“Mesmo que eu perca o emprego, vou focar em outros concursos e posso advogar”, garante Francieli

Francieli, primeira eliminada do BBB 15 com 58% dos votos, falou ao Uol sobre o afastamento  temporário do TJ por “desatender aos deveres de lealdade e boa-fé previstos no Código de Ética da função”. “Mesmo que eu perca o emprego, vou focar em outros concursos e posso advogar”, garante.

No relato, uma juíza que atua no Fórum da Restinga, em Porto Alegre, onde Francieli trabalha como conciliadora criminal disse que a BBB pediu autorização para utilizar uma sala de audiência. Ela argumentou que utilizaria a sala para gravar uma entrevista para o programa ‘Encontro com Fátima Bernardes’ sobre o tema “concurseiros para delegado de polícia”. Porém, ainda segundo o relato, ela usou a sala para gravar um vídeo para o Big Brother Brasil.

%d blogueiros gostam disto: