fatima

Fátima Bernardes relembrou, nesta quinta-feira (18), o procedimento de “chapinha japonesa”, que fez em agosto de 2002 – ocasião em que se tornou assunto nacional.

“Eu fui vítima de um alisamento desejado e que depois virou altamente indesejado. Eu queria ter aquilo e depois não queria mais, mas não tinha jeito”, disse no “Encontro”, da Globo.

A apresentadora contou que ficou com vergonha do período com madeixas lisas. “Eu me sentia de touca, não parecia meu cabelo. Ninguém merece [rever o cabelo]. É inesquecível para mim. Eu saía para levar as crianças na natação e tinha sempre alguém atrás de mim para fotografar aquela cabelo”, disse.

E contou como se livrou o visual: “Isso aconteceu em agosto de 2002. Não há o que fazer, eu fui cortando o cabelo para sair o procedimento”.