Prévia- Cidade Alerta (16/01)

cidade-alerta-logo

 

:globo: 16.4

:sbt: 6.3

:record: 5.4

:band: 4.6

7 de pico

 

Real Time-SP/ Globo liderança isolada

audic3aancia-da-tv

16h06

:globo: 12.1:sbt: 5.9:redetv: 1.9:band: 1.7:record: 1.5:cultura: 1.2:gazeta: 0.7

17h04

:globo: 15.0:sbt: 5.7:band: 4.7:record: 1.6

17h09

:globo: 15.5:sbt: 6.0:band: 4.0:record: 1.5

Rubén Aguirre professor “Girafales”, fala sobre livro; “Fiquei tentado apagar muitas linhas, porque são fortes

Rubén Aguirre, intérprete do professor Girafales no seriado ‘Chaves’, contou em entrevista ao jornal mexicano ‘Basta’, que começou a escrever o livro que vai lançar em breve de próprio punho em março de 2014 e terminou em novembro, pouco antes da morte de Roberto Bolaños, a quem dedicou o epílogo.

“Falarei de todos. Dos que se foram e dos que decidiram deixar o programa. Incluí as anedotas que contavam nas viagens, nas gravações. Coisas de cada um deles, tudo verídico”, disse à publicação.

Durante a entrevista, o ator ainda falou sobre a última conversa com Bolanõs: “Recordo que a última vez que conversamos. Foi ao telefone e disse: ‘Roberto, se existe alguma coisa que eu possa fazer por ti, diga-me’, questionou. Ele respondeu: ‘Você já está fazendo ao me ligar'”.

Rubén também falou que alguns trechos sobre María Antonieta de las Nieves, a Chiquinha, quase foram retirados da publicação. “Fiquei tentado apagar muitas linhas, porque são  fortes. Mas, ao final, deixei-as. Mas, por enquanto não posso contar mais sobre o texto”, explicou.

O objetivo de Rubén é dar argumentos para que os fãs tirem as próprias conclusões sobre a briga judicial envolvendo a atriz e Bolaños sobre os direitos da personagem: “Abordarei o tema dos ciúmes, as disputas entre os advogados… Agora prefiro não falar mais para que quem ler o livro, através do texto, conheça a verdade de tudo que se passou e tenha a própria opinião. Tudo vai estar no livro”, completou.

MARATONA SELVAGEM NO NATGEO

Sábado, dia 20, a partir das 19h

Às 19h – Leoa Solitária: Um chamado de caça ecoa pela planície de Liuwa. Não há resposta há anos. Ela não tem bando ou apoio e, deve sozinha, garantir sua sobrevivência. Seu nome é Lady Liuwa. Ela é a última leoa. Isolada por conta do flagelo da caça ilegal que exterminou os demais indivíduos de sua espécie na região, Lady Liuwa é a única residente conhecida na planície Liuwa, em Zâmbia. Durante quatro anos, o cinegrafista Herbert Brauer acompanhou sua vida solitária até que, cansada da solidão, ela buscou sua companhia. Mas Herbert sabe que ele não é a companhia que esta leoa solitária precisa: ela precisa estar entre os seus. Agora, em maio de 2009, há planos para a deslocação de um macho – uma esperança que seu isolamento termine. Pela primeira vez em mais de cinco anos, Lady Liuwa não será mais uma leoa solitária.

 

Às 20h – Selvas: Os momentos de impacto da natureza são colocados sob o microscópio para revelar a biomecânica que opera dentro do corpo dos animais e as habilidades que lhes permitem sobreviver em um mundo hostil. Normalmente, eles são muito rápidos, muito lentos ou estão muito escondidos para que possamos vê-los. Agora, com novas tecnologias de filmagem e animações de última geração, revelaremos como estes momentos inacreditáveis ocorrem – a história “interna” que revela a genialidade por trás do comportamento.  De formigas a aves de rapina, modernas câmeras de alta definição mergulham na água e voam através das árvores enquanto a animação penetra no pêlo, penas, pele e ossos para revelar a surpreendente ciência animal escondida no interior da floresta.

 

Às 21h – Savanas: Momentos de impacto incríveis de observar são flagrados, dissecados e analisados – predador contra presa, asa contra ar, veneno inoculado pelas presas, um rugido surgindo da garganta de um leão – na fração de segundo na qual as criaturas entram em contato com outras e o mundo ao seu redor. Leões atacam gnús, uma cascavel espreita sua presa, cupins defendem seu monte de três metros de altura, uma águia e um coelho usam suas táticas para superar um ao outro e um guepardo caça uma gazela. Sequências de grande impacto mostram os animais flagrados em um “momento congelado”. 

 

%d blogueiros gostam disto: