Marília Gabriela entrevista o prefeito de São Paulo Fernando Haddad neste domingo

Neste domingo, 17 de março, Marília Gabriela entrevista o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad. Paulistano e filho de libaneses, Haddad nasceu 50 anos atrás e também já foi ministro da educação. Hoje ele comanda o destino de quase 12 milhões de brasileiros e falará na entrevista sobre sua carreira, suas metas como governante e sobre as diversas questões que envolvem a administração da maior cidade do país.

Confira as melhores frases da entrevista:

• Tendo a achar que ali houveram alguns escorregões que aumentaram as penas para além do que seria de direito brasileiro. Por exemplo, uma pessoa que matou os pais ter uma pena bem menor do que uma pessoa envolvida nesse processo. (sobre o julgamento do mensalão)

• Meu filho é muito interessado em política.
• Penso que ter a política como profissão não é bom para ninguém. A pessoa tem que ter outra profissão.
• Sou extremamente disciplinado. Acordo às 4h ou 5h, porque durmo cedo.
• A saúde é um problema mais grave que o trânsito em São Paulo.
• Como ex-ministro gostaria que tivéssemos um senso de urgência maior em relação à educação.
• A grande falha (dos governantes) dos últimos anos foi não ter investido em transporte coletivo.
• Nós vamos implementar o bilhete único mensal no final do ano.
• Temos que nos comunicar melhor com a população. As pessoas não sabem como o sistema está sendo gerenciado.
• Nós vamos passar a cobrar a multa das calçadas e vamos usar esse dinheiro para poder consertá-las.
• O homem Lula que eu conheço não está refletido na figura que a mídia fez dele.

Eliana diz que recebeu cinco propostas para nu e achou “absurdo”

Imagem

A apresentadora Eliana, que fará 39 anos nesta quinta-feira (22), será homenageada com reportagem especial no “Conexão Repórter” (SBT) do mesmo dia.

Ela disse a Roberto Cabrini que recebeu cinco propostas para posar nua, inclusive quando trabalhava com crianças.

“Se eu acho conflitante? Eu acho um absurdo!”

A também empresária empreendedora, cantora e modelo falou que em um programa de televisão “vale tudo, desde que não tenha sensacionalismo, baixaria e mulheres nuas. O que é fácil, chama atenção, dá audiência, mas não te dá um caminho muito longo”.

Leia outras frases:

“O sucesso se faz com muitas horas de trabalho e um pouquinho de sorte. Foi assim na minha vida.”

“Rivalidade profissional eu acho fundamental para a gente que trabalha com televisão. Ter concorrência é positivo. Isso dá vontade de melhorar e fazer mais.”

“Tenho humildade porque sei muito bem de onde eu vim e dou valor demais às minhas conquistas.”

“Na infância, o dia que mais me marcou foi quando ouvi o pai de uma criança com quem eu brincava, dizendo em uma discussão: “Eu não quero a filha do zelador aqui!”. Eu nunca esqueci isso.”

“Ter tirado meus pais da casa de zelador e, hoje, todos nós morarmos em uma casa decente, com uma excelente estrutura, mexe muito comigo. É uma vitória, é o tamanho da minha trajetória.”

“A chegada do Arthur [seu filho] mudou tudo em minha vida. O que eu posso dar para ele, que os meus pais me ensinaram, é atenção e amor. O material, essas coisas, ele vai saber que ele tem. Mas principalmente nos primeiros anos de vida, ele vai precisar de atenção e amor, assim como toda criança.”

“Um vira-lata tirou o meu pão e dei uma mordida nele”, diz Emicida da época em que passou fome

Roberto Cabrini entrevista o rapper Emicida no "Conexão Repórter" (15/3/12)

Roberto Cabrini entrevista o rapper Emicida no “Conexão Repórter” (15/3/12)

No “Conexão Repórter” desta quinta-feira (15), Roberto Cabrini acompanha os passos do rapper Emicida, que ganhou fama por derrotar a maioria de seus adversários nas batalhas de rima e revela a outra face de Leandro de Oliveira, o homem atrás do artista. De volta aos becos e vielas do bairro pobre onde nasceu, o Jardim Fontalis, Emicida relembra a infância de menino pobre. “Eu mordi um cachorro. Não tinha nada para comer. Comia pão com açúcar. Aí, um vira-lata tirou o meu pão e eu, na raiva, dei uma mordida nele”, lembra o rapper.

Emicida revela a Cabrini que a grande verdade da rua é a mistura de um universo de amor e dor juntos. “É o céu e o inferno no mesmo lugar, na frente da sua casa”, define ele, contando que por ter nascido e crescido na periferia, optou por olhar as coisas sob uma perspectiva positiva. “Até quando eu sofri, eu tirei disso um aprendizado”, garante.

O rapper afirma achar inadmissível que um país com tanta riqueza como o Brasil não consiga colocar o povo em um lugar melhor. “Acho que o meu papel e o de todos os brasileiros é lutar por um lugar em que o povo seja visto como uma prioridade bem maior do que é hoje”, afirma ele, opinando por que o país está assim. “Os canalhas estão em Brasília desviando dinheiro, desviando recurso. É a polícia que não respeita o cidadão, que agride um cidadão na rua, que abusa do poder. São as próprias pessoas que desacreditam do povo”, diz.

CONEXÃO REPÓRTER
Quinta-feira (15), à meia-noite

Gabi entrevista Glória Kalil no SBT

No “De Frente Com Gabi” desta madrugada de quarta (07/03) para quinta-feira (08/03), à 0h15, no SBT, Marília Gabriela recebe a consultoras de moda, Glória Kalil. Conhecida por publicar vários livros, Glória falará no programa sobre sua história, sua carreira de sucesso e sobre suas opiniões acerca de algumas questões que rondam o mundo da moda. “Antes as meninas queriam crescer logo para se vestir igual à mãe. Hoje são as mães que se vestem iguais às filhas”, diz a entrevista durante o bate-papo com a jornalista.

Para revista, Rafa diz não se arrepender do que fez no ‘BBB 12’

Carioca negou ter arrependimentos. Foto: Tomás Rangel/Divulgação

Carioca negou ter arrependimentos

Em entrevista para a revista Quem Acontece, que chega às bancas nesta quarta-feira (7), Rafael Oliveira, participante eliminado do BBB 12com um dos mais altos índices de rejeição na história do programa, disse não se arrepender de nada que fez dentro da casa.

“Se eu fizesse algo diferente, não teria sido eu. Sou muito intenso e posso ter errado em algumas coisas, falado algumas palavras de um jeito forte, sido rude”, explicou ele. No entanto, segundo o arquiteto, o jeito explosivo é apenas fachada.

“Sou só meio durão no jeito de ser, mas quem me conhece sabe que é uma capa. Sou mole igual manteiga”, complementou o carioca. Sobre seu envolvimento com Renata, o ex-BBB afirmou que não fez sexo com ela durante o programa: “nós nos abraçamos, namoramos, tivemos um momento mais íntimo, mas não transamos”.

Questionado sobre a polêmica envolvendo a eliminação do ex-participante Daniel, que é investigado por suspeita de estupro de vulnerável contra a participante Monique, Rafa disse que soube detalhes da história apenas após sair do reality show. “Dentro da casa, o que nós soubemos é que ele foi eliminado e mais nada”.

Rodrigo Faro entrevistará Jennifer Lopez no Carnaval do Rio

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120214163942.jpg

 

A cantora Jennifer Lopez desembarca no Brasil no próximo domingo (19), quando será o principal destaque do camarote de uma cervejaria durante o Carnaval do Rio.

Entretanto, ela não veio ao país apenas para isso. Ela será entrevistada de maneira exclusiva por Rodrigo Faro para “O Melhor do Brasil”, da Record. E mais: a estrela terá um quadro fixo no programa a partir de março.

O apresentador revelou que já está ansioso para conhecê-la. “A intenção é de que ela realmente conheça a Record”, disse Rodrigo ao site GenteIG. 

“A primeira aparição dela já vai ao ar logo após o carnaval, mas o quadro fixo dela começa em março”, revelou.

Nos Estados Unidos, Jennifer Lopez comanda o reality show de dança “Q’Viva! The Chosen” ao lado de seu ex-marido Marc Anthony, e no programa brasileiro pretende encontrar um dançarino latino.

Antes, Rodrigo Faro gravará com ela durante o Carnaval, no camarote na Sapucaí. “Vamos gravar a entrevista exclusiva no camarote do carnaval carioca e o reality dela vai ter uns 40 dias de participação”, comentou.

O apresentador julga importante a participação de J.Lo em “O Melhor do Brasil”: “é muito legal gravar essa participação com ela. É uma parceria superimportante para a gente”.

Ex-brother Daniel aceita convite para se defender no programa de Fausto Silva

R7

De acordo com o Portal R7 durante a tarde deste domingo (5), Daniel Echaniz, expulso do Big Brother Brasil 12 sob a acusação de ter estuprado a sister Monique Amin, foi surpreendido com um convite do apresentador Fausto Silva para participar de seu programa e dar sua versão sobre o caso.

Apesar da reação negativa de Boninho, que ficou visivelmente irritado pela intromissão de Faustão, Daniel foi bem receptivo ao convite feito ao vivo e em rede nacional.

Segundo a assessoria do modelo, o único participante brasileiro a ser expulso do reality, o carioca espera apenas a liberação de seus advogados para se pronunciar oficialmente sobre o escândalo no programa global.

“Faço parte dessa legião de admiradores do Silvio Santos”, diz Boni no De Frente Com Gabi

(Crédito: Carol Soares/SBT)

No “De Frente Com Gabi” deste domingo, 18 de dezembro, Marília Gabriela entrevista José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, mais conhecido como Boni. Um dos homens mais influentes da televisão brasileira, ele vem ao programa para falar sobre sua carreira e sobre o livro que escreveu, aos 76 anos, para revelar ao público detalhes de sua vida e trajetória na TV.

Boni chegou a se emocionar ao lembrar de um episódio que viveu junto com Tarcísio Meira, na época da novela “Irmãos Coragem”. Ambos estavam em uma embarcação, na Bahia, quando vários outros barcos vizinhos chegaram junto deles e começaram, em um enorme coral, a cantar a música tema da novela.

Reynaldo Gianecchini revela que fez cirurgia espiritual

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20111120210450.jpg

Neste domingo (20), o “Fantástico” exibiu uma entrevista com o ator Reynaldo Gianecchini, que falou sobre a luta contra o câncer e confessou que desde o começo do tratamento, se sente curado.

“Me sinto assim desde o primeiro dia. Não jogo com a possibilidade de perder, porque acredito muito na força da vida”, disse para Patrícia Poeta.
Giane afirmou que fez mesmo uma cirurgia espiritual e que não sentiu nenhuma efeito especial: “Fisicamente, eu não senti nada. Eu sinto muita força de uma energia muito boa, de uma corrente boa de amor, isso eu sinto o tempo todo”, disse o ator.
Ao raspar o cabelo já nas primeiras sessões da quimioterapia, Reynaldo afirmou que lembrou durante todo a tempo da cena de Carolina Dieckmann na novela “Laços de Família”, quando ela lutava contra a leucemia. “Era muito maluco, eu só pensava nisso. Na ficção eu chorava e na vida real eu me sentia guerreiro”, confessou.
Reynaldo está se preparando para realizar um transplante. No procedimento, são colhidas células-tronco do próprio paciente, que as recebe depois por meio de uma transfusão de sangue para que regenerem a medula.
Patricia Poeta perguntou qual vai ser a primeira coisa que ele quer fazer após passar pelo transplante e tiver vencido a luta contra o câncer: “Eu não tinha pensado nisso. Me veio na mente entrar no mar. Eu tenho uma relação louca com o mar. Gosto muito e sinto falta”, respondeu.
Ao encerrar a entrevista, Reynaldo Gianecchini, visivelmente emocionado, agradeceu o carinho de todas as pessoas: “Eu não tenho palavras para descrever e nem para agradecer todo esse carinho, todo esse amor. Eu espero um dia poder retribuir tudo isso”.

Jô Soares será entrevistado em seu próprio programa

Jô Soares será o entrevistado do "Programa do Jô"

O apresentador Jô Soares, 73, mudará de lado na bancada de seu programa nesta terça-feira. A cadeira de entrevistador do “Programa do Jô” será ocupada por Pedro Bial.

O dono da atração será entrevistado pelo jornalista para falar sobre o seu novo livro, “As Esganadas”.

Com informações da coluna Outro Canal

Xuxa entrevista Justin Bieber e Rodrigo Sant’anna

 

O ‘TV Xuxa’ deste sábado, dia 8, comemora o Dia das Crianças num programa especial dedicado aos baixinhos. Realizando o desejo de milhares de fãs brasileiros, a apresentadora entrevista o astro pop Justin Bieber. O cantor, que está em turnê pelo país, conta a Xuxa como equilibra sua vida entre família e carreira e revela o que achou das suas admiradoras brasileiras. No ‘Papo X’, Rodrigo Sant’anna comenta o sucesso da personagem Valéria, que interpreta no ‘Zorra Total’, e simula um quadro ‘Metro Zorra Brasil’ em que contracena com a apresentadora, que assume o papel de Janete – vivido originalmente pela atriz Thalita Carauta.

A participação infantil também está garantida na gincana em que Klara Castanho e sua mãe disputam com o ator André Gonçalves e seu filho. O número musical fica por conta do convidado Padre Fabio de Melo e do Coral das Crianças da Fundação Xuxa Meneghel.

‘TV Xuxa’ tem direção de núcleo de Roberto Talma, direção geral de Mariozinho Vaz e direção de Ivana Braga e Andrezza Cruz

Com informações do site Rede Globo

Xuxa entrevista Ricky Martin neste sábado (03/09)

Xuxa foi a São Paulo entrevistar  Ricky Martin, que aproveitou um intervalo de sua turnê no Brasil para conversar com a apresentadora. O cantor falou sobre seu envolvimento com trabalhos sociais e sua história de amor pelo povo brasileiro. A entrevista vai ao ar no programa deste sábado!

Patricia Abravanel entrevista o sobrinho no programa “Eliana”

Tiago e Patricia Abravanel no programa "Eliana"

O programa “Eliana” está com novos apresentadores por conta da licença maternidade da titular, Eliana Michaelichen, 37.

No próximo domingo, Patricia Abravanel, Afonso Nigro e Raul Gil assumem o comando da atração, que comemora dois anos.

Patricia vai entrevistar o sobrinho, Tiago Abravanel, em cartaz com a peça “Tim Maia – Vale Tudo, o Musical”, que conta a vida do cantor Tim Maia, no Rio. Segundo a produção do programa será a primeira aparição de Tiago caracterizado como Tim na televisão.

O neto de Silvio Santos está sendo muito elogiado por sua performance no papel do cantor.

Essas informações são da Folha.com

Entrevista Exclusiva com o repórter e apresentador Ogg Ibrahim

Ogg Ibrahim atualmente é repórter e apresentador da  Rede Record, começou sua carreira na TV Moreno onde teve diversos cargos, tem cerca de 23 anos de carreira no jornalismo.

O Canal TV: Ogg você tem cerca de 23 anos trabalhando com jornalismo, conte-nos como tudo começou, Você sempre sonhou em ser jornalista?

Ogg Ibrahim: Na verdade não! Eu sonhava em ser arquiteto. Cheguei até a cursar mas tempos depois desisti. Quando descobri a TV vi qual era minha verdadeira vocação.

O Canal TV: Você começou a sua carreira na TV Morena, afiliada da Rede Globo no Mato Grosso do Sul, como conseguiu essa primeira oportunidade?

Ogg Ibrahim: Foi um convite de uma amiga, a jornalista Carmen Cestari, que me chamou pra fazer um teste na apresentação de um novo telejornal. Dali pra frente busquei aprender tudo sobre a área. Fui editor, editor chefe, chefe de reportagem, chefe de pauta e também fazia reportagens.

O Canal TV: Ainda sobre a TV Morena, você trabalhou lá durante 17 anos como apresentador e editor-chefe de telejornais adquirindo bastante experiência no ramo jornalístico, o que significou para a sua carreira trabalhar na TV Morena?

Ogg Ibrahim: Foi tudo, onde aprendi o que sei hoje. Na época era uma emissora pequena, sem muita estrutura. Voce tinha que assoviar e chupar cana ao mesmo tempo. Foi uma escola muito importante pro meu aprendizado.

O Canal TV: Em 2003, você saiu da TV Morena para montar sua produtora e lá produziu diversos tipos de programas, dentre eles o Auto News exibido pela afiliada do SBT no Mato Grosso do Sul, a TV Campo Grande, e também produziu diversos documentários, vídeos institucionais, políticos, educacionais e empresariais. Como você analisa essa fase em sua vida?

Hoje Ogg Ibrahim é um dos principais repórteres do Jornal da Record.

Ogg Ibrahim: Foi um trabalho paralelo às minhas atividades na TV que também ajudou a construir minha carreira. Até hoje faço muita coisa assim. Isso te dá jogo de cintura, te ensina a lidar melhor com a câmera e a bancada. Te dá mais flexibilidade e naturalidade.

O Canal TV: Em abril de 2006 foi convidado a trabalhar na Record Florianópolis como editor-chefe do Balanço Geral, Como foi pra você ter voltado a Televisão?

Ogg Ibrahim: Foi maravilhoso. Eu vivia uma fase meio complicada da vida. Tinha feito mal investimentos e precisava de algo novo pra recomeçar. Ir pra Florianópolis foi meu recomeço de vida e meu degrau para chegar onde cheguei hoje.

O Canal TV: Oito meses após entrar na Record, você virou repórter nacional da Record em Florianópolis, levando para a rede os principais fatos do estado de Santa Catarina. Como foi pra você receber essa chance da Record?

Ogg Ibrahim: Isso é o que sonha todo repórter, um dia estar numa rede nacional. Ter voltado pra São Paulo então, estar junto a estrelas do jornalismo que sempre respeitei e admirei foi a realização de um sonho.

O Canal TV: Em fevereiro de 2009 você foi transferido para a sede da TV Record em São Paulo e continuou trabalhando como repórter. Como você vê essa transição na sua vida?

Ogg Ibrahim também já fez reportagens para o extinto Repórter Record

Ogg Ibrahim: Acho que alcancei isso com perseverança, dedicação ao meu trabalho. Quando estava em Florianópolis não media esforços pra fazer sempre o melhor, buscar bons assuntos, atender aos pedidos da rede sempre. A cobertura da enchente em SC em 2008 foi o marco dessa mudança. Estar onde estou hoje posso considerar um prêmio por tudo que batalhei na profissão.

O Canal TV: Você é apresentador eventual do Jornal da Record e do programa Câmera Record na folga dos apresentadores oficiais. Como é pra você substituir grandes nomes do jornalismo brasileiro como Marcos Hummel e Celso Freitas?

Ogg Ibrahim: É um presente e tanto. Sempre admirei o Celso e o Hummel e me espelhava neles quando comecei na carreira. Poder substitui-los é uma sensação inigualável. Te-los como amigos então, é super gratificante.

O Canal TV: Você tem mais de 22 anos de experiência no jornalismo, e já deve ter visto muita coisa. Qual foi a reportagem que você fez que mais te marcou?

Para Ogg, a cobertura das enchentes em Santa Catarina em 2008, foi o que mais marcou sua carreira.

Ogg Ibrahim: Com certeza a cobertura da tragédia em Santa Catarina em 2008. Estive em lugares destruídos por deslizamentos de terra, conversei com familias que perderam tudo inclusive filhos, pais, mães, esposas… presenciei a dor de muita gente e muitas vezes chorava no hotel depois de acompanhar todo esse drama. Não foi um trabalho fácil.

O Canal TV: Foi aprovada uma lei dizendo que para ser jornalista não é mais necessário o diploma.Pra você quais são os pontos positivos e negativos dessa lei?

Ogg Ibrahim: Acho o diploma importante mas não é o essencial numa carreira de jornalismo. O que a gente faz hoje, se aprende muito mais na vivência do trabalho do que na faculdade. Mas é importante conhecer ética, regras e conceitos de comunicação. Eu acabei fazendo comunicação muitos anos depois de entrar na carreira mas já tinha uma boa base. O diploma serve para evitar que oportunistas façam o que bem entender de uma profissão tão bonita.

O Canal TV: Que conselho você dá aos estudantes de jornalismo?

Ogg Ibrahim: Sempre estar atentos a tudo. Jornalismo não se faz com base em releases e nem lendo notícias na internet. A boa pauta acontece à nossa volta, por isso é bom sempre estar de olhos bem abertos. E leiam bastante, qualquer coisa.

Ogg Ibrahim no ano passado foi mediador do debte entre os governadores do Ceará

O Canal TV: O que é ser jornalista pra você?

Ogg Ibrahim: É poder contribuir com uma sociedade mais justa. Nosso papel nada mais é do que apontar o que está errado na esperança de que se conserte isso. Infelizmente, em alguns casos, nosso trabalho é em vão.

O Canal TV: O Canal TV agradece sua entrevista, agora deixe uma mensagem aos leitores do CTV.

Ogg Ibrahim: minha mensagem é que, em qualquer profissão que se esteja, em qualquer área, o importante é ter humildade e tratar as pessoas à sua volta como iguais a você, sem discriminação. Aprendi que a simplicidade é o sentimento que mais faz a vida acontecer. E as vezes recomendo o que tenho como filosofia de vida: “Eu prefiro ser feliz do que ter razão!”. Obrigado pela oportunidade. Forte abraço a todos.

Entrevistador e Editor: João Gabriel Alvarenga de Souza

EXCLUSIVO O CANAL TV! 



O CANAL TV

Daqui a Pouco: Entrevista Exclusiva com o Apresentador e Repórter da Record, Ogg Ibrahim

Daqui a pouco no O Canal TV, às 15h00, tem uma entrevista exclusiva com o repórter e apresentador da Record, Ogg Ibrahim.

Ogg é repórter e apresentador eventual do Jornal da Record, e contou tudo sobre sua vida pessoal, carreira, jornalismo, matérias, etc. 

Não percam hoje às 15h00 no “CTV Entrevista”.

Por: João Gabriel

Zeca Camargo entrevista Lady Gaga para o “Fantástico”

Zeca Camargo entrevista Lady Gaga em Miami (abril/2011)

Zeca Camargo entrevista Lady Gaga em Miami (abril/2011)

Na semana passada, Zeca Camargo aproveitou um show de Lady Gaga em Miami, nos Estados Unidos, para gravar uma entrevista com a cantora americana para o “Fantástico”. O jornalista postou uma foto do encontro com Gaga em seu blog oficial.

A entrevista com a pop star está prevista para ir ao ar no dia 1º de maio no jornalístico da Globo.

No último domingo (17), foi ao ar a entrevista que Zeca Camargo fez com a cantora americana Miley Cirus. A jovem também é conhecida por protagonizar a série “Hannah Montana”, do Disney Channel.

Com informações do Portal UOL

Neymar é o entrevistado de Kennedy Alencar no “É Notícia” da RedeTV!

O jogador Neymar é o entrevistado de Kennedy Alencar no É Notícia deste domingo (2011)

O jogador Neymar, atacante do Santos, participa do “É Notícia” deste domingo (17), na RedeTV!. Em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar, o rapaz fala sobre família, vida e os episódios polêmicos que protagonizou. “O chapéu é um recurso para quando o jogador está em dificuldade. Na hora que está apertado, você tem que achar uma saída”, conta Neymar sobre lance que deixa os jogadores adversários “irritados”.

Sobre as propostas de clubes europeus e a decisão de permanecer no Santos, –Neymar recusou uma proposta para ir para o Chelsea, da Inglaterra, em agosto de 2010–, o jogador diz que foi “a decisão mais difícil [de sua vida]”, porém, “a mais correta”. “O Santos conseguiu me segurar aqui e eu queria mesmo ficar. Foi a decisão mais difícil da minha vida, mas foi a decisão correta”.

Quando questionado sobre o fato de não ter sido convocado para a Copa do Mundo de 2010, pelo técnico Dunga, Neymar diz que ficou “um pouco chateado, pois tinha esperanças de ir”. No entanto, o jogador não criticou a escalação do ex-técnico e declara que ele chamou “os melhores” na ocasião.

Neymar também fala a Kennedy sobre a chegada do técnico Muricy Ramalho ao Santos, o assédio da imprensa, a legalização da maconha e sobre a presença de jogadores em festas e sexo antes do casamento. Quanto ao episódio de racismo em um jogo amistoso do Brasil contra a Escócia, em março deste ano, quando torcedores jogaram uma banana em direção ao jogador, Neymar diz que “foi um fato isolado” e que não quer “lembrar mais” disso.

Essas informações são do site Uol Televisão.

Marília Gabriela entrevista autor de “Amor e Revolução” no “De Frente com Gabi”

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20110402184952.jpg
O “De Frente Com Gabi” deste domingo (3), recebe Tiago Santiago, autor da novela “Amor e Revolução”. À apresentadora, o novelista fala sobre a nova trama do SBT, sobre a ditadura e sobre sua carreira.

Tiago Santiago contou a Marília Gabriela que o tema de “Amor e Revolução” é uma ideia que ele tinha há muitos anos. “Em 1995, eu era autor da Globo e propus o tema, mas a emissora não aprovou. É um plano antigo”, contou.

Em outro ponto da entrevista, o autor deixou claro: “Todos os personagens são ficcionais. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência. E haverá muitas coincidências”.

Tiago Santiago também disse que no SBT ele tenha ampla liberdade criativa. E opinou: “Uma novela dessa só poderia passar depois das 22h”.

O “De Frente com Gabi” vai ao ar a partir da meia-noite.

Com informações do site NaTelinha

Globo News exibe entrevista com um dos filhos de Osama Bin Laden

Neste sábado (2), a Globo News exibe entrevista exclusiva do repórter português Henrique Cymerman com Omar, filho do terrorista Osama Bin Laden.

A entrevista abre a cobertura especial da Globo News dos dez anos dos atentados terroristas que chocaram o mundo após a queda das Torres Gêmeas do World Trade Center, em Nova York, em 2001.

No “Globo News Documento”, o telespectador conhece a história de vida e o que pensa Omar Osama Bin Laden, um dos filhos do homem mais procurado do mundo. No encontro, que aconteceu em um hotel no Qatar, Omar conta como é sua relação com o pai e reflete sobre terrorismo e violência.

Ele diz que chegou a ser procurado pela Casa Branca para dar informações sobre o paradeiro do terrorista. Ao ser perguntado pelo repórter se consegue amar o pai, Omar diz que sim, apesar de não estar de acordo com as ideias e atos dele. “Claro que o amo. As pessoas amam seus pais mesmo se têm ideias diferentes. É tudo o que posso dizer”, diz Omar.

A entrevista do repórter Henrique Cymerman com Omar, um dos filhos do terrorista Osama Bin Laden, vai ao ar no programa “Globo News Documento” deste sábado (2), a partir das 21h05, com reprise no domingo (3), às 20h05.

Com informações do NaTelinha

Sem sofá: Hebe entrevista Xuxa no meio da muvuca

 

Xuxa, Hebe e a dupla Victor e Leo (Orlando Oliveira/AgNews)

Xuxa fez um leilão beneficente de peças de seu figurino em prol do Hospital do Câncer de Barretos.

Hebe Camargo, uma das convidadas, não perdeu a oportunidade de entrevistar Xuxa para o seu programa na Rede TV!.

Como vários convidados se negam a sentar no sofá de Hebe, porque não gostam da Rede TV! ou já tiveram problemas com a emissora, a apresentadora é obrigada a se deslocar e ir atrás dos famosos.

Quem viu Hebe com o microfone na mão para falar com Xuxa disse que ela estava no meio da muvuca de repórteres e fotógrafos, como uma simples mortal.

Com informações do blog da jornalista Fabíola Reipert.

%d blogueiros gostam disto: