Eliminados do ‘Ídolos’ entram com ação na justiça para evitar a exibição de cenas constragedoras

Programa Ídolos 2011

Após serem eliminados, três ex-participantes do Ídolos, da Record, procuraram a justiça a fim de proibir a exibição de imagens ‘contragedoras’. Alexandre Mirabelle Zago, Luisa de Sá e Benevides Rebuzzi e Gabriela Aguiar alegaram que existia violação “aos princípios gerais do Direito brasileiro, como a boa-fé e a dignidade humana”.

Porém, o recurso foi negado pelo desembargador Alexandre Freitas Câmara, da 2ª Câmara Cível do TJ-RJ. Segundo Freitas, os participantes assinaram um contrato com a emissora e estavam cientes das consequências que poderiam arcar com a exibição de suas imagens.

Em nota, a TV Record afirmou que todo inscrito assina um prévio contrato, onde se permite a exibição de sua imagem em qualquer circunstância.

Nota escrita por Rodolfo Carvalho com informações do site Jornal do Brasil.

Siga o nosso TWITTER

Ídolos, de novo!

O “grande” programa que revela “grandes” artistas recomeçou e o dilema também. Nenhum de seus vencedores se projetou no mercado, bem diferente do que acontece com as edições do reality fora do país. O objetivo do programa está cada vez mais perdido. Já a audiência não. Marcou primeiro lugar no Rio de Janeiro em seu programa de estreia. Tudo bem que foram exibidas as audições da Cidade Maravilhosa, mas isso ninguém precisa saber…

%d blogueiros gostam disto: