Foi um ano agitado pra gente no Jornal Nacional: Diz Bonner

238771.jpg

William Bonner recebe o Trofeu Mario Lago (Divulgação)

William Bonner se transformou no personagem do fim de ano do noticiário de entretenimento. Pelo simples fato de ter recebido o Troféu Mario Lago que é uma honraria do “Domingão do Faustão” para celebridades de relevância.

Além de ter sido alvo de um desabafo da filha de Mario Lago, Graça Lago – que não concordou com a premiação – ele também foi apontado como o responsável pela saída de Patrícia Poeta da bancada do “Jornal Nacional”.

Em conversa com a coluna, Bonner fez questão de contar – pela primeira vez – a versão dele para o episódio que, segundo ele, gerou especulações das mais divertidas e fortes que já leu na internet e nos jornais.

“Foi um ano agitado pra gente no Jornal Nacional. A transição da Patricia Poeta para a Renata Vasconcelos se deu da forma mais suave possível. Disso eu não posso me queixar. Houve muita especulação. Teve culpa minha. Teve culpa de diretor. Eu vi de tudo”, revela o editor chefe desse que é considerado o maior telejornal da tv brasileira, o “JN”.

Em tom de brincadeira, ele prossegue: “E a verdade testemunhada por esse cidadão, se é que eu ainda tenho alguma credibilidade, é que a Patricia Poeta decidiu fazer do Jornal Nacional um período profissional da vida dela importante. Ela queria uma Copa do Mundo, ela queria uma eleição, ela teve essa experiência e botou isso na carreira dela”, explica.

“Mas é fato! Aconteceu na carreira dela algo que eu vi acontecer dentro da minha casa com Fátima. Ela entendeu que a felicidade profissional dela não estaria mais ali. Deixar o Jornal Nacional não é um crime. A pessoa decidir que o Jornal Nacional já lhe entregou uma experiência impagável, qualquer pessoa que tenha passado por lá haverá de confirmar o que eu to dizendo, já tinha sido suficiente”, comparando o momento com o que aconteceu com a esposa,Fátima Bernardes, quando ela deixou o JN para estrear o “Encontro”, no entretenimento da Globo.

“E o que ela queria profissionalmente era desempenhar uma nova função no entretenimento tal e qual fez Fátima Bernardes. Quem teria o direito de barrar essa vontade dela?”, questiona.

Bonner foi muito mais além e citou os filhos no episódio. “A vida inteira eu repeti para os meus filhos, que estão com 17 anos, que eu não enxergo uma carreira bonita se não for pelo prazer de fazer o que está fazendo”, comenta.

“O sujeito que faz a coisa sem prazer algum não tem como desempenhar bem o que está fazendo!! E a Patricia saiu na hora em que ela sentiu que precisava sair. Ela é jovem, talentosa… colega querida de todo mundo. O Jornal Nacional caminha por si. Ninguém é mais importante que o JN. O JN é muito maior do que todos nós, maior do eu”, finaliza.

Prévia: Jornal Nacional (26/12)

JornalNacional-040511

:globo: 21,3

:record: 9,0

:sbt: 5,8

Pico de 25,1

Rosana Jatobá deixa a TV Globo após 11 anos

Rosana Jatobá não apresentará mais a previsão do tempo do 'JN'. Foto: Fábio Guinalz /AgNews

Rosana Jatobá não apresentará mais a previsão do tempo do ‘JN’

Rosana Jatobá, apresentadora do tempo do Jornal Nacional, está deixando a TV Globo após 11 anos na emissora, informou a emissora por meio de um comunicado. A decisão foi em comum acordo. Flávia Freire, que apresenta a previsão do tempo no Jornal Hoje e comanda o Radar SP, vai assumir o posto.

Michele Loretto comandará o mapa tempo do SPTV 1º edição e do Jornal Hoje. E Eliane Marques continua com a previsão do Globo Rural, do Bom Dia São Paulo e do Bom Dia Brasil. Glória Vanique passa a apresentar as edições diárias do Radar SP.

Segundo a coluna Zapping, do jornal Agora São Paulo, Rosana Jatobá estaria se sentido desprestigiada, já que acreditava que seria promovida a repórter especial do Fantástico, depois que Patrícia Poeta assumiu o cargo de Fátima Bernardes no JN. A Globo preferiu optar por Ana Paula Araújo para o posto.

O que está acontecendo com William Bonner?

jornalnacional O que está acontecendo com William Bonner???

Muita gente está se perguntando, principalmente dentro da própria Globo, o que estaria acontecendo com William Bonner.

Ele anda muito desatento no comando do Jornal Nacional.

Gafes são comuns, ainda mais em programas ao vivo. Muitas chegam a ser engraçadas. Mas tem gente começando a se preocupar na emissora.

Outro dia, quando chegou a vez de Bonner falar, Fátima Bernardes passou a bola e ele estava viajando, olhando o notebook. Pediu desculpas por não estar prestando atenção.

Na semana passada, ao chamar o link de Marcos Uchôa, que estava na Líbia, William Bonner disse: “Boa noite, a gente vê que você está usando um capacete….”.

Não, Marcos Uchôa não estava usando capacete. Será que Bonner confundiu a careca do repórter com um capacete? Fátima o corrigiu, ele fez o mesmo e até brincou com a situação.

Para os telespectadores chega a ser divertido, tira aquele ar engessado do Jornal Nacional, mas na Globo o povo não pensa assim…

Por Fabíola Reipert

Atores da Globo criticam “Jornal Nacional”

 

De nada adianta a Globo lançar manual de conduta com regras para o casting com relação ao uso de mídias sociais como Twitter e Facebook.

Na terça (23) à noite, alguns artistas da emissora questionaram e criticaram no Twitter o “Jornal Nacional”, por conta de uma reportagem sobre a construção da Usina de Belo Monte, na Bacia do Rio Xingu, em sua parte paraense.

A polêmica empreitada tem de um lado o argumento de ser uma das maiores obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal. Do outro, há uma longa discussão sobre o impacto ambiental da usina na região, cercada por comunidades indígenas.

A atriz Thaila Ayalla (foto), que fez “Ti Ti Ti”, atacou diretamente o “JN” no Twitter:

“É claro q a matéria sobre belo monte no @jntvglobobrasil deixou a desejar,maquiaram,omitiram e deram destaque nas coisas erradas”

Paulo Vilhena, de “Morde & Assopra” também questionou o motivo da demora do noticiário para falar sobre Belo Monte.

“Finalmente o absurdo chamado #belomonte comeca a receber atencao da midia!!hj no #jornalnacional”, postou o ator no Twitter.

Outros atores, como Fernanda Souza, concordaram com Vilhena na web.

Essas informações são da Coluna Outro Canal

JN às 20h30, teve crescimento de 19% no ibope

A Globo decidiu manter o Jornal Nacional às 20h30 mesmo com o fim do horário de verão, hoje à noite. A informação foi confirmada em nota oficial divulgada quinta-feira.

Desde 21 de dezembro, o JN tem entrado no ar 15 minutos mais tarde, às 20h30. Na época, a justificativa da emissora foi o início do verão, que estimula as pessoas a voltarem mais tarde para suas casas.

Os 15 minutos de atraso na grade da Globo, contudo, fizeram uma bela diferença na audiência do JN. De 21 de dezembro até a última quinta-feira, o telejornal marcou 32,9 pontos no Ibope da Grande São Paulo, contra 27,6 no mesmo período 12 meses antes (21 de dezembro de 2009 a 17 de fevereiro de 2010), quando ia ao ar das 20h15 às 20h55.

O crescimento foi de 19%. É claro que os bons resultados de Ti-ti-ti, a novela das sete, e os recordes dos últimos capítulos de Passione ajudaram o JN, mas a mexida de 15 minutos teve boa parte da responsabilidade pelo ganho de quase 5 pontos.

Das 20h30 às 21h10, o JN tirou audiência de todas as redes abertas. Mas seu maior ganho foi com o aumento do número de televisores ligados. De 21 de dezembro de 2009 a 17 de fevereiro de 2010, a média de TVs ligadas no horário do JN era de 56,6%. Na nova faixa, subiu para 59,3%.

JN apresenta matéria com autor de versões do tema do jornal na internet

JN apresenta matéria com autor de versões do tema do jornal na internet

William Bonner e Fátima Bernardes não esconderam o contentamento com o paulista que mora nos Estados Unidos e trabalha na construção civil, responsável por um boom entre os internautas: versões do tema do Jornal Nacional em vários ritmos e estilos diferentes.

Na matéria, o “vinheteiro”, como é chamado no YouTube, explica o boom desse vídeo com as versões que em menos de dez dias já tem mais de cem mil visualizações. “Ele até aprendeu um novo instrumento, uma sanfona para apresentar ao mundo como seria a abertura do Jornal Nacional no interior de Pernambuco”, descreve o repórter.

O JN ainda conversou com o maestro que modificou a música, “The Fuzz”, e a transformou no tema oficial do principal telejornal da emissora.

Ao final, o “vinheteiro”, apresentou uma versão da música do JN para “ninar”. “Gostou, Fátima?”, perguntou Bonner. “Gostei!”, respondeu Fátima. “Mas eu não sei se podemos usar aqui porque senão vai todo mundo dormir e não veem a novela!”, rebate Bonner seguido de um sorriso muito espontâneo de Fátima.

Veja a seguir o vídeo com as versões do tema do JN:

Com horário de verão, veja como fica a grade global

A partir do início da programação de 18 de outubro, a grade da Rede Globo sofrerá alterações em alguns estados, em função do início do horário de verão, que começa à zero hora do dia 17 de outubro.

Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Tocantins e a afiliada TV Grande Rio, localizada na região Petrolina, em Pernambuco, com cobertura de 22 municípios, por lei, não adotarão o novo horário, portanto terão a grade adiantada em uma hora em relação à -grade normal. O ‘Jornal Nacional’ será transmitido ao vivo, às 19h15. O telejornal local da manhã será exibido em horário diferente, após Bom Dia Brasil, às 6h15.

Em Pernambuco, nas áreas de cobertura da TV Globo Nordeste, que cobre 53 municípios, e na TV Asa Branca, que tem a cobertura de 108 municípios, a programação segue sem alteração até o ‘Praça TV 2ª edição’. Após esse horário, será exibido ao vivo o ‘JN’, às 19h15, em rede nacional, e logo em seguida a novela ‘Ti-ti-ti’, às 19h55.

Em Roraima, Acre, Amazonas e Rondônia, onde também não haverá horário de verão e a diferença de fuso será de duas horas, a grade será adiantada em uma hora. Nesses estados, de segunda a sábado, será exibido um programa local de 10 minutos entre o ‘JN’ e ‘Ti-ti-ti’, para ajustar a grade à classificação indicativa.

Nos demais estados, os horários na grade de programação não serão alterados.

Com informações do PLANETATV.

 

RAPIDINHAS O CANAL: JN consegue a melhor média do ANO.

Jornal Nacional_tb

Papo de agora
A Record ainda não tem o que colocar no lugar da Eliana nas tardes de domingo. É bem provável que, a partir da saída da apresentadora, um filme longa-metragem, passe a ocupar o seu lugar. Para todos os efeitos, no entanto, o “Tudo é Possível” ainda irá normalmente ao ar no próximo final de semana.

Seção Bastidores
Postado em 23/6/2009 – 12:07 por Flávio Ricco

Situação delicada
Até o final desta manhã, Gugu Liberato ainda não tinha recebido nenhuma notificação do SBT. A produção do “Domingo Legal” não sabe mais o que fazer. Nem imagina se o programa irá ao ar no próximo final de semana.

Seção Bastidores
Postado em 23/6/2009 – 12:06 por Flávio Ricco

Melhor do ano
O “Jornal Nacional”, na segunda-feira, teve a sua melhor audiência do ano.
Fechou com 37 de média.

%d blogueiros gostam disto: