Polêmica desagrada produtora e Band pode perder o “CQC”

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20111011173543.jpg

O comentário de Rafinha Bastos sobre a cantora Wanessa no “CQC” segue dando problemas à Band.

Além de perder Rafinha Bastos, que pediu demissão, a emissora ainda pode ficar sem o formato inteiro. De acordo com a colunista Keila Jimenez, da “Folha de S.Paulo”, a polêmica interferiu na boa sintonia entre a Band e a produtora argentina Cuatro Cabezas, criadora do “Custe o que Custar”.

Apesar de ter autorizado o canal a suspender Rafinha, a Cuatro Cabezas não teria gostado nada da postura tomada, já que o formato é famoso justamente pela liberdade de expressão e seus polêmicos integrantes.

Com a confusão envolvendo o comediante, a permanência do “CQC” na grade da Band fica ameaçada. A emissora informa que possui exclusividade com a produtora até dezembro de 2015, mas os contratos individuais com os repórteres vencem no final deste ano. Segundo a colunista, Record e SBT estão de olho no portfólio da Cuatro Cabezas.

Atualmente, a Band exibe da produtora os programas “CQC”, “A Liga” e “Polícia 24h”, além de preparar a estreia do reality show “Mulheres Ricas” e já ter exibido “The Phone – A Missão” e “E24”.

Procurada, a emissora diz que a relação com a Cuatro Cabezas não foi abalada e que o contrato de alguns integrantes do “Custe o que Custar” foi renovado recentemente.

 
Com informações do NaTelinha

%d blogueiros gostam disto: