Compra da BandSports pela Fox não avança

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120220002349.jpg

 

Após uma negociação que estaria em estágio avançado e prestes a ser concretizada, a compra da BandSports pela Fox teria esfriado. 

Segundo a coluna Canal 1, os rumores cessaram e nos bastidores da Band haveria a ordem para que os trabalhos voltassem ao normal com as atenções voltadas para os eventos adquiridos, como o Brasil Open de Tênis. 
 
Ainda não se sabe se a tática faz parte da estratégia da Band e da Fox. Entretanto, independente de tudo, caso venha a ocorrer algum tipo de negócio entre ambas, o mesmo só deverá ser concretizado dentro de três ou quatro meses com respeito a determinados critérios.
 
Em tempo:
 
A BandSports e a Fox em momento algum oficializaram o interesse de venda e compra, mas nos bastidores a transação era dada como certa e irreversível. 
 
Rumores nos bastidores da Band sugeriram recentemente que a emissora teria desistido de vender a BandSports para a Fox por pressão da Globo. Temendo o fortalecimento da Fox Sports, o canal carioca teria ameaçado romper o milionário acordo que tem com a Band no segmento esportivo (o que inclui o Brasileirão, Libertadores e até mesmo a Copa do Mundo), provocando assim um baque no caixa da empresa.
Informações do site Natelinha.

Globo reage e tira série B da Rede TV!

Detentora dos direitos de transmissão da série B, do Brasileirão 2011, a Globo tomou da Rede TV! o campeonato e o passou para a Band. Na Rede TV!, comenta-se que a medida seria uma retaliação. A emissora está brigando com a Globo no Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) por causa do Brasileirão de 2012 a 2014. A Rede TV! foi a única participante e vencedora da licitação do Clube dos 13. Contrariada, a emissora negociou com os times individualmente. Procurada, a Globo afirma que a cessão de jogos da série B para a Band coube à CBF (Confederação Brasileira de Futebol), por meio da agência de marketing esportivo Sport Promotion.

Com informações da coluna Zapping.

Comunicado Oficial: Record informa valores de negociação com Corinthians e Flamengo

 

Nesta quinta-feira (17/03), a assessoria de imprensa da Rede Record encaminhou novo comunicado oficial sobre os direitos de transmissão do Brasileirão.

Segue na íntegra:

“A Rede Record, como sempre agiu desde o início do processo de negociação do Campeonato Brasileiro de Futebol, reafirma sua intenção de negociar, com total e absoluta transparência, diretamente com todos os clubes envolvidos.

Por isso, decidimos apresentar, publicamente, nossas propostas. Assim, todos terão conhecimento dos valores e propósitos oferecidos para cada um dos clubes que disputam a Série A da competição.

A decisão prioriza o respeito aos clubes, torcedores, telespectadores, patrocinadores, autoridades do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e até concorrentes.

Iniciamos essa etapa da negociação apresentando ao Clube de Regatas Flamengo e ao Sport Club Corinthians Paulista as nossas propostas e, ao mesmo tempo, registramos os documentos em cartório para provarmos que agimos de acordo com as determinações do CADE e da livre concorrência. A proposta é de R$ 100 milhões por ano, para cada um dos clubes, pela transmissão de, no mínimo, 19 jogos a cada temporada dos Campeonatos Brasileiros de 2012 a 2016.

Dessa forma, acreditamos que podemos colaborar com o esporte mais popular do País e que mexe com a paixão dos torcedores.

Clareza de propósitos, negociações à luz do dia, em horário comercial e com respaldo jurídico são os nossos objetivos em todo o processo.

Se as partes envolvidas agirem assim, temos a absoluta certeza de que, nos próximos cinco anos, o futebol brasileiro vai ser protagonizado pelas maiores estrelas do nosso futebol e coroado com a recuperação econômica dos clubes, aumento do interesse dos torcedores e dos telespectadores pelo espetáculo, exibição das partidas em horários mais adequados e ampliação do número de patrocinadores.

Esse é o caminho que a Rede Record acredita que pode perpetuar o Brasil como o país do melhor futebol e também do mais disputado campeonato do mundo”.

Com Informações do site Fabio Tv!

 

Record volta a fazer propostas pelo Brasileirão

A guerra não acabou. Após a Rede TV! vencer a licitação do Clube dos 13 pelos direitos de transmissão do Brasileirão de 2012, e da Globo fechar por fora com vários times, a Record voltou a entrar na disputa.

Assumiu oficialmente estar conversando com vários clubes e fazendo suas propostas pelo campeonato.

Em comunicado diz que está negociando com Flamengo e Corinthians e que registrou os documentos em cartório para provar que está agindo de acordo com as determinações do CADE e da livre concorrência. A proposta é de R$ 100 milhões por ano, para cada um dos clubes, pela transmissão de, no mínimo, 19 jogos a cada temporada dos Campeonatos Brasileiros de 2012 a 2016.

São Paulo é um dos times que se mostrou interessado. O jogo voltou a ficar embolado

Record admite que será muito difícil vencer Globo na disputa pelo Brasileirão, diz jornal

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20110312211124.jpg

Na última quarta-feira (9), antes da abertura dos envelopes, o Clube dos 13 procurou o presidente do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e pediu que o órgão enviasse ofícios às equipes para saber como andavam os contratos que eles pretendem fazer individualmente com as emissoras de TV.

Segundo a colunista Mônica Bérgamo, do jornal Folha de S. Paulo, Furlan respondeu que não podia ser “usado para ajudar um ou outro interesse” enquanto não houvessem contratos assinados.

Por outro lado, ainda de acordo com a colunista, a Record praticamente desistiu do Brasileirão no triênio 2012-2014. Internamente, diretores da rede já admitem que será muito difícil vencer a Globo nesta disputa.

Na sexta-feira (11), o Clube dos 13 anunciou que a RedeTV! venceu a licitação para venda dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro.

A proposta apresentada pela emissora foi de R$ 516 milhões por ano, totalizando R$ 1,54 bilhão. Por ter sido a única a participar do processo, a RedeTV! acabou ganhando.

No entanto, essa vitória ainda não tem valor prático, já que todos os clubes devem assinar um documento cedendo os direitos para a emissora, o que não deve acontecer.

Por outro lado, a RedeTV! deixou claro que só desembolsará este valor caso conte com todos os times.

Mais notícias sobre o caso, clique AQUI.

Natelinha

Sigam @fcoalmeiida

RedeTV! faz proposta de R$ 1,5 bilhão e sai vencedora da licitação do C13

Gustavo Franceschini/UOL Esporte

Presidente do C13 confirmou que a proposta da RedeTV! venceu a licitação

A RedeTV! foi a grande vencedora da licitação realizada pelo Clube dos 13 para a comercialização dos direitos de transmissão para TV aberta do triênio 2012-2014 do Campeonato Brasileiro. A proposta apresentada pela emissora paulista foi de R$ 516 milhões anuais, totalizando R$ 1,54 bilhão e, por ter sido a única a participar do processo licitatório, acabou ganhando a “concorrência”. Para esta temporada, a Globo e a Bandeirantes seguirão exibindo os jogos normalmente.

O Clube dos 13, no entanto, sofreu mais um duro golpe na manhã desta sexta-feira, já que a Record anunciou, horas antes da abertura dos envelopes, a sua retirada da licitação comandada pela entidade. Dessa forma, a emissora se junta à Globo e pretende negociar diretamente com os clubes.

Dessa forma, a vitória da RedeTV!, por enquanto, não tem valor prático, já que todos os clubes precisam assinar um documento cedendo os respectivos direitos de transmissão para a emissora, fato que não deve acontecer, tendo em vista o racha político que já se arrasta há semanas.

Por outro lado, a RedeTV! se comprometeu a desembolsar esse valor apenas se puder contar com todas as equipes.

O Clube dos 13 ainda se ampara em seu estatuto, que concede à entidade a permissão de negociar os direitos de transmissão de todos os clubes enquanto estes permaneçam filiados.

Botafogo e Vasco, na última quinta, pediram a revogação desta procuração alegando que os obstáculos impostos pelo estatuto para a desfiliação poderiam causar prejuízos aos clubes. No entendimento dos dois clubes cariocas, a situação com o Clube dos 13 já está resolvida com o comunicado.

Se quiser manter sua hegemonia, a entidade terá de brigar pelo texto de seu estatuto na Justiça.

Informações retirada do Portal UOL

Confira na íntegra o comunicado feito pela TV Record sobre a disputa do Brasileirão

Veja o comunicado que a TV Record divulgou desistindo da concorrência junto ao clube dos treze:

“A Rede Record vem a público informar que apoiava o modelo de negociação dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro no triênio 2012/2014 proposto pelo Clube dos 13 em acordo com o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Mas, infelizmente, a concorrência dividiu o C13. A entidade ficou fracionada em clubes que defendiam o processo iniciado com a carta convite, agremiações que pretendiam negociar os direitos em separado e aqueles que vieram a público pedir a total desvinculação do processo e do agrupamento.

Alguns clubes, antes de ouvir qualquer proposta por parte da Record, já indicam que têm acordos pré-acertados com outra emissora. Os responsáveis por estes acordos que prejudicam os torcedores, clubes e patrocinadores devem vir a público para revelar como foram as negociações e qual o valor acertado previamente, sem concorrência, sem transparência e baseados nos mesmos princípios que ajudaram a reduzir o poder dos clubes, prejudicaram o faturamento das agremiações, limitaram a exposição de patrocinadores e impuseram horários estranhos para a prática do futebol, além de transformar o mais popular esporte do País num mero exportador de talentos. Diante desta atitude a Record informa que não aceita participar de um jogo com cartas marcadas.
O quadro, neste momento, gerou incerteza jurídica. Diante disso, não há convicção de que a proposta vencedora tenha os direitos de transmissão dos jogos de todos os clubes. Há ainda a possibilidade de que uma agremiação possa abandonar o C13 enquanto o contrato ainda estiver em vigor. Assim, a Record decidiu não apresentar proposta ao Clube dos 13.

A emissora volta a manifestar seu desejo de participar da concorrência democrática, caso os clubes entrem em acordo, garantindo estabilidade jurídica a quem apresentar a melhor proposta. E, se os clubes desejarem seguir numa negociação em separado, a Record reafirma que pretende apresentar propostas com padrões de transparência e regras claras.

Mais uma vez, esta é a forma que a Record encontra para contribuir com a evolução e o desenvolvimento do futebol brasileiro, proporcionando uma transmissão de primeira do esporte preferido da nação.

São Paulo, 11 de março de 2011.
CENTRAL RECORD DE COMUNICAÇÃO”

Clube dos 13 recebe mal apresentação da Globo

Desespero da Globo irrita dirigentes

A apresentação que os diretores da Globo fizeram hoje (ontem, quarta-feira) à tarde no Clube dos 13 detalhando sua proposta não-financeira para ganhar os direitos de transmissão dos Brasileirões de 2012, 2013 e 2014 foi mal recebida pelos sete diretores da entidade presentes à reunião.

De acordo com alguns desses dirigentes de clubes, a Globo enfatizou exageradamente a perda de audiência das partidas nos últimos anos. E que o mercado publicitário não teria fôlego para bancar um aumento de valor das cotas.

As informações são do site Forum Na Telinha

Globo tenta acordo com o Cade em processo sobre a exclusividade do Brasileirão

Acusada pelo Ministério Público (MP) e pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) de cometer práticas irregulares para manter a exclusividade do Campeonato Brasileiro, a TV Globo irá propor um acordo para o encerramento do processo.

 


De acordo com o jornalista Lauro Jardim, representantes da emissora carioca já procuraram o Cade para propor uma solução que encerre o processo contra ela e o Clube dos 13, que representa as maiores equipes do futebol brasileiro. O processo se arrasta há mais de uma década e está pronto para ser julgado. Nos bastidores, comenta-se que, caso seja condenada, a emissora terá que pagar uma multa milionária.

Os termos de acordo entre o Cade e a Globo estão sob sigilo. De acordo com o Ministério Público, a emissora foi beneficiada na renovação de várias temporadas do Campeonato Brasileiro, já que o contrato previa a cláusula de preferência, considerada irregular pelo MP, que concedia o direito ao canal de Roberto Marinho de cobrir quaisquer propostas da concorrência entre as temporadas 1997 e 2005 do torneio.

Fonte: NaTelinha

%d blogueiros gostam disto: