Muita gente na Record ficou feliz ao saber da extinção do Tá na Tela

625_315_1407180277ta_na_tela_luiz_bacci

Muita gente na Record ficou feliz ao saber da extinção do Tá na Tela, programa apresentado por Luís Bacci na Band. A comemoração teve um motivo evidente: a tumultuada saída do jornalista do Balanço Geral.

Bacci deixou algumas sequelas no canal do bispo Edir Macedo. Saiu de maneira repentina, não deixou espaço para conversas e teria levado uma pessoa da Band para a sede da Record sem autorização. Muitos apostavam que o jornalista teria um troco rápido: seu programa não vingaria e ele ficaria à deriva. Não ficou. Em janeiro, passará a apresentar um matinal na Band e vai competir mais um vez com sua antiga emissora. Tomara que dê certo. Caso contrário, será a prova de que a praga da Record pegou…

Choro

Nos bastidores do “Tá na Tela”, o clima é de tristeza. Teve gente que enfrentou uma crise de choro antes de o programa ir ao ar nesta segunda-feira. Alguns profissionais deixaram a Record na esperança de ter uma vida melhor (leia-se, salário) na Band. Não deu certo. Boa parte da produção do programa de Bacci será reaproveitada, mas nunca é o suficiente.

Yahoo TV

 

Prévia: “RJ Record” (01/02)

A chuva que caiu no início da noite desta terça na capital carioca, aumentou o número de televisores ligados. E isso beneficiou bastante o “RJ Record”.

*O telejornal de Luiz Bacci, na noite de hoje, marcou excelentes índices de audiência. Em seu horário de exibição, obteve 8 pontos de média, picos de 10 e garantiu a vice isolada. Na faixa, SBT teve 6, Band, 3, e, a Globo, liderou com 28.

Informações do Forum Na Telinha

%d blogueiros gostam disto: