‘BBB 12’: eliminado, Rafa diz que não quer ver ex nunca mais

O carioca foi eliminado com 92% dos votos. Foto: TV Globo/Divulgação

O carioca foi eliminado com 92% dos votos

Em conversa com a coluna Olá, do jornalAgora São Paulo, Rafa, eliminado da última semana, afirmou que não quer mais ver a ex-namorada, Camila Pastorini, já que acha muito feio ela ter falado mal dele. O ex-BBB ficou com Renata dentro da casa, sendo que deixou um amor fora do reality, fato que considera decisivo para sua saída, com 92% dos votos. O carioca competia com Yuri.

Antes do Paredão, Camila chegou a fazer uma campanha nas redes sociais para que o ex-namorado fosse eliminado do programa e até vestiu uma roupa de gala para vê-lo sair. Sobre as ameaças de processo proferidas pela mãe da ex, disse que não guarda mágoa, já que Sônia Souza apenas “virou onça para defendê-la”.

‘BBB 12’: Rafa é eliminado com 92% dos votos

Rafa

O projetista de iluminação Rafa foi o sétimo eliminado do BBB 12. Ele recebeu 92% dos votos, contra 8% de Yuri, e deixou a casa na noite desta terça-feira (28).

Relembre a trajetória dele
Carioca, Rafa tem 35 anos, é formado em arquitetura e trabalha como projetista de iluminação. Já morou em vários lugares do Brasil, como Distrito Federal, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, sempre seguindo o pai.

Rafa foi casado duas vezes e tem um filho de nove anos da primeira união. O carioca confessou aos brothers da casa que não tem muita proximidade com o filho e deseja se aproximar assim que sair do Big Brother Brasil.

A trajetória do carioca dentro da casa foi bastante ativa. Rafa foi considerado o maior jogador do BBB 12 pelos brothers, tanto aqueles que estão na casa quanto os que foram eliminados. Assim que entrou no programa, Rafa logo se identificou com Renata, Ronaldo, Yuri e Monique, o quinteto da Selva.

Durante quase todo o confinamento, o brother garantiu fidelidade a uma pessoa fora da casa, Camila Pastorini. Mas colocou tudo a perder após beijar Renata na festa Lapinha, no último dia 22, e assumir romance com a loira dentro do programa.

O novo casal do Big Brother deu o que falar dentro e fora da casa. Os outros participantes julgaram o casal distante de todos. Fora do reality, ele foi alvo das críticas de sua ex-namorada e da ex-sogra. Enquanto Camila criou uma campanha no Twitter pedindo sua eliminação, sua mãe disse que processaria Rafa por ter dito o nome da filha em rede nacional.

Rafa não teve a sorte de ser Líder, mas conquistou o Poder do Anjo duas vezes. Na primeira prova, Rafa, Fabiana, Yuri e Fael escolheram as bolas que davam o direito de participarem. Vestidos de pilotos, os brothers tinham que dirigir um carro lacrado, onde não conseguiam enxergar nada do lado de fora. O participante tinha que seguir o trajeto olhando para uma tela, como se fosse um vídeo game real. Rafa saiu vencedor e ganhou um carro.

A outra prova vencida por Rafa foi na semana de sua eliminação. O carioca tinha avisado aos brothers que queria muito ganhar o Anjo para imunizar alguém da Selva. Todos participaram da prova e, vestidos de anjo, tiveram que cortar as asas dos adversários. Aquele que não tivesse as duas asas cortadas, seria o Anjo.

Vale lembrar também que Rafa ganhou outro carro em uma prova apresentada pelo cantor Michel Teló. Em um jogo de sorte, três brothers participaram da brincadeira e aquele que abrisse o porta-malas do carro e encontrasse o violão do cantor ganharia o carro.

Além do envolvimento com Renata, Rafa protagonizou muitas discussões no programa. O carioca sempre organizou a Selva para os Paredões e era visto como o mandante pelos membros da Praia.

Rafa teve como seu primeiro inimigo a gaúcha Laisa, sexta eliminada do programa. Depois Fael passou a ser seu inimigo número um por conta de um mal entendido. Mais tarde, Rafa discutiu em tom agressivo com João Maurício, João Carvalho e Jonas.

Todas as discussões foram esquecidas rapidamente pelos membros da casa, tanto que, depois de muitas brigas, apenas na sétima semana Rafa foi posto à prova no Paredão.

A líder Fabiana fez suas considerações muito específicas contra Rafa e o colocou no Paredão no domingo (26). “O discurso dele é muito bom. Ele é uma pessoa que planeja muito. O que mais me incomoda é esse jeito explosivo, o desrespeito, como ele intimida as pessoas”, disse a líder.

As informações são do Portal Terra

“BBB 12”: eliminado João Maurício defende-se contra acusação de homofobia

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120215093537.jpg

 

De acordo com o NaTelinha, eliminado com 52% dos votos, João Maurício concedeu uma entrevista logo após deixar o confinamento.

Com detalhes, ele falou sobre sua relação com João Carvalho. O pecuarista admite que não teve muita afinidade com o mineiro e que isso fez com que eles se afastassem naturalmente. “Acho que ele sentiu que eu deixei transparecer que não tinha afinidade com ele. Mas sempre fui muito educado”, opina.

Recentemente, Renata e Monique acusaram João Maurício de ser homofóbico e discriminar João Carvalho. João Mauricio nega: “eu não o discriminei em hora nenhuma. Não sou homofóbico. Ele tinha que justificar de alguma forma para votar em mim. Ele achou essa forma”, defende-se. “Eu sempre disse que os gays são as melhores pessoas para serem amigas desde que respeitem e entendam que o que rola é só amizade”, completa o ex-brother.

Ainda sobre o mineiro, o pecuarista conta por que votou nele e o acusou de não ter palavra – No último Paredão, JOão Carvalho prometeu não votar em João M., mas na hora da votação acabou não cumprindo a promessa.

“Em nenhuma hora eu falei que não votaria nele, mas ele sim”, justifica. Sobre os brothers da Selva, João Mauricio acredita que Yuri e Rafa são bem parecidos no sentido de articular o jogo.

Já falando sobre o motivo que o levou para o Paredão, o goiano prefere atribuir ao modo como o quarto Praia conduziu o jogo. “Houve uma maior união de um grupo e do nosso lado houve uma divisão de votos”. 

Ele ainda critica a postura de Kelly e Fabiana, dizendo que elas não quiseram se comprometer pois já estavam garantidas para a próxima semana: “uma atendeu ao Big Fone, e a outra ficou sabendo que não seria votada. Estavam tranquilas”.

Por outro lado, João Maurício elogio outros integrantes do Praia: “torcida é óbvia e clara para Fael e Jonas”. O pecuarista acredita que o vencedor do “BBB 12” deve levar o prêmio pelo seu caráter e não por merecimento. 

Ele ainda explica que não tinha motivos para esconder os bens que possui como trunfo para ganhar, e dispara: “não passaria por cima do meu caráter por causa do prêmio”. 

Finalizando, João Maurício ainda comentou sobre seu estilo de falar demais, fato que levantou várias brincadeiras dos brothers na casa. Ele esclarece: “realmente eu falo muito. Gosto de tudo muito explicadinho para que não deturpem o que eu falo”.

Cebola é eliminado em ‘No Limite 4’

Sete dias após ter entrado no jogo substituindo Luiz, o pernambucano Marcelo Caminho, o Cebola, foi eliminado do ‘No Limite’ neste domingo. Ele estreou o novo Portal e saiu com quatro votos dos companheiros da tribo Manibu.
“Não achei que fosse eu não”, lamentou ele.
O gaúcho Marcelo, que foi escolhido pela equipe para o exílio após a derrota na prova da imunidade, ganhou o direito de imunizar alguém de sua tribo. O escolhido foi o mineiro Rafão. Segundo o domador de cavalos, seu objetivo foi unir a equipe.
Na votação desta noite, Marcelo recebeu dois votos e Bia, um.

%d blogueiros gostam disto: