Globo obriga Galvão Bueno a debochar de si mesmo

Emissora quer passar imagem mais simpatíca do locutor

Galvão finge que não está nem aí


Mesmo contrariado, Galvão Bueno está sendo obrigado a fingir que não está incomodado com a campanha “Cala Boca Galvão”, que está crescendo a cada dia na internet, chegando a ser comentada mundialmente.

A Globo fez o apresentador mostrar-se de bom humor no programa Central da Copa, de Tiago Leifert, deixando transparecer que não está nem aí.

E a cena está sendo reprisada em outros programas da casa.

A antipatia por ele é tão grande que a Band está crescendo consideravelmente no Ibope (deu 11 pontos de média com a estreia do Brasil na Copa), fazendo a Globo perder audiência.

O público está mudando de canal para não ter de ouvir Galvão falando.

O objetivo da Globo é deixar passar ao público uma imagem de um Galvão Bueno mais simpático, que aceita brincadeiras e sabe rir de si mesmo.

Mas o comentário nos bastidores é que o narrador da Globo não está nem um pouco satisfeito com essa história toda.

Muito menos com a pressão da emissora.

Fabíola Reipert/R7

Tiago Leifert tira onda de Galvão e fala sobre campanha de cala boca contra o narrador

O apresentador corajoso Tiago Leifert (Bob Paulino/Globo)

O apresentador corajoso Tiago Leifert (Bob Paulino/Globo)

O irreverente Tiago Leifert não poupou o colega Galvão Bueno, que está sendo massacrado na internet com a campanha Cala a Boca Galvão.

No Central da Copa, programa especial sobre a Copa do Mundo, ontem (15), por volta de 0h10, o apresentador tirou uma com a cara de Galvão Bueno e ainda peitou a Globo.

Tudo em tom de brincadeira, claro, mas ele falou o que quis…

– Não pode falar aqui da campanha Cala Boca Galvão, né? A gente tem que cuidar do Galvão. Ele está magoado, chorando.

E não parou por aí.

– Se a gente ficar falando disso aqui na Globo, os homens de preto vêm aqui.

Não contente, meteu Luciano Huck, que estava na plateia, na conversa.

– A gente não pode falar da campanha aqui, né, Luciano?

Huck, que a exemplo de Faustão adora fazer média com os globais, desconversou.

A frase Cala Boca Galvão foi retuitada no mundo todo.

Ontem, durante a estreia do Brasil contra a Coreia do Norte, colocaram uma faixa com a frase Cala Boca Galvão, mas ela foi retirada às pressas.

Galvão entrou pelo telão e se mostrou conformado e com bom humor a respeito da campanha para ele falar menos.

Fez até uma piada sem graça, só para variar…

Por: Fabíola Reipert

Colunista do Portal R7

%d blogueiros gostam disto: