Cléo Pires não deverá mais processar a Playboy

Após polêmica do pôster em 3D, Cléo Pires deverá firmar acordo com a Playboy - Divulgação/Playboy

A atriz Cléo Pires não deverá mais processar a Editora Abril, pela publicação de imagens tridimensionais do ensaio da morena na edição que trouxe a modelo Larissa Riquelme na capa da Playboy. Na ocasião, os advogados de Cléo alegavam que o contrato firmado com a revista não previa a produção de pôsteres em 3D.

Entretanto, de acordo com o jornal Extra, os advogados da editora encontraram brechas no contrato firmado, que permitiriam a publicação das imagens tridimensionais. Para evitar novos desdobramentos, ambas as partes já sinalizam a firmação de um acordo como melhor solução para o caso.

Cléo Pires foi capa da Playboy em agosto, mês em que a publicação comemorou 35 anos no Brasil. A atriz, de 27 anos, foi fotografada por Bob Wolfenson e Jacques Dequeker no Rio de Janeiro. A edição com a morena foi a mais vendida do ano, com 464.764 exemplares comercializados.

Fotos de Cleo Pires na Playboy geram mal-estar na família

Divulgação/Playboy
O clima nos bastidores não é o mesmo do que a gente vê nos sites, revistas, entrevistas.
A família de Cleo Pires não viu com os bons olhos que ela quer deixar transparecer o ensaio que a atriz fez para a Playboy.

Fábio Jr., o pai, nunca vai admitir em público, mas pessoas próximas contam que ele ficou magoado com o fato de Cleo não ter contado que ia fazer as fotos.

Está certo que os dois são meio distantes, mas ele esperava que a filha fosse comentar o assunto.

Já Fiuk, o irmão por parte de pai, anda incomodado com as piadinhas dos amigos.

Ele até deu entrevista brincando com a situação, dizendo que não tem culpa de ter irmã gostosa, mas no fundo não está gostando nem um pouco das gracinhas que tem ouvido.

Gloria Pires, mãe da atriz, ficou na dela e preferiu não dar opinião sobre as fotos.

Por: Fabíola Reipert, colunista do R7
%d blogueiros gostam disto: