“Insensato Coração”: Wanda é a assassina de Norma; Cortez manda matar Léo

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20110819225133.jpg

Na noite desta sexta (19), foi ao ar o último capítulo de “Insensato Coração”, na Globo.

Entre os desfechos mais esperados, estava o de quem matou Norma Pimentel (Gloria Pires).

A ex-enfermeira morreu com três tiros no peito. Na sequência, que foi ao ar na última terça (16), Norma e Léo (Gabriel Braga Nunes) tiveram uma forte discussão após ela ter descoberto que estava sendo enganada mais uma vez. O vilão foge e de repente a viúva vê alguém entrando no escritório com uma arma apontada para ela. “Não faz uma besteira dessas”, implora em vão.

A arma dispara três vezes, acertando à queima-roupa a ex-detenta. Norma cai morta no chão.

Haviam 12 suspeitos pelo assassinato: Cortez (Herson Capri), Eunice (Deborah Evelyn), Fabíola (Roberta Rodrigues), Ismael (Juliano Cazarré), Jandira (Cristina Galvão), Léo (Gabriel Braga Nunes), Marina (Paola Oliveira), Raul (Antônio Fagundes), Sueli (Louise Cardoso), Tia Neném (Ana Lúcia Torre), Wagner (Eduardo Galvão) e Wanda (Natália do Vale).

Foram gravadas cinco cenas do desfecho, para evitar o vazamento à imprensa.

Na cena, exibida hoje, Marina dá um flagrante em Wanda, que pegou sua pulseira com Norma. A mãe de Léo nega saber da joia, porém, após insistência da executiva, Wanda acaba confessando que roubou a pulseira pra provar que Léo era inocente. Ela ainda diz a Marina que uma mãe faz qualquer coisa pelo filho.

Logo na sequência, aos gritos, Marina conclui que Wanda pegou a pulseira quando Norma já estava morta, o que queria dizer que foi a mãe de Léo a assassina de Wanda.

Na volta do intervalo, Wanda deu depoimento e contou que fingiu naturalidade quando recebeu visita de Norma sobre a pulseira.

Wanda conta que resolveu ir até a casa de Léo para alertá-lo, pois não queria vê-lo na cadeia de novo. Em um flashback, surge a cena de Norma dizendo que ia entregar o vilão. Sua mãe acompanha a discussão e, quando o filho foge pela janela, ela pega a arma no chão, diz que não vai deixar a viúva entregar Léo à polícia e a assassina. Na sequência, ela vai até o corpo e tira a pulseira de seu braço.

Léo morre na cadeia

Ao som de uma trilha pesada, Léo é levado para o último andar da penitenciária. Lá, outros presidiários seguram o vilão e o empurram: “otário”, diz um capanga. Léo cai no pátio da cadeia, morto.

O golpista foi assassinado a mando de Cortez (Herson Capri). O ex-milionário contou com a ajuda de Jandira (Cristina Galvão), que lhe deu um recado que Norma (Glória Pires) havia pedido que fosse dado caso algo acontecesse a ela.

No final da sequência, o ex-banqueiro surge dando um leve sorriso. Vinicius e Ismael também aparecem olhando o corpo de Léo no chão.

Demais desfechos

– Eunice (Deborah Evelyn) se tornou recepcionista de filha Leila (Bruna Linzmeyer) na Vilanova. A empresa foi comprada por Gilda (Helena
Fernandes), que disse que só permitiu a contratação da vilã por insistência de sua filha. Leila ainda se encontrou com Paula (Tainá Muller) e não perdeu a oportunidade de debochar de sua nova condição. A megera estava dando sopa aos pobres, medida aplicada pelo juiz por ter agredido Kleber (Cassio Gabus Mendes).

– Natalie (Deborah Secco) terminou a novela como deputada federal, uma das mais votadas do país. A loira teve sua carreira impulsionada após posar nua para a revista Fogo Alto. Natalie foi abordada por um político que sugeriu que ela se candidatasse. Ela também recebeu o perdão de Douglas (Ricardo Tozzi).

– Eduardo (Rodrigo Andrade) e Hugo (Marcos Damigo) conseguiram se casar no civil. Eles foram prestigiados por toda a família. De forma
surpreendente, Kleber (Cassio Gabus Mendes) apareceu e cumprimentou o filho pelo início da nova etapa de sua vida. O jornalista prometeu mudar e disse que estava tentando. Pouco tempo depois, ele e Hugo apareciam discutindo política em um almoço animado com Sueli (Louise Cardoso), Eduardo e outros vizinhos do Horto

– André (Lázaro Ramos) e Leila terminaram juntos e ao mesmo tempo separados. Os dois encontraram uma forma de relação sem compromisso. Em uma festa, André paquerava mulheres enquanto Leila apareceu para o designer avisando que iria sair com outro rapaz mas que ligaria para ele mais tarde.

– Raul (Antonio Fagundes) e Carol (Camila Pitanga) se casaram em uma cerimônia religiosa com familiares e amigos. No decorrer do casamento, Marina (Paola Oliveira) surpreendeu a todos afirmando que sua bolsa havia estourado.


Com informações do site NaTelinha

“Insensato”: Esquema de segurança é montado para gravação das últimas cenas

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20110817124229.jpg

Um grande esquema de segurança foi montado para evitar o vazamento das últimas cenas de “Insensato Coração”.

De acordo com o jornal Extra, na distribuição dos roteiros desta semana, constavam recados para o elenco: os atores que estiverem em determinadas sequências gravadas nesta quarta-feira, serão avisados e receberão o texto somente na terça-feira à noite.

O mesmo aconteceu com aqueles que gravarão cenas específicas na quinta-feira: só receberão na quarta-feira à noite.

Tudo para proteger as 13 cenas sigilosas que constam no último capítulo.

No último dia de gravação, na quinta-feira (18), estão listados apenas quatro cenários onde cenas importantes serão gravadas: casa de Norma, apartamento de Pedro, delegacia e casa de detenção. Tudo indica que neste dia acontecerá a gravação do flashback do assassinato da ex-enfermeira e seu desdobramento.

A maior aposta como assassino de Norma continua sendo Wanda (Natália do Vale).

Segundo o jornal, a mãe de Léo (Gabriel Braga Nunes) teria chegado à casa da nora para uma visita normal, no momento em que a ex-detenta e o vilão estavam no auge da discussão, e acabou ouvindo Norma dizer que ainda tem as provas dos crimes dele e que iria entregá-lo à polícia.

Quando Léo parte para cima da viúva na tentativa de pegar o revólver que ela apontava para ele, a arma acaba voando longe e caindo perto de Wanda. O golpista foge pela janela do escritório.

Neste momento, nervosa com a possibilidade do filho ir para a cadeia, ela se descontrola, aponta a arma para Norma e atira três vezes.

Além de Wanda, ainda há 11 suspeitos pelo crime. São eles: Cortez (Herson Capri), Eunice (Deborah Evelyn), Fabíola (Roberta Rodrigues), Ismael (Juliano Cazarré), Jandira (Cristina Galvão), Léo (Gabriel Braga Nunes), Marina (Paola Oliveira), Raul (Antônio Fagundes), Sueli (Louise Cardoso), Tia Neném (Ana Lúcia Torre) e Wagner (Eduardo Galvão).

Com informações do site NaTelinha

%d blogueiros gostam disto: