ATOR FREDDIE PRINZE JR. REAPRENDE A ANDAR APÓS CIRURGIA NA COLUNA

ator

O ator Freddie Prinze Jr. precisou passar por uma cirurgia na coluna há algumas semanas e agora está reaprendendo a andar.

Além de contar com o apoio da mulher, a atriz Sarah Michelle Gellar, e dos dois filhos, Charlotte, de cinco anos, e Rocky, de dois, o ator compartilha o processo de recuperação com seus fãs através do Twitter. Na rede social, ele publicou várias fotos de antes da cirurgia, mostrando um corte no pescoço e usando o cordão cervical enquanto começa a caminhar novamente.

Freddie está fazendo fisioterapia e usando as técnicas de concentração e treinamento aprendidas na academia de jiu-jitsu da família brasileira Gracie, onde conquistou a faixa azul na arte marcial em maio de 2013. “Aprender a andar novamente é como aprender jiu-jitsu: uma técnica de cada vez”, twittou ele.

O motivo da cirurgia ainda não foi divulgado.

 

Confira a data de estreia da coluna ‘Novelas em Foco’ como fica a grade de colunas do O Canal

Atenção leitores do O Canal, confira abaixo a data de estreia da coluna ‘Novelas em Foco’ e também a organização das colunas do O Canal, por Matheus Balbueno.

 

Dia 20/04/2013 – 21h00 – ‘CRÍTICA & OPINIÃO’: “PROGRAMA DA TARDE: ALTO INVESTIMENTO, POUCO RETORNO”

Dia 27/04/2013 – 21h00 – ‘NOVELAS EM FOCO’: “GUERRA DOS SEXOS: O FIM DA GUERRA” (ESTREIA)

Dia 04/05/2013 – 21h00 – ‘CRÍTICA & OPINIÃO’: “VOCÊ NA TV: EU NÃO!”

 

A coluna ‘Novelas em Foco’ se revezará com a coluna ‘Crítica & Opinião’ nos sábados ás 21h00 na seguinte proporção: serão publicadas quatro colunas ‘Crítica & Opinião’ e uma ‘Novelas em Foco’, assim sucessivamente. Portanto a coluna ‘Novelas em Foco’ terá sua estreia em 27/04 e terá sua segunda edição no dia 01/06.

Fique atento a grade de colunas do O Canal, por Matheus Balbueno, e não deixe de conferir, participar e principalmente comentar.

Para contato com o colunista: matheusbalbueno@msn.com

Matheus Balbueno – Redação O Canal

Hoje ás 21h tem ‘Crítica & Opinião’, tema “Mega Senha: nem tão mega assim”

Image

Hoje ás 21h tem a coluna ‘Crítica & Opinião’ de Matheus Balbueno aqui no O Canal, o tema da edição de hoje será “Mega Senha: nem tão mega assim”. Não perca!

Para contato com o colunista: matheusbalbueno@msn.com

Matheus Balbueno – Redação O Canal

Daqui a pouco, 19hs, tem ‘Crítica & Opinião’: “Balanço Geral: balançando a Record”

Image

Daqui a pouco, ás 19h, tem a repostagem especial da coluna ‘Crítica & Opinião’ com o tema “Balanço Geral: balançando a Record”. Quem perdeu não pode deixar de conferir, participar, opinar e principalmente comentar.

Para contato com o colunista: matheusbalbueno@msn.com

Matheus Balbueno – Redação O Canal

‘Crítica & Opinião’: Hoje ás 19h para quem perdeu

Image

Atenção leitores que perderam a estreia de ‘Crítica & Opinião’ ontem com o tema “Lado a Lado: a história que se encerra” não perca hoje uma edição-extra exclusiva de reapresentação da coluna de estreia ás 19h aqui no O canal. Não deixe de conferir e comentar!!!

Para contato com o colunista: matheusbalbueno@msn.com

Matheus Balbueno – Redação O Canal

‘Crítica & Opinião’: “Lado a Lado: a história que se encerra”

Image

LADO A LADO: A HISTÓRIA QUE SE ENCERRA

Por Matheus Balbueno

O dia era 10 de setembro de 2012 e o canal a Rede Globo de Televisão, no horário das 18h, o menos privilegiado na emissora, estreava uma obra-prima da teledramaturgia brasileira no quesito época, Lado a Lado.

Os autores João Ximenes Braga e Cláudia Lage nos brindam com uma história que se passa no início do século XX, mais exatamente com início em 1904, uma parte da história brasileira que jamais fora retratada em novelas de época que tradicionalmente usam como pano de fundo o Brasil escravagista do século XIX. Em 1904 nosso país já era uma República, que chegou em 1889, e os costumes começavam a se modificar, o Império havia caído e junto com ele praticamente todos os títulos de nobreza existentes. Os grandes fazendeiros começavam a falir e a entrar na ruína com o fim da mão-de-obra escrava. Eis aí onde se origina o drama de Constância Assunção, a não mais Baronesa da Boa Vista e antagonista da história brilhantemente interpreta pela excelente atriz Patrícia Pillar. O quarteto protagonista é formado por Marjorie Estiano, Thiago Fragoso, Camila Pitanga e Lázaro Ramos que defenderam seus papeis com maestria.

Lado a Lado é a prova de que ainda é possível se executar excelentes novelas sem recorrer a histórias já aclamadas no passado. Os novos talentos da dramaturgia são capazes de escrever grandes novelas também, e depois dos autores novatos de Cheias de Charme, os novatos de Lado a Lado só conservam essa teoria. A novela foi bem estruturada, bem amarrada, com uma história clássica e ao mesmo tempo inovadora. Os vilões ali reinavam soberanos, mas sem nunca retirar o brilho dos protagonistas, o que é difícil de acontecer e até mesmo os coadjuvantes quando apareciam se destacavam. A trama muito bem amarrada prendia o telespectador e o cativava a cada capítulo. Um elenco de peso, digno de horário nobre, onde até aqueles grandes atores em papeis menores obtiveram êxito, a direção e demais equipe técnica se juntam a tudo isso sem deixar de receber os devidos elogios.

Laura e Isabel, as protagonistas defendidas respectivamente por Marjorie e Camila, eram opostas e mesmo assim semelhantes. Cada uma desenvolveu uma parte da história que é entrelaçada nos detalhes, a amizade das duas que prevaleceu por durante quase toda novela (com eventuais momentos separadas devido a brigas causadas por antagonistas) era algo sincero e bonito de admirar. Seus pares românticos respectivamente Edgar e Zé Maria, defendidos por Thiago e Lázaro, mostram que realmente por trás de grandes homens existem grandes mulheres. Os vilões se destacam em muitos aspectos, e antagonistas foi o que não faltou em Lado a Lado: Constância, Carlota, Berenice, Caniço, Fernando, Catarina, Bonifácio e até mesmo a divertida Neusinha abrilhantavam e enriqueciam a novela. Os coadjuvantes dos quais cito Diva, Sandra, Teresa, Eulália, Mário, Frederico, Afonso e Tia Jurema sem desmerecer nenhum outro, cumpriram suas funções e também enriqueceram a trama.

Quanto aos atores e atrizes é difícil de elogiar apenas alguns, mas deixo claro que todos aqueles que fizeram parte desse grande elenco merecem uma homenagem, me atrevo a destacar alguns como Patrícia Pillar, principalmente, Marjorie Estiano, Thiago Fragoso, Lázaro Ramos, Camila Pitanga, Rafael Cardoso, Alessandra Negrini, Caio Blat, Sheron Menezes, Cássio Gabus Mendes, Zezeh Barbosa, Isabela Garcia e Maria Padilha.

A história se desenvolveu com naturalidade, calma e sem fadigar o telespectador. Atrativos e tramas paralelas ao longo da trama principal contribuíram com isso e seu final foi condizente com toda novela, ótimo, digno e natural. Todos aqueles que cometeram suas vilanias foram punidos, os mocinhos conciliando as dificuldades terminaram juntos e felizes, os coadjuvantes não foram esquecidos e as participações lembradas. Destaque para o final da grande antagonista, Constância, que teve o que mais temia: a solidão. Solidão fruto de seus preconceitos e ultra-conservadorismo.  Depois de perder Laura, Albertinho, Elias e finalmente Assunção ela foi mandada de carroça para uma fazenda pobre e afastada no interior, destaque especial para a cena onde troca de veículo atravessando a lama para pegar o seu carro-de-boi.

Enfim, Lado a Lado foi uma ótima novela, com alguns tropeços devemos admitir, mas que acima de tudo se mostrou excelente e bem produzida. Sua audiência fadada a ser a menor do seu horário é inversamente proporcional a sua qualidade, mostrando que não apenas os números do IBOPE julgam uma boa trama já que a história foi aclamada unanimemente pela crítica. Lado a Lado deixa um vazio em seus telespectadores, saudade e com certeza é uma excelente candidata ao Vale a Pena ver Novo (que fará jus ao seu nome) daqui a alguns anos.

É isso por hoje pessoal, semana que vem tem mais, no mesmo dia e horário, sábado ás 21h. Não deixem de comentar!!!

Para contato com o colunista: matheusbalbueno@msn.com

Matheus Balbueno – Redação O Canal

“Censura Livre” Primeira Edição: Audiência? Sim! Humor? Não! – E Mais!

Olá galera de todo o Brasil, estou muito feliz de estar novamente aqui no CTV. Volto com a coluna “Censura Livre” em novo formato. Mas bom, vamos ver vários acontecimentos do final de semana.

Começando, a novela das nove da Globo “Insensato Coração” está tendo um aumento muito grande em sua audiência. Antes que registrava na média de 31 pontos chegando até 27 pontos, agora vem com consolidados de 41 de média, a trama vem mesmo boa, muito melhor que no começo e está com média maior que sua antecessora, “Passione”.

Outro que vem bombando é os programas “Domingo Espetacular” e “Programa do Gugu” que no dia 26 de junho obtiveram ótimos índices de 15 pontos ambos os programas, e que no dia 19 de junho marcaram 11 e 10,5 respectivamente. Ontem continuaram marcando, o “D.E.” marcou 13,6 deixando a Record com 20% a mais de Share veja:

De acordo com os dados prévios deste domingo, dia (03/07), o “Programa do Gugu” garantiu ótimos índices de audiência e fechou na vice-liderança isolada. A atração dominical da Record “Programa do Gugu” marcou 13.3 pontos de média.

Audiência? Sim! Humor? Não!

A Rede Globo sempre foi líder em audiência com o humorístico “Zorra Total”, como todos sabemos. Neste último sábado (02/07), o programa que se diz de humor obteve nada mais, nada menos que 24 pontos de audiência! Não, você não leu errado, mas sim 24 pontos de audiência, que é conseguido por um programa que não há de nos oferecer nenhuma lição construtiva ou moral, onde aparecem quadros sem nenhuma graça e que simplesmente é chato e as pessoas apenas assistem pois não dão oportunidadade a outras emissora e apenas assiste por assistir.

O Programa adversário “Legendários” que obteve apenas 10 pontos é injustamente julgado antes mesmo de o telespectador sequer assistir o conteúdo do mesmo. Que é um programa muito construtivo, que ajuda o meio ambiente, que vê e discute problemas sociais, e acima de tudo com muito humor e diversão, enquanto a Zorra Total é sempre a mesma coisa, com “risadas falsas” por trás toda hora no que não é engraçado.

Poxa, precisamos de programas melhores e engraçados e que ajudem como “Legendários”, “É tudo improviso” e o “Pânico na TV” em partes. A Zorra já está com tempo de aposentar e dar oportunidade para novos talentos, assim como O Mion. Deixo que decidam entre “Legendários” e “Zorra Total”:

Então até segunda que vem, e comente com seriedade e coerência.

Contato: edudumoura@hotmail.com

Ele está voltando!

5 de Abril | Terça | 19h

Esta no ar a coluna VC SABIA?

Os 5 programas mais antigos da televisão brasileira que ainda estão no ar.

Oi gente, meu nome é Jordan Maturizem e vou apresentar pra vocês o VC SABIA? Sabe aqueles programa de TV com os quais a gente está tão acostumado que parece que são parte do dia a dia? Aquele que você sabe que só passa no domingo ou que já está na hora de dormir porque ele terminou? Acredite: alguns deles nasceram antes mesmo dos nossos pais, e rodaram por várias emissoras até chegar onde estão. Por isso eu listei 5 dos programas mais antigos da TV brasileira que ainda estão no ar.

Programa Silvio Santos.


Exibido desde 1962, na TV Paulista, até hoje, no SBT.

O programa que consagrou o pseudônimo de Senor Abravanel começou na TV Paulista, uma emissora local que foi comprada pela Globo em 1965. Fez sucesso e, em 1969 chegou a atingir 90 pontos de audiência. Já chegou a ter 10 horas de duração (ô disposição!) e tinha como um de seus concorrentes o programa dominical de Hebe Camargo. É, o mundo dá voltas. Mas a bagunça do programa – sem vinhetas padronizadas – estava incompatível com os padrões da Globo, o que foi causa de tensões na emissora. Em 1975, o Homem do Baú conseguiu o canal 11 do Rio de Janeiro e criou a TVS – que viraria o SBT em 1981. Mas o programa continuou a ser transmitido em rede nacional pela Record até 1987. Durante todo esse tempo, Silvio Santos apresentou vários quadros diferentes – e polêmicos – no programa. Uma das primeiras pegadinhas que mostrou (ele foi o responsável por introduzir esse tipo de atração no Brasil) causou uma séria briga conjugal e foi interrompida pela metade. Nela, um ator casado paquerou uma modelo contratada pelo programa enquanto sua esposa via a cena do palco, furiosa. Climão!

Jornal Nacional.



Exibido desde 1 de setembro de 1969, na rede Globo, até hoje.

Primeiro programa a ser transmitido em rede nacional, o Jornal nacional ajudou a Rede Globo a assumir a liderança absoluta de audiência. Sua edição inaugural foi apresentada por Hilton Gomes e Cid Moreira no dia 1º de setembro de 1969. O casal William Bonner e Fátima Bernardes começou a comandar o jornal há pouco, em 1998. Até os anos 70, o Jornal Nacional era transmitido entre 19h45 e 19h50, mudando para o horário atual (às 20h15) no fim dos anos 90. Segundo a emissora, a alteração procurava adaptar a atração às mudanças na rotina dos brasileiros, que passaram a gastar mais tempo para voltar para casa do trabalho.

Fantasico.



Exibido desde 5 de Agosto de 1973, na rede Globo, até hoje.

A revista eletrônica dominical da Globo foi criada em 1973 por José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, de quem é a letra da música de abertura. O novelista Manoel Carlos foi diretor do programa entre 1973 e 1975. Nessa época, Cid Moreira e Sérgio Chapelin eram os apresentadores, junto com artistas da Globo, que se revezavam a cada domingo. A atração teve vários quadros ao longo dos anos, alguns dos quais se tornando programas independentes, como o Profissão Repórter. Quem não ficava aterrorizado com as reportagens sobre extraterrestres e chupa-cabras que eram apresentadas regularmente no final dos anos 90 que atire a primeira pedra. E quem não lembra das vinhetas de abertura dançantes que ele já teve?

Programa da Hebe.



Exibido desde 4 de março de 1986 até hoje.

Hebe Camargo participou da TV no lançamento da primeira emissora do Brasil e da América Latina, a TV Tupi. No primeiro dia de transmissões, em 1950, ela deveria cantar o “Hino da Televisão”, mas não foi porque disse estar doente (Porém, o motivo real seria algum programa melhor com um namorado… Espertinha!). Depois disso, ela teve participação em outros programas, mas sua estreia como apresentadora foi em 1955 no primeiro programa feminino da TV brasileira, chamado O Mundo é das Mulheres. Em 10 de abril de 1966, Hebe estreou seu programa dominical na TV Record e foi aí que sua carreira de entrevistadora – bem como o formato do seu programa – se consolidou. Ela se tornou líder absoluta de audiência e nessa época trabalhava com o músico Caçulinha. Em 1986 foi para o SBT, onde apresentou três programas: Hebe, Hebe por Elas e Fora do Ar.recentemente Hebe não renovol seu contrado com o SBT, e foi contratada pela Rede tv.


Domingão do Faustão


Exibido desde 26 de março de 1989 até hoje, na Rede Globo.

O Domingão foi criado para competir com o Programa Silvio Santos, até então líder de audiência nas tardes de domingo – e atingiu o objetivo logo já que Faustão direcionava o seu programa para o publico mais jovem deixando a parcela mais antiga com o programa Silvio Santos. O programa de auditório já teve vários quadros que marcaram os queridos domingos da nossa infância, como as Olimpíadas do Faustão e Sexolândia, numa época em que muitos de nós nem sabiam o que era isso. As duas primeiras aberturas do programa ficaram na memória (e nos pesadelos, talvez?) de muita gente. A primeira, de 89, mostrava vários objetos saindo da boca do apresentador. A segunda, de 91, trazia uma versão gigante do Faustão saindo dos estúdios da Globo no Rio de Janeiro e andando pelo Brasil, mais apartir de 2000 não teve mais abertura.

 

E não percam, semana que vem uma lista com os 10 outdoor mais criativos do mundo. Eu sou Jordan Maturizem e esse foi a segunda edição do VC SABIA?

 

Está no ar a coluna VC SABIA?

 

Oi gente, está no ar a mais nova coluna do O CANAL TV a coluna VC SABIA? Eu Jordan Maturizem todas as Sextas-Feiras vou trazer as curiosidades mais intrigantes do mundo televisivo, e nesta edição de estréia vocês vão saber mais do que eu estou falando.

Todos vocês já conhecem ou até mesmo tem em casa as novas TV´s de LCD mais o que poucas pessoas sabem é que elas tomaram proporções maiores, então se você  acha que está abafando com uma TV de 42 polegadas ou até mesmo uma de 50. Agora, uma companhia italiana chamada Technovision lançou uma TV de LCD de 205 polegadas,  Caramba! Aja sala… O preço e a disponibilidade do produto ainda não foram anunciados veja a imagem.

 

 

Uma coisa que também poucas pessoas sabem é a idade de cada emissora da TV brasileira, confira uma lista abaixo com algumas delas. E podem perceber que sinônimo de idade não tem nada a ver com audiência, se é que vocês me entendem.

 57 anos.

 45 anos.

 43 anos.

40 anos.

 29 anos.

20 anos.

17 anos.

10 anos.

 2 anos. 

Outra coisa interessante que eu trouxe hoje pra vocês é uma lista com a média geral de cada novela da Record, destaque para Prova de Amor (16.5) novela escrita por Tiago Santiago hoje no SBT, O maior Sucesso da Record até agora. 

 

Metamorphoses 3.0 Pontos de média

 A Escrava Isaura 12.5 Pontos de média

 Prova de Amor 16.5 Pontos de média

Essas Mulheres 9.0 pontos de média

Cidadão Brasileiro 11.0 pontos de média

Bicho do Mato 11.0 pontos de média

Vidas Opostas 13.0 pontos de média

Promessas de Amor 9.0 pontos de média

Bela, a Feia 9.0 Pontos de média

Poder Paralelo 11.0 Pontos de média

Ribeirão do Tempo 9.0 Pontos de média (até agora). 

E não percam na semana que vem uma lista com os programas mais antigos da televisão que ainda estão no ar. Eu sou Jordan Maturizem e este Foi o VC Sabia? Primeira Edição.

Daqui a pouco!

Não perca, daqui a pouco as 21 horas a estreia da coluna VC SABIA?

Estréia hoje a coluna VC SABIA?

Não perca, estréia hoje a coluna VC SABIA? as 21 horas.

 

Não Perca!

 

Não perca!   Nesta sexta feira a estréia da coluna VC SABIA? aqui no CTV as 21 horas.

 

 

Globo Notícia: Todas às notícias da Rede Globo aqui!

No dia 17 de janeiro, às 17 horas, estréia a nova coluna do CTV, Globo Notícia.

A primeira edição contará às principais notícias da semana e terá uma última crítica a Passione. Dia 17 de Janeiro, às 17 horas, aqui no CTV. Espero vocês!

Nova coluna no CTV.

Oi gente, estou aqui para lembrar vocês a não perderem a estréia da minha coluna, VC SABIA? será toda a sexta feira as 21 horas eu espero vocês.

Em breve, no CTV!

A coluna Vai bem, vai mal volta ao CTV em breve! Não perca!

Colunista: Guilherme Luiz

Aguarde!

%d blogueiros gostam disto: