (74), Cinemax (75), Max Prime (76), HBO PLUSe (77), HBO FAMILYe (78), Cinemax 2 (79) e MAX PRIMEe (80). Nos dias 9, 10 e 11 de abril, das 18 horas à meia-noite, a programação da HBO (71) também estará disponível no canal 37.

O destaque é a estreia da minissérie The Pacific, no dia 11 de abril, às 22 horas. Com direção de Steven Spielberg e Tom Hanks, The Pacific conta a história de três fuzileiros navais nos EUA, durante a 2ª Guerra Mundial.

Dias Extras de Big Brother para Assinantes PPV

O Big Brother Brasil acabou ontem na TV aberta, mas não para o assinante pay-per-view.

O canal Big Brother Brasil em pay-per-view está com uma programação extra até a quinta-feira, dia 11, com os melhores momentos da décima edição e a trajetória de Marcelo Dourado até o prêmio inédito de R$ 1,5 milhão. Até o dia 5 de abril o sinal ficará aberto somente para os que assinaram o Big Brother Brasil em pay-per-view, mas entre os dias 06 e 11 de abril ele abre para toda a base de assinantes NET, SKY, Via Embratel, Telefônica e TVA.

Será a oportunidade de rever o clássico paredão entre Dourado x Morango, o começo dos romances de Michel e Tessália e Eli e Cacau, os shows de Eagle Eye Cherry e Akon e muito mais!

%d blogueiros gostam disto: