Globo reage e tira série B da Rede TV!

Detentora dos direitos de transmissão da série B, do Brasileirão 2011, a Globo tomou da Rede TV! o campeonato e o passou para a Band. Na Rede TV!, comenta-se que a medida seria uma retaliação. A emissora está brigando com a Globo no Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) por causa do Brasileirão de 2012 a 2014. A Rede TV! foi a única participante e vencedora da licitação do Clube dos 13. Contrariada, a emissora negociou com os times individualmente. Procurada, a Globo afirma que a cessão de jogos da série B para a Band coube à CBF (Confederação Brasileira de Futebol), por meio da agência de marketing esportivo Sport Promotion.

Com informações da coluna Zapping.

Rede TV! poderá rasgar contrato com Clube dos 13 a partir de segunda

Termina na segunda-feira o prazo para o Clube dos 13 conseguir o restante das assinaturas no contrato com a Rede TV!, além dos 11 que estão representados pelo presidente Fábio Koff no acordo com a emissora, que venceu a licitação para os direitos de transmissão do Brasileiro. 

A data-limite seria esta sexta, mas, como não é dia útil, foi adiada para o início da próxima semaaa. Mesmo assim, o cenário não mudará, e a Rede TV! terá autonomia para rasgar o contrato. 

Essas informações são do jornal folha

Salários na RedeTV! estariam atrasando

Os salários dos profissionais autônomos que prestam serviços à RedeTV! não estariam sendo pagos em dia, segundo informa a coluna Zapping, intermediária de jornalistas e produtores da casa. 

Ao que consta, os vencimentos dos funcionários estão atrasando em até cinco dias, prática que começou a ocorrer logo após a contratação de Hebe Camargo, que tem um dos salários mais altos da emissora e que apresenta um dos programas de maior orçamento.

A aquisição dos direitos do Brasileirão de 2012 a 2014 teria piorado a situação nos bastidores, embora essa compra não tenha sido oficializada, diante da disputa entre Clube dos 13 e Rede Globo.

Consultada, a RedeTV! negou as acusações.

RedeTV! pode processar Globo pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro

A Rede Globo assinou contrato individual com os Clubes de Futebol que participam do Campeonato Brasileiro.

A RedeTV! que venceu a licitação do Clube dos 13 pelos direitos exclusivos de transmissão do futebol pode ir a justiça.
“A RedeTV! considera que tem um contrato juridicalmente perfeito e vai lutar por seus direitos em todas as instâncias possíveis”, afirma o superintendente de Jornalismo da emissora, Américo Martins.

Se a emissora optar pela via judicial, teria de fazê-lo evocando decisões do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), que não considera a negociação direta entre times e uma TV como ilegal.

A Rede TV! pode optar em dividir a transmissão com a Rede Globo, se achar necessário.

Com informações do site OPlaneta Tv

Direitos de imagem no futebol: uma verdadeira patacoada

"Globo, a gente se vê por aqui". De novo!?

A renovação dos direitos de imagem dos times de futebol brasileiros para com as emissoras da TV aberta nada mais tem sido do que uma verdadeira novela. Por direito, a RedeTV! era a única que deveria ter por exclusividade a transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro a partir do ano que vem. Porém, o poder, o dinheiro e as mais estranhas estratégias que você possa imaginar entrou no jogo. É analisando alguns fatos que vemos como o futebol já foi mais limpo.

A começar, vimos bem antes do inicio do “leilão” os principais clubes brasileiros ensaiarem o racha com o Clube dos 13, entidade que então negociava esses contratos. Misteriosamente (sic), foram os clubes que mais receberam dinheiro da então atual detentora dos direitos, a Rede Globo, e uma das primeiras a assinarem o contrato com a emissora em caráter individual. Como sempre consegue o que quer no Brasil, a emissora dos Marinho calou o presidente do Clube dos 13, Fábio Koff, e acabou acertando com quase todos os times do país ligados à entidade.

A Record, que hoje nem tão rival da Globo é, ofereceu preços exorbitantes para Corinthians e Flamengo, maiores times do Brasil e que, consequentemente, dão audiência (?). Atacou a rival das melhores (ou piores) maneiras possíveis, porém, calou-se rapidamente ao ser questionada sobre a origem de tanto dinheiro oferecido. Apesar de mais uma vez ter perdido a batalha, a emissora da Barra Funda pode até comemorar: em audiência, o efeito não seria o que mais se procura por lá. Porém, ficou no ar a dúvida – nem tão duvidosa assim –: de onde vêm as cifras?

E a RedeTV! ? Poderá ela ser considerada como uma cobaia? É capaz. Para que a emissora de Osasco possa transmitir os jogos, é necessário que a maioria dos clubes estejam de acordo, 20 precisamente. Porém, nenhuma equipe é a favor pelo fato mais óbvio: numa rede em que os 5 pontos são comemorados com festa, onde é que venderei a imagem de meus patrocinadores? Independente disso, Amílcare Dallevo já bateu o martelo e liberou a verba para a compra de equipamentos caríssimos e de alta definição, claro, levando a consideração de que a esperança é sempre a última que morre.

No fim das contas, a Globo sempre consegue o que quer. A Record tenta, grita, mas no fim abaixa a cabeça e, para completar, a RedeTV! apenas serviu para constar num contrato que, pelo visto, ficará trancado na gaveta de alguma mesa, já que pelo andar da carruagem o Clube dos 13 está se desmanchando a cada dia que passa. E o telespectador? Fica preso aos horários em que já estão habituados, porém reclamam que as partidas de quarta-feira são tardes demais. A junção da acomodação daquele que assiste perante as condições de transmissão, mais o poder e “vaidade” da Vênus platinada faz com que mais uma vez isso seja dito: o futebol já foi mais limpo. E muito.

Texto de João Amaro
Você também pode ler esse texto no blog do João Amaro: www.joaoamaro.com.br/blog

‘Clube dos 13’ pode ganhar na justiça ação contra a Globo

A RedeTV pode ser beneficiada por uma ação na Justiça que o Clube dos 13 promete realizar contra a ação da Rede Globo em contratar diretamente os clubes de futebol.

A Rede Record cometeu um erro primário ao não participar da licitação igual fez a RedeTV.
Achando qeu poderia ganhar da Rede Globo fora do alcance do Clube dos 13, a Rede Record não apenas está perdendo na disputa contra a Rede Globo, mas também entregou a chance de vitória na Justiça apenas à RedeTV.

Uma coisa pode acontecer e isto não está descartado.

Seria um grupo de times criar um novo campeonato em torno do Corinthians que ficaria fora da disputa do Brasileiro.

Matéria escrita pelo colunista James Akel

Clube dos 13 anuncia acordo com a RedeTV! com a assinatura de 15 clubes

Diretor da RedeTV! e Fábio Koff; presidente do Clube dos 13 assinou o contrato por oito clubes

Diretor da RedeTV! e Fábio Koff; presidente do Clube dos 13 assinou o contrato por oito clubes

O Clube dos 13 anunciou que assinou o contrato de TV aberta com a RedeTV! mesmo sem ter os 20 clubes filiados ao seu lado. A entidade se escora em procurações assinadas pelos clubes e o apoio voluntário de aliados para fazer valer seu compromisso com a emissora, que pagará R$ 516 milhões anuais por três anos de contrato (2012 a 2014).

“O Clube dos 13, cumprindo o protocolo, o ajuste firmado com o Cade, e obedecendo aos princípios de legalidade e moralidade, assinou um contrato com a empresa ganhadora da licitação [Rede TV]”, disse Fábio Koff.

Os únicos clubes que não estão incluídos no acordo são Corinthians, Fluminense, Palmeiras, Santos e Goiás. Os demais, ou assinaram por vontade própria ou compulsoriamente, já que o Clube dos 13 diz ter direito de assinar pelos times endividados.

Segundo Athaíde Gil Guerreiro, São Paulo, Atlético-PR, Atlético-MG, Portuguesa, Internacional, Guarani e Bahia, todos aliados de Koff, o fizeram por conta própria. Já Flamengo, Botafogo, Vasco, Grêmio, Cruzeiro, Coritiba, Sport e Vitória entram na lista por conta do débito financeiro.

A manobra do Clube dos 13 aconteceu porque alguns clubes pediram empréstimos bancários com a entidade como avalista. A garantia dada por Fábio Koff foi a venda dos direitos de transmissão dos Campeonatos Brasileiros de 2012 a 2014, cujo contrato ainda não existia.

Para tirar os empréstimos do papel, o Clube dos 13 exigiu uma procuração dos clubes, que cediam o direito de negociar e fechar os contratos de transmissão dos torneios em questão. Segundo Athaíde Gil Guerreiro, diretor-executivo da entidade, o documento é irrevogável.

“Os clubes estavam precisando de empréstimos para esperarem a negociação de 2012 a 2014. Não existia papel para ser descontado em banco. Os bancos exigiram que os clubes só poderiam negociar por meio do Clube dos 13, pois era a única garantia que o banco teria. Ficou acertado que a negociação teria que ser feita por nós”, disse Athaíde.

A situação mais complicada é a de Vasco, Grêmio, Cruzeiro, Coritiba, Sport e Vitória. Os seis clubes agora são signatários do acordo com a RedeTV!, mas também já assinaram compromissos individuais com a Globo.

“Todos os clubes que assinaram com a globo não poderiam, porque estão fazendo isso pela segunda vez. Esse assunto estamos levando ao Cade [Conselho Administrativo de Defesa Econômica] amanhã [quinta-feira”, completou Athaíde Gil Guerreiro.

Com informações do Portal UOL

Comunicado Oficial: Record informa valores de negociação com Corinthians e Flamengo

 

Nesta quinta-feira (17/03), a assessoria de imprensa da Rede Record encaminhou novo comunicado oficial sobre os direitos de transmissão do Brasileirão.

Segue na íntegra:

“A Rede Record, como sempre agiu desde o início do processo de negociação do Campeonato Brasileiro de Futebol, reafirma sua intenção de negociar, com total e absoluta transparência, diretamente com todos os clubes envolvidos.

Por isso, decidimos apresentar, publicamente, nossas propostas. Assim, todos terão conhecimento dos valores e propósitos oferecidos para cada um dos clubes que disputam a Série A da competição.

A decisão prioriza o respeito aos clubes, torcedores, telespectadores, patrocinadores, autoridades do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e até concorrentes.

Iniciamos essa etapa da negociação apresentando ao Clube de Regatas Flamengo e ao Sport Club Corinthians Paulista as nossas propostas e, ao mesmo tempo, registramos os documentos em cartório para provarmos que agimos de acordo com as determinações do CADE e da livre concorrência. A proposta é de R$ 100 milhões por ano, para cada um dos clubes, pela transmissão de, no mínimo, 19 jogos a cada temporada dos Campeonatos Brasileiros de 2012 a 2016.

Dessa forma, acreditamos que podemos colaborar com o esporte mais popular do País e que mexe com a paixão dos torcedores.

Clareza de propósitos, negociações à luz do dia, em horário comercial e com respaldo jurídico são os nossos objetivos em todo o processo.

Se as partes envolvidas agirem assim, temos a absoluta certeza de que, nos próximos cinco anos, o futebol brasileiro vai ser protagonizado pelas maiores estrelas do nosso futebol e coroado com a recuperação econômica dos clubes, aumento do interesse dos torcedores e dos telespectadores pelo espetáculo, exibição das partidas em horários mais adequados e ampliação do número de patrocinadores.

Esse é o caminho que a Rede Record acredita que pode perpetuar o Brasil como o país do melhor futebol e também do mais disputado campeonato do mundo”.

Com Informações do site Fabio Tv!

 

Record volta a fazer propostas pelo Brasileirão

A guerra não acabou. Após a Rede TV! vencer a licitação do Clube dos 13 pelos direitos de transmissão do Brasileirão de 2012, e da Globo fechar por fora com vários times, a Record voltou a entrar na disputa.

Assumiu oficialmente estar conversando com vários clubes e fazendo suas propostas pelo campeonato.

Em comunicado diz que está negociando com Flamengo e Corinthians e que registrou os documentos em cartório para provar que está agindo de acordo com as determinações do CADE e da livre concorrência. A proposta é de R$ 100 milhões por ano, para cada um dos clubes, pela transmissão de, no mínimo, 19 jogos a cada temporada dos Campeonatos Brasileiros de 2012 a 2016.

São Paulo é um dos times que se mostrou interessado. O jogo voltou a ficar embolado

Globo pode ter fechado Campeonato Brasileiro com 12 clubes

Globo pode ter fechado Campeonato Brasileiro com 12 clubesEmissora pode ter fechado acordo com 12 clubes do futebol brasileiro

A TV Globo continua em busca de acordos com os clubes nacionais para as exibições das partidas do “Campeonato Brasileiro” dos próximos anos.

Segundo informações, a emissora carioca já teria fechado com, até o momento, 12 clubes dos 20 que compõem o Clube dos 13 para transmissões entre 2012 e 2014.

Além dos 12 clubes, a emissora disputará os direitos pelo triênio do campeonato para TV paga, pay-per-view e internet.

Com Informações do Portal PS

 

Entre brigas e disputas, eis um vencedor inesperável

http://blogdonavarro.files.wordpress.com/2011/03/c13-e-redetv.jpg

Hoje foi um grande dia para a TV aberta no Brasil. A Rede TV!, a mais nova emissora do país com apenas 15 anos de exibição, conseguiu uma preciosa pérola, em que até hoje, emissoras com mais de 40 anos não conseguiram.

Trata-se dos direitos de exibição do Campeonato Brasileiro com o Clube dos 13, a maior instituição para os direitos de transmissões no futebol do Brasil. E o que tudo indica, a emissora deverá ter entre 2012-2014 um crescimento estimado em 80% ao ano em audiência.

Porém, como nem tudo é flores e doce, a RedeTV ainda depende da assinatura de todos os times da instituição, o Grêmio é um deles que não assinará com a emissora de Dallevo. A emissora paulista mal tem cobertura no interior de São Paulo e Rio de Janeiro, ou seja, não terá grandes aumentos de audiência.

Mas o maior empecilho para que o negócio seja realmente formalizado é a dissidência no Clube dos 13, já que os 20 clubes que o compõem precisam assinar o contrato, conforme o próprio estatuto do C-13. Como ao menos 11 já manifestaram que vão negociar diretamente com as emissoras, fica a dúvida se a licitação terá valor legal.

A TV Globo, como não é boba, já tem andamento com a maioria dos 11 times “rebeldes” (nome dado aos times que abandonaram o Clube dos 13), e não ficará sem a transmissão de seu tradicional futebol. Uma pena, a Rede TV! é a que mais sai perdendo em tudo isso, vai pagar um valor altíssimo e não compensará pelos nove times pequenos.

A Record, que fez tanto alarde nos últimos dias, três horas antes do resultado, decidiu abrir mão do Brasileirão, vendo a Globo e a Rede TV! de longe em uma gloriosa disputa pelos vinte clubes de futebol.

Mas afinal, quem se sairá melhor? Entre cobertura, audiência e apresentação. Eis a grande dúvida.

Por Marcos Aurélio

Rede Record desiste da disputa do Clube dos 13 para exibir Brasileirão de 2012 a 2014

A Rede Record desistiu de participar da concorrência criada pelo Clube dos 13 para venda dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro de 2012 até 2014.

O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (11), pouco antes de sair o resultado da licitação para a TV aberta. A emissora diz que tomou a decisão movida pelo cenário de incerteza provocado pela dissidência entre os clubes.
Veja abaixo a íntegra do comunicado:

“A Rede Record vem a público informar que apoiava o modelo de negociação dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro no triênio 2012/2014 proposto pelo Clube dos 13 em acordo com o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Mas, infelizmente, a concorrência dividiu o C13. A entidade ficou fracionada em clubes que defendiam o processo iniciado com a carta convite, agremiações que pretendiam negociar os direitos em separado e aqueles que vieram a público pedir a total desvinculação do processo e do agrupamento.

Alguns clubes, antes de ouvir qualquer proposta por parte da Record, já indicam que têm acordos pré-acertados com outra emissora. Os responsáveis por estes acordos que prejudicam os torcedores, clubes e patrocinadores devem vir a público para revelar como foram as negociações e qual o valor acertado previamente, sem concorrência, sem transparência e baseados nos mesmos princípios que ajudaram a reduzir o poder dos clubes, prejudicaram o faturamento das agremiações, limitaram a exposição de patrocinadores e impuseram horários estranhos para a prática do futebol, além de transformar o mais popular esporte do País num mero exportador de talentos. Diante desta atitude a Record informa que não aceita participar de um jogo com cartas marcadas.

O quadro, neste momento, gerou incerteza jurídica. Diante disso, não há convicção de que a proposta vencedora tenha os direitos de transmissão dos jogos de todos os clubes. Há ainda a possibilidade de que uma agremiação possa abandonar o C13 enquanto o contrato ainda estiver em vigor. Assim, a Record decidiu não apresentar proposta ao Clube dos 13.

A emissora volta a manifestar seu desejo de participar da concorrência democrática, caso os clubes entrem em acordo, garantindo estabilidade jurídica a quem apresentar a melhor proposta. E, se os clubes desejarem seguir numa negociação em separado, a Record reafirma que pretende apresentar propostas com padrões de transparência e regras claras.

Mais uma vez, esta é a forma que a Record encontra para contribuir com a evolução e o desenvolvimento do futebol brasileiro, proporcionando uma transmissão de primeira do esporte preferido da nação.
São Paulo, 11 de março de 2011.

Essas informações são do portal R7

RedeTV! faz proposta de R$ 1,5 bilhão e sai vencedora da licitação do C13

Gustavo Franceschini/UOL Esporte

Presidente do C13 confirmou que a proposta da RedeTV! venceu a licitação

A RedeTV! foi a grande vencedora da licitação realizada pelo Clube dos 13 para a comercialização dos direitos de transmissão para TV aberta do triênio 2012-2014 do Campeonato Brasileiro. A proposta apresentada pela emissora paulista foi de R$ 516 milhões anuais, totalizando R$ 1,54 bilhão e, por ter sido a única a participar do processo licitatório, acabou ganhando a “concorrência”. Para esta temporada, a Globo e a Bandeirantes seguirão exibindo os jogos normalmente.

O Clube dos 13, no entanto, sofreu mais um duro golpe na manhã desta sexta-feira, já que a Record anunciou, horas antes da abertura dos envelopes, a sua retirada da licitação comandada pela entidade. Dessa forma, a emissora se junta à Globo e pretende negociar diretamente com os clubes.

Dessa forma, a vitória da RedeTV!, por enquanto, não tem valor prático, já que todos os clubes precisam assinar um documento cedendo os respectivos direitos de transmissão para a emissora, fato que não deve acontecer, tendo em vista o racha político que já se arrasta há semanas.

Por outro lado, a RedeTV! se comprometeu a desembolsar esse valor apenas se puder contar com todas as equipes.

O Clube dos 13 ainda se ampara em seu estatuto, que concede à entidade a permissão de negociar os direitos de transmissão de todos os clubes enquanto estes permaneçam filiados.

Botafogo e Vasco, na última quinta, pediram a revogação desta procuração alegando que os obstáculos impostos pelo estatuto para a desfiliação poderiam causar prejuízos aos clubes. No entendimento dos dois clubes cariocas, a situação com o Clube dos 13 já está resolvida com o comunicado.

Se quiser manter sua hegemonia, a entidade terá de brigar pelo texto de seu estatuto na Justiça.

Informações retirada do Portal UOL

Propostas por direitos do Brasileiro chegam a R$ 1 bi, diz C13

http://tvibopenews.files.wordpress.com/2011/02/recordglobobrasileiro.jpg

O Clube dos 13 divulgou nota na tarde desta quarta-feira dizendo que foram entregues as cartas-convites para as cinco primeiras mídias habilitadas a transmitir o Campeonato Brasileiro no triênio 2012-2014 (TV aberta, TV fechada, pay-per view, internet e celular) e o valor dos lances mínimos chegou a R$ 912 milhões.

Segundo o C13, com a formalização das regras para publicidade estática, direitos internacionais e novas mídias, o valor mínimo ultrapassará R$ 1 bilhão, quase o dobro do que os clubes vão faturar com a venda dos direitos para o Brasileiro de 2011.

“Estamos muito satisfeitos com o interesse das empresas no produto futebol e temos certeza de que os clubes e os torcedores serão os grandes vencedores deste processo de licitação”, afirmou o presidente Fabio Koff na nota da entidade.

O novo modelo de venda dos direitos foi motivado por acordo com o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), firmado no ano passado. No total, mais de 20 empresas foram convidadas a participar do processo.

O resultado da primeira licitação será anunciado na próxima sexta-feira, às 10hs, no escritório do Clube dos 13 em São Paulo, onde será conhecido o vencedor para TV aberta.

Os envelopes de TV fechada e pay-per-view serão abertos no dia 23 de março. Os de internet e celular, no dia seguinte, também na sede do Clube dos 13.

https://ocanal.files.wordpress.com/2011/03/record-x-globo.jpg?w=300

GLOBO x RECORD

A Globo fez chegar ao mercado publicitário, e a outras emissoras de TV, inclusive eventuais parceiras, que já tem “bem encaminhadas” as negociações para transmitir o Brasileiro de 2012 a 2014.

Segundo a Folha apurou, a emissora já conversou com 14 das 20 agremiações que integram o Clube dos 13.

A entidade, que tem como objetivo intermediar a venda de direitos de transmissão do Nacional, enfrenta uma debandada de seus associados.

Corinthians, Palmeiras, Santos, Botafogo, Flamengo, Fluminense, Vasco, Grêmio, Cruzeiro e Coritiba anunciaram que pretendem negociar diretamente com as emissoras, sem intermédio do C13.

A Globo já teria falado com Goiás, Inter, Guarani e Vitória. Assim, sobrariam São Paulo, Atlético-MG, Atlético-PR, Bahia, Sport e Portuguesa alinhados ao C13.

Cartolas assistiram à apresentação da Globo, de uma hora de duração, apenas no projeto sobre TV aberta. Marcelo Campos Pinto, principal executivo da Globo Esporte, é quem faz as exibições.

Na sexta-feira passada, a Globo anunciou que não participaria da concorrência organizada pelo Clube dos 13.

Na semana passada, a Record criticou a concorrente e elogiou o C13. Porém a emissora paulista afirmou que pode fazer negociações individuais.

Após alertar que não descartava negociar direto com os clubes a compra dos direitos de transmissão do Brasileiro, a Record pôs em prática o discurso e, a exemplo do que faz a Globo, já conversa em particular com cartolas.

Segundo pessoas ligadas à emissora, 11 times foram contatados para negociar sem o intermédio do Clube dos 13.

Além das propostas individuais, a Record deve implementar tática para pressionar os clubes a aceitarem sua oferta, que ela diz que será maior que a da Globo.

As propostas enviadas aos dirigentes serão, também, encaminhadas ao Conselho Deliberativo de cada clube.

A intenção é constranger os cartolas a aceitar as suas ofertas. A emissora diz acreditar que, com a proposta escancarada para conselheiros, não haverá como os presidentes negarem o valor superior ofertado, o que, aposta ela, será seu caso.

Afirma que os dirigentes não conseguirão convencer os conselheiros de que o dinheiro não é importante.

Presidentes de clubes argumentam que a exposição na programação da Globo traz um imensurável valor agregado e que são pressionados por patrocinadores a firmar com a Globo. Alguns não abriram linha de comunicação com a Record.

A emissora deverá enviar as propostas também para órgãos públicos, como o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), a Câmara Federal e o Senado.

O intuito é que, novamente, caso algum clube aceite a proposta que não for a maior financeiramente, haja um questionamento do motivo.

Com informações do Jornal Folha de São Paulo.

Record pode buscar direitos do Brasileirão para pay-per-view

Apesar de a Record estar focada em conseguir os direitos do Brasileirão de 2012 a 2014 para TV aberta. Alexandre Raposo, presidente da emissora, não descarta a possibilidade de disputar os direitos de transmissão para pay-per-view. Não há detalhes de como seria essa transmissão, tão pouco a negociação destes direitos. Para TV fechada, Raposo deixou claro que não possui interesse. Agora basta esperarmos para acompanhar a novela mais mexicana do esporte, depois de Ronaldinho Gaúcho e Irmão Assis.

Twitter: @arielfranca

Clube dos 13 recebe mal apresentação da Globo

Desespero da Globo irrita dirigentes

A apresentação que os diretores da Globo fizeram hoje (ontem, quarta-feira) à tarde no Clube dos 13 detalhando sua proposta não-financeira para ganhar os direitos de transmissão dos Brasileirões de 2012, 2013 e 2014 foi mal recebida pelos sete diretores da entidade presentes à reunião.

De acordo com alguns desses dirigentes de clubes, a Globo enfatizou exageradamente a perda de audiência das partidas nos últimos anos. E que o mercado publicitário não teria fôlego para bancar um aumento de valor das cotas.

As informações são do site Forum Na Telinha

%d blogueiros gostam disto: