“Hipertensão”: Polliana é a primeira eliminada da competição

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20110909135325.jpg

O ‘Hipertensão’ estreou nesta quinta-feira, dia 8, com muita adrenalina e com a eliminação de um dos participantes. Após três provas que exigiam controle físico e mental, Polliana obteve o pior resultado e foi desclassificada da disputa. Ao se despedir do jogo, a tatuadora brasiliense lamentou sua saída da competição. “Eu fiquei muito triste com a eliminação. Queria ter ficado até o fim do programa e levado o meio milhão. Não deu. Mas pelo menos eu levo essa experiência pra casa e vou ter história pra contar.”, lamentou a jogadora.

Prova da Imunidade

O primeiro desafio a ser encarado pelos 16 competidores foi a “Prova da Imunidade”. Nela, os participantes divididos em duplas tinham que se equilibrar em cima de uma estrutura de ferro e pegar o maior número de bandeiras amarelas possível e assim conquistar a imunidade. O par que conquistou o melhor resultado na prova foi Kelly e Mauro e não puderam ser indicados pela casa para a “Prova da Eliminação”. As três duplas que obtiveram os piores resultados foram: Bruno e Nathália, Marina e Joe, Polliana e Thiago. E, por isso, foram para a “Prova de Fogo”.

Prova de Fogo

Na segunda prova da competição, as duplas tiveram que se segurar a um helicóptero e se atirar na água no ponto mais próximo possível a duas boias, pegar as bandeiras que lá estavam e assim parar o tempo da prova. “O que é mais tenso, se agarrar a um helicóptero ou soltar dele?”, brincou a apresentadora Glenda Kozlowski enquanto apresentava o desafio aos participantes. O par mais devagar foi Polliana e Thiago, e por isso os dois foram automaticamente para a “Prova da Eliminação”. Indicada pelo “Conselho dos Participantes” com seis votos, Marina foi a terceira competidora a ir para o teste final.

Prova da Eliminação

Na prova eliminatória chamada “Sem ar e afundando”, os três participantes foram algemados dentro de um saco plástico e jogados em uma piscina. Quem demorasse mais tempo para soltar as algemas, sair do saco e tocar o local indicado, estava eliminado do ‘Hipertensão’. Marina realizou a tarefa árdua em 23 segundos, já Thiago e Polliana não conseguiram completá-la. Por isso, coube a produtora de moda eliminar um dos dois da competição. Marina poupou Thiago e Polliana deixou o jogo. “Eu salvei o Thiago porque ele é meu parceiro. A gente treina junto na casa.”, justificou a paulista.

O ‘Hipertensão’ será exibido nas noites de quinta-feira e domingo, após ‘O Astro’ e ‘Fantástico’, respectivamente. Além disso, serão realizados flashes diários na programação com as últimas novidades da competição. O formato original da Endemol e Rede Globo tem direção de núcleo de J.B. de Oliveira, o Boninho, e direção geral de Carlos Magalhães e LP Simonetti.
Com informações do site NaTelinha

Marília Gabriela entrevista autor de “Amor e Revolução” no “De Frente com Gabi”

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20110402184952.jpg
O “De Frente Com Gabi” deste domingo (3), recebe Tiago Santiago, autor da novela “Amor e Revolução”. À apresentadora, o novelista fala sobre a nova trama do SBT, sobre a ditadura e sobre sua carreira.

Tiago Santiago contou a Marília Gabriela que o tema de “Amor e Revolução” é uma ideia que ele tinha há muitos anos. “Em 1995, eu era autor da Globo e propus o tema, mas a emissora não aprovou. É um plano antigo”, contou.

Em outro ponto da entrevista, o autor deixou claro: “Todos os personagens são ficcionais. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência. E haverá muitas coincidências”.

Tiago Santiago também disse que no SBT ele tenha ampla liberdade criativa. E opinou: “Uma novela dessa só poderia passar depois das 22h”.

O “De Frente com Gabi” vai ao ar a partir da meia-noite.

Com informações do site NaTelinha

Luciano Huck se prepara para estrear “Soletrando” na TV e na internet

O “Caldeirão do Huck” estreia neste próximo sábado a quinta edição do “Soletrando”, competição entre estudantes de várias partes do país que estimula o estudo da língua portuguesa. Para a temporada 2011, a equipe de Luciano Huck desenvolveu novas regras, alterou cenário e apostou na transmissão ao vivo de parte do concurso no site do programa. Mas a principal novidade fica para a homenagem a Maria Clara Machado, importante dramaturga que completaria 90 anos de idade, através de questões e palavras presentes em sua obra.
Os alunos que participam da competição serão divididos em três blocos, que representam regiões do país. A “Região A”, por exemplo, será composta por estudantes do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Bahia, Alagoas e Sergipe. O professor Sérgio Nogueira, autor de mais de 10 livros sobre a sobre a língua portuguesa, será jurado durante todo o concurso de soletração e será acompanhado por uma personalidade de cada região. O “Soletrando 2011″ será dividido em quatro etapas que vão separar um representante de cada região para a grande final no “Caldeirão do Huck”.
Além do troféu, o vencedor ganhará uma bolsa de R$ 100 mil para ser investida em sua educação.

Com informações do jornalista José Armando Vannucci

%d blogueiros gostam disto: