Florinda Meza, não aceita dividir parte da herança do marido com os filhos dele

Três meses após a morte de Roberto Bolaños, a viúva dele, Florinda Meza, não aceita dividir parte da herança do marido com os filhos dele Roberto, Marcela, Cecília, Teresa, Paulina e Graciela, do seu casamento com Graciela Fernández.

Foto: Francisco Cepeda/AgNews

De acordo com um programa do canal mexicano ‘Univision’ e com o site mexicano ‘TV Notas’, a intérprete de Dona Florinda alega que os filhos do humorista estão querendo mais dinheiro do que o que foi acordado no testamento, estabelecido por ele. A fortuna deixada por Bolaños aos filhos ultrapassa o valor de US$ 15 milhões.

Em recente visita ao Brasil, Florinda comentou à polêmica de que teria proibido os fãs de Bolaños visitarem o mausoléu dele. “Não é verdade. Sempre tem gente querendo difamar, me culparam. Mas as portas estão abertas, é só pedir ao segurança. Não tem. As câmeras que tem são do cemitério porque virou monumento histórico”, disse.

Florinda Meza, a Dona Florinda da série “Chaves”, desembarcou em São Paulo, na manhã desta terça-feira (24)

florinda

 

Florinda Meza, a eterna Dona Florinda da série “Chaves”, desembarcou no Aeroporto de Internacional de Guarulhos, em São Paulo, na manhã desta terça-feira (24).

A atriz mexicana está pela primeira vez em solo brasileiro.

Segundo o jornal “Folha de S. Paulo”, a viúva de Roberto Bolaños cederá uma entrevista exclusiva ao SBT, durante o “Programa do Ratinho”.

Florinda ainda não falou com a imprensa desde a morte de seu marido, o ator que deu vida aos queridos personagens Chaves e Chapolin, em dia 28 de novembro de 2014.

No aeroporto, a atriz foi surpreendida ao ver uma multidão de fãs a aguardando. Os admiradores pediram selfies, autógrafos e estavam, em sua maioria, segurando bonecos da “turma da vila” ou vestidos como eles.

Carlos Villagrán sela a paz com Florinda Meza em missa de Roberto Bolaños

kiko

Após rumores de que teria sido vetado da missa em homenagem a Roberto Bolaños, Carlos Villagrán marcou presença na cerimônia realizada na noite do último sábado (29), na sede da Televisa no México, e reencontrou Florinda Meza, após mais de 30 anos.

O ator, intérprete do personagem Quico na série “Chaves”, não tinha contato com os ex-colegas de trabalho desde sua saída do grupo em 1978 – ele namorou Florinda no início dos anos 70, mas logo se separaram. Ela engatou um romance com o criador de Chaves e Chapolin em seguida.

No encontro de despedida, o ator abraçou a ex e selou a paz entre eles após tantos anos. A imagem foi registrada pela rede de TV mexicana e logo tomou conta das redes sociais.

Além de Villagrán, Édgar Vivar, artista que deu vida ao personagem Sr. Barriga, também estava entre os convidados para a missa de Bolaños, que morreu na última sexta-feira (28), vítima de uma parada cardíaca.

Em tempo: Após deixar o elenco de “Chaves”, Carlos Villagrán foi convidado para estrelar um programa solo na Venezuela, em 1978. Nesta época, ele registrou o personagem com o nome Kiko.

O atrito entre o comediante e os ex-parceiros era tão grande, que ele foi barrado de uma homenagem ao eterno ‘Chspirito’, também organizada pela Televisa, em 2012.

Florinda Meza proíbe Carlos Villagrán de ir a velório de Roberto Gómez Bolaños

florinda
Florinda Meza, a Dona Florinda de Chaves, vetou o ator Carlos Villagrán, o Quico, no velório de Roberto Gómez Bolaños, criador e protagonista da série mexicana, morto na última sexta-feira (28), aos 85 anos. Segundo o jornal hispânico La Opinión, a atriz, que era companheira de Bolaños havia mais de 35 anos, proibiu o acesso do ex-colega à despedida ao comediante, neste domingo (30), para evitar desencontros ou polêmicas desnecessárias.
Florinda Meza, que era mãe de Carlos Villagrán em Chaves, mantém distância do ex-colega desde 1978, quando o ator deixou o elenco do programa. Os dois namoraram durante as gravações, no começo da década de 1970, mas se separaram pouco tempo depois. Em 1977, a atriz e Bolaños começaram um romance (e se casaram em 2004). Villagrán a acusou de ter influenciado o comediante para tirar espaço de Quico na série.
Carlos Villagrán saiu de Chaves em 1978, após receber uma proposta de um programa solo na Venezuela. Como Bolaños era dono do nome Quico, o ator registrou o nome Kiko, com K. Em 2012, também foi vetado em outra homenagem ao criador de Chaves, o América Celebra a Chespirito, evento organizado pela rede mexicana Televisa.
Embora tenha sido barrado por Florinda Meza, Carlos Villagrán publicou uma mensagem de despedida a Roberto Gómez Bolaños. Em sua página no Facebook, escreveu que sente muito “a morte de um grande homem, amigo, gênio”.
“Tantos países, tantas pessoas foram tocadas pelo talento desta grande pessoa, que me abriu as portas para desenvolver o personagem Quico. Para ele, todo meu agradecimento, minha tristeza e minha dor. Somente quando se vive a realidade de uma ausência, se descobre o verdadeiro sentimento de uma amizade e um grande mestre”, lamentou.
O corpo de Roberto Gómez Bolaños saiu na manhã de sábado (29) de Cancún rumo à sede da Televisa, na Cidade do México. Neste domingo (30), será realizado um megavelório no estádio Azteca, o maior do México, a partir das 14h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo do SBT. O enterro está marcado para segunda-feira (1º).

 

Mais de 22 mil pessoas homenageiam os 40 anos do seriado Chaves

Cerca de 22 mil pessoas participaram de uma megacoreografia na Cidade do México no último fim de semana, em homenagem os 40 anos do seriado Chaves, e seu criador Roberto Gómez Bolaños, o Chespirito.

A atividade faz parte do programa América Celebra Chespirito, que será emitida em vários países da América Latina.
 
No México famílias inteiras, caracterizadas pelos eternos personagens criados por Bolaños, como o Quico, Chaves, Dona Florinda, Chiquinha, Professor Girafales, Seu  Barriga, Seu Madruga, e outros, compareceram no monumento à Revolução no Distrito Federal desde as primeiras horas da manhã a fim de encontrar o melhor lugar para executarem a coreografia.
As informações são do O Fuxico

Chaves e Dona Florinda são convidados da festa de 30 anos do SBT

Na noite em que o SBT completa 30 anos, o Programa do Ratinho vai ser inteiramente dedicado a dois seriados que marcaram a história da emissora, Chaves e Chapolin. O apresentador foi até Cancún, no México, visitar a casa de Roberto Bolaños, criador e intérprete dos personagens que conquistaram uma legião de fãs no Brasil e no mundo. Ratinho vai mostrar tudo o que rolou durante a visita nesta sexta, 19 de agosto, a partir das 21h15.

Fotos: Danilo Mejias/SBT

Ratinho foi recebido por Bolaños e sua esposa, Florinda Meza – a Dona Florinda do seriado – com um café da manhã ao estilo mexicano servido na casa principal da propriedade do casal, que fica em um dos condomínios mais luxuosos da região, o Isla Amorosa.

RATINHO ESPECIAL
Nesta sexta, às 21h15

As informações são do site do SBT

Intérprete do ‘Professor Girafales’ está na miséria

O ator mexicano Rubén Aguirre, o professor Girafales do adorado seriado Chaves (SBT), pediu ajuda a amigos do meio artístico para reverter sua situação financeira, que não está nada boa.

Aguirre gastou todas suas economias após um acidente automobilístico acabar com a saúde de sua mulher, Consuelo Reyes.

Agora, o ator, que continua trabalhando em um circo, também está com problemas de saúde.

As informações são do Portal R7

%d blogueiros gostam disto: