Fox Sports cobra mais caro das operadoras líder

Está em curso mais um round da briga entre a Fox Sports e as operadoras. O discurso do bloqueio de NET e SKY às negociações com um concorrente direto do Sportv é verdadeiro, porém a situação é um pouco mais complexa do que a divulgada até agora.

O grupo de Rupert Murdoch vem cobrando um valor mais barato das operadoras menores para colocar seu canal de esportes no ar. Descontos também estão sendo oferecidos para outros canais da Fox como FX, NatGeo, Speed e outros. Ou seja, a rigor, a Fox Sports está entrando de graça na Telefônica, Oi TV, GVT e outras.

Na hora de sentar na mesa com NET e SKY, a estratégia é outra. A conta dobra sem mais nem menos e a emissora joga para a plateia incentivando os assinantes a cobrar as operadoras.

Se o trio vai aceitar a pressão dos últimos dias, aí é outra conversa.

Compra da BandSports pela Fox não avança

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120220002349.jpg

 

Após uma negociação que estaria em estágio avançado e prestes a ser concretizada, a compra da BandSports pela Fox teria esfriado. 

Segundo a coluna Canal 1, os rumores cessaram e nos bastidores da Band haveria a ordem para que os trabalhos voltassem ao normal com as atenções voltadas para os eventos adquiridos, como o Brasil Open de Tênis. 
 
Ainda não se sabe se a tática faz parte da estratégia da Band e da Fox. Entretanto, independente de tudo, caso venha a ocorrer algum tipo de negócio entre ambas, o mesmo só deverá ser concretizado dentro de três ou quatro meses com respeito a determinados critérios.
 
Em tempo:
 
A BandSports e a Fox em momento algum oficializaram o interesse de venda e compra, mas nos bastidores a transação era dada como certa e irreversível. 
 
Rumores nos bastidores da Band sugeriram recentemente que a emissora teria desistido de vender a BandSports para a Fox por pressão da Globo. Temendo o fortalecimento da Fox Sports, o canal carioca teria ameaçado romper o milionário acordo que tem com a Band no segmento esportivo (o que inclui o Brasileirão, Libertadores e até mesmo a Copa do Mundo), provocando assim um baque no caixa da empresa.
Informações do site Natelinha.

José Trajano, da ESPN Brasil, fala sobre a polêmica do Fox Sports

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120208134934.jpg

Segundo o NaTelinha na manhã desta quarta-feira (8), atendendo a pedidos dos telespectadores, o jornalista José Trajano, da ESPN Brasil, falou sobre a polêmica envolvendo a entrada do canal Fox Sports nas operadoras de TV por assinatura do Brasil. 

“Dá a sensação que esse negócio de ligue para a sua operadora, faça seu pedido… Pelo amor de Deus. A ESPN é da Disney, a SporTV é da Globo, o Fox é do Murdoch. É briga de cachorro grande, não é café pequeno”, disse ele, durante o programa “Pontapé Inicial”.

E completou: “Espero que todo mundo tenha oportunidade de ter concorrência, só não podemos podemos nos levar por essa espécie de sentimentalismo. O Fox é do Murdoch, gente, um dos caras mais ricos do mundo”.

Rupert Murdoch, de 80 anos, é fundador do grupo News Corporation, dono de jornais como “New York Post”, “Wall Street Journal”, “The Sun” e “The Times”, além de todos os braços da Fox (TV, cinema, música) e outros canais espalhados pelo mundo. É o segundo maior grupo de mídia do planeta, atrás apenas da Walt Disney Company.

“O Fox, como qualquer canal novo, está tentando negociar com as operadoras para entrar nos pacotes. Tem pacote básico, médio, os mais caros. Eu não sei qual é o deles, mas a gente sabe que tem diferença por trabalhar no meio. Cada vez tem mais operadoras, o negócio cresceu muito mesmo. Ela está tentando negociar com eles, e acho que está conseguindo”, finalizou José Trajano.

O Fox Sports estreou no Brasil no último domingo (5), porém pouca gente viu. Até o momento, apenas operadoras menores transmitem o sinal da nova emissora, como a Nossa TV, do missionário R.R. Soares; a TVN, empresa disponível no norte do Brasil; e a Cabotelecom, TV a cabo que funciona apenas em Natal-RN.

Operadoras como Via Embratel e OiTV já testam o canal, porém ainda não liberaram a seus assinantes. 

Já a NET diz que vai inserir a emissora em seu line-up “em breve”. A Sky não se pronunciou.

Enquanto isso, o Fox Sports decidiu atender ao apelo de torcedores e poderá exibir todos os jogos de brasileiros na Libertadores através do Speed Channel nesta semana. Ontem, já foi transmitida a partida envolvendo o Fluminense, do Rio. Hoje, devem passar o jogo do Vasco e amanhã o do Internacional.

%d blogueiros gostam disto: