Tiago Santiago diz que Aguinaldo Silva copiou Amor e Revolução

https://i2.wp.com/caras.uol.com.br/media/images/large/2012/01/27/img-361952-marcela-e-joana-coutinho-personagens-de-suzana-pires-em-fina.jpg

Autor de novelas do SBT, Tiago Santiago insinuou que uma das histórias da novela das nove da Globo, Fina Estampa, é muito parecida com uma que ele levou ao ar recentemente em Amor e Revolução.

“Muita gente vem comentando, e é verdade: Aguinaldo Silva está mesmo com trama bem parecida com a minha, em Amor e Revolução”, escreveu Santiago no Twitter.

Perguntado por um de seus seguidores sobre “qual trama?”, respondeu: “Mulher morre e reaparece como irmã gêmea, em busca de vingança!”.

Santiago se referiu à personagem Marcela, interpretada por Suzana Pires, que depois de ser assassinada pela vilã, Tereza Cristina (Christiane Torloni), voltou à Fina Estampa como Joana, gêmea da irmã morta.

Em Amor e Revolução, Olívia (Patricia de Sabrit) foi dada como morta e voltou como Violeta, gêmea da personagem.

A ideia, no entanto, não é original. Em 1983, a novela mexicana Estranho Poder (SBT) usou do mesmo artifício. O marido da protagonista, Beatriz, (Jacqueline Andere) voltou como suposto irmão gêmeo, para se vingar.

O próprio Tiago Santiago já usou do mesmo recurso em 2009, na novela Promessas de Amor (Record), quando “matou” o personagem Amadeus (Luciano Szafir) e o trouxe de volta como Bernardo Cordeiro, irmão gêmeo de Amadeus, que no final era o próprio.

Procurada para apresentar eventual defesa de Aguinaldo Silva, a Central Globo de Comunicação não respondeu até o momento.

Informação do colunista Daniel Castro, do portal R7.

Fracasso de “Amor e Revolução” deixa lições importantes no SBT

“Amor e Revolução” entra em sua reta final e não deixará saudades entre os executivos do SBT. Faltam apenas 31 capítulos para serem exibidos e muitos afirmam que o tempo poderia correr para o folhetim deixar logo a grade. A novela de Thiago Santiago está muito longe dos números planejados pela emissora e terminará como um dos piores retornos de audiência da TV de Silvio Santos. Na Anhanguera, são muitos os que defendem uma redução nos capítulos para que a novela saia logo do ar e entre em seu lugar séries até a programação especial de verão que estreará no dia 16 de janeiro. Mas isso jamais acontecerá porque, como sinal de amadurecimento empresarial, o SBT decidiu manter a novela no ar até a sua conclusão.

O fiasco de “Amor e Revolução” é assunto de conversas dentro e fora do SBT e divide opiniões. Há quem acredite que a novela não deu certo porque o autor exagerou na violência com cenas fortes de tortura e que a ditadura é um tema com pouco apelo para o público. Nas conversas sobre o folhetim também é muito comum ouvir que momentos polêmicos (beijo gay, por exemplo) serviram mais para afastar o telespectador do que para gerar repercussão.

O fato é que, independente das diversas teorias, “Amor e Revolução” é a prova concreta de que novela só acontece quando está no ar porque no papel tudo pode ser perfeito, mas se não há química com quem está em casa, a coisa não funciona. Outra conclusão, e a mais óbvia, é que não adianta produzir novelas se não tradição da emissora em exibi-las e não há uma indústria pensando nos próximos títulos. Para o SBT ter sucesso em novela, antes de mais nada, precisará entender que esse não é o tipo de produto que pode surgir e desaparecer da grade. É fundamental ter compromisso com os noveleiros.
 
Por José Armando Vanucci

Prévia: “Amor e Revolução” bate recorde negativo e fecha em quinto

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20111025090606.jpg

O capítulo desta segunda-feira (24) de “Amor e Revolução” registrou baixos índices no SBT e teve o menor desempenho e posição desde sua estreia, em março. A novela de Tiago Santiago teve apenas 3 pontos de média. A participação foi de 5%, desempenho que não garante uma TV ligada dentre uma amostra de dez.
Nesta mesma faixa, a RedeTV! teve 4 pontos e a Band, 6. Globo e Record se posicionaram na liderança e vice respecitvamente com 24,5 e 9 pontos.

Esses índices são prévios e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo. Dados consolidados podem variar para mais ou para menos.

Essas informações são do site NaTelinha.

Graziella Schmitt está namorando seu irmão em “Amor & Revolução”, diz jornal

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20111009183723.jpg

No ar como a guerrilheira Maria Paixão em “Amor e Revolução”, do SBT, a atriz Graziella Schmitt está de namorado novo, que também atua na novela.

De acordo com o jornal Extra, a bela está namorando o ator Paulo Leal, que vive nada menos que seu irmão na trama de Tiago Santiago.

Embora ainda esteja sendo exibida, as gravações de “Amor e Revolução” terminaram no final de agosto.

A trama segue no ar até novembro.

Na Telinha

SBT demite funcionários e não renova contrato dos atores de “Amor e Revolução”

O SBT demitiu alguns funcionários nesta quinta-feira (1º). A emissora dispensou a equipe do “Topa ou Não Topa”, atração que foi extinta com a saída de Roberto Justus. A equipe do “Domingo Legal” também foi atingida.

Na área da dramaturgia, a emissora preferiu não renovar o contrato da maioria dos atores de “Amor e Revolução”, que teve as gravações finalizadas na última segunda.

Com informações do jornalista Fernando Oliveira, do Portal IG.

 

Elenco de “Amor e Revolução” comemora o fim das gravações

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20110901153152.jpg

O elenco de “Amor e Revolução” celebrou ontem no “Rey Castro Cuba Bar & Restaurant”, em SP, o fim das gravações da novela.

A história de Tiago Santiago segue no ar até o final de outubro no SBT.

A iniciativa partiu da atriz Lúcia Veríssimo. Graziela Schmitt, Claudio Lins, Giselle Tigre, Fátima Freire, Dani Moreno, Natália Vidal, Paulo Leal, Diogo Picchi, Marcelo Camargo, Pedro Lemos, entre outros, estavam presentes.

Ao som de “Buena Vista Social Club”, os atores comemoraram no camarote reservado até às 3h.    

“Amor e Revolução” teve ao todo sete meses de gravações. As primeiras cenas começaram a ser gravadas em janeiro. Houve uma certa pressa do SBT em agilizar a produção do desfecho para que os contratos dos atores, os quais trabalham por obra, não tivessem que ser prorrogados, o que geraria um aumento no orçamento da trama.

A novela teve investimentos próximos a R$ 40 milhões e seus índices de audiência não corresponderam à altura. No decorrer dos cinco meses de exibição, a novela vem oscilando entre 4 e 6 pontos de média e alternando entre a quarta e terceira colocação com a Band.

Havia até mesmo a hipótese da história ser esticada e que chegasse até a Guerrilha do Araguaia. Entretanto, os baixos índices iniciais afastaram de forma permanente esta possibilidade.

Com informações do site NaTelinha

Autor Tiago Santiago garante que “Amor e Revolução” terá cena de exorcismo

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20110824102536.jpg
 

O autor Tiago Santiago desmentiu a informação de que o SBT teria cortado mais uma cena de “Amor e Revolução”.

O novelista escreveu uma sequência de exorcismo, envolvendo o general Lobo Guerra (Reinaldo Gonzaga) e sua esposa, Ana Guerra (Glauce Graieb). As cenas são fortes e prometem impactar o público.

Em seu Twitter, Tiago Santiago escreveu que a cena não foi censurada e que irá ao ar no último capítulo da novela, previsto para novembro.

Desde que uma pesquisa apontou que as cenas homossexuais de “Amor e Revolução” estavam causando rejeição no público, o SBT redobrou a atenção quanto às cenas que eram entregues, produzidas e veiculadas. O controle é intenso e tudo que é gravado passa por prévia análise.

“Amor e Revolução” vem alcançando média entre 4 e 6 pontos de média no Ibope da Grande SP. Há algumas semanas, o autor disse que sua trama crescerá na audiência e, caso isso não aconteça, ele mudará de nome.

As informações são do site NaTelinha

Tiago Santiago rebate críticas de sua novela e continua afirmando: ‘Mantenho a aposta! A audiência de ‘Amor e Revolução’ vai subir!’

O autor que começou na Globo e se consagrou na Rede Record com A Escrava Isaura, Os Mutantes, Prova de Amor, Tiago Santiago, continua ainda afirmando no seu microblog twitter que irá subir a audiência da novela, Amor e Revolução, exibida por volta das 22h35, na tela do SBT. Já postamos uma outra vez que o mesmo, andou afirmando na rede social que se a novela não subir no ibope, ele trocará o nome.

Pois bem, já se passaram quase a metade do mês e ainda não vimos surtir efeito no ibope. A novela continua perdendo pra Band e registrando o 4º lugar. Depende do dia, até chega perder para a Rede TV!, registrando o 5º lugar. Segundo ele, a novela entrará em uma fase de Guerrilha, no ano de 67. Vamos aguardar. Mais está cada vez mais complicado a sua situação, né, Tiago?

Equipe de Amor e Revolução corre para terminar gravações de novela

Cenas de tortura foram vetadas na novela (Foto: Divulgação/SBT)

A equipe de Amor e Revolução, do SBT, está tendo de correr para terminar a tempo as gravações da novela.

O contrato do atores termina no dia 31 de agosto e a emissora deu ordens expressas para que as gravações não excedam essa data.

O autor Tiago Santiago tem até a próxima segunda (8) para entregar os últimos cinco capítulos da história.

Apesar de o SBT ter divulgado em março, antes da estreia de Amor e Revolução, que a novela teria uma estratégia de gravação diferente das outras feitas pela emissora, com uma frente de capítulos menor, a equipe vai terminar de gravar a novela três meses antes do seu término, programado para novembro.

Nos bastidores do SBT o clima é de tensão. Depois da briga do autor com o diretor Reynaldo Boury, várias cenas vêm sendo cortadas na ilha de edição. O diretor tem autonomia da alta direção do SBT para isso.

Por Vilson Malacrida, interino no blog de Daniel Castro, durante as férias do mesmo. R7. 

SBT mantém censura nos textos de “Amor e Revolução”

Após ter proibido o crescimento de tramas homossexuais e censurado o beijo gay que seria dado por dois homens, o SBT mantém o sinal de alerta em relação aos rumos de “Amor e Revolução”.

Embora sejam poucas as esperanças de que haja reviravolta nos índices e que o autor Tiago Santiago já esteja escrevendo as cenas finais da trama, a emissora de Silvio Santos não pretende descuidar do que será levado ao ar.

Antes da exibição, todo o material gravado pela equipe de Reynaldo Boury está sendo analisado pela direção do canal. Estão sendo feitos cortes à fim de evitar que termos de baixo nível sejam exibidos para o telespectador.

Nos últimos dias, boatos nos bastidores da novela sugeriam insatisfação por parte do elenco diante da qualidade dos textos recebidos. A revolta é mais forte no elenco masculino. 

Com informações da coluna Controle Remoto e NaTelinha.

 

 

Autor da novela ‘Amor e Revolução’ afirma no twitter: ‘A minha novela vai subir no ibope ou eu troco meu nome’

Na noite desta sexta, 29, o autor de novelas, Tiago Santiago, deu uma declaração polêmica em seu microblog no twitter. O autor que foi uma aposta do SBT em 2009 e que até hoje não obteve tanto sucesso em suas novelas, como se teve na Rede Record, onde comandou o sucesso de Mutantes, está afirmando com todas as letras que levantará o ibope de sua atual novela no ar, Amor e Revolução. Confira abaixo:

E  já tem vários perfis nas redes sociais descordando da tal atitude do autor e afirmando que será impossível reverter o quadro que a novela atualmente possui, que é o 4º lugar no ibope. Será que Tiago Santiago irá mesmo ter que trocar de nome? Será?

“Chaves” incomoda “Cidade Alerta”

O horário nobre do SBT ainda mostra uma certa fragilidade na briga pela audiência, principalmente a partir da faixa da novela “Amor e Revolução”, que derruba os índices da emissora colocando-a mais distante da Record. Entretanto, no período da tarde o placar se inverte com ligeira vantagem para a emissora de Silvio Santos. Longe desta disputa, na Globo comemora-se um novo recorde de audiência para “Morde e Assopra”, novela que soube encontrar o caminho apontado pelo telespectador.

“Amor e Revolução” fecha em quarto lugar, nesta segunda (25/07)

A exibição de “Amor e Revolução”, segue registrando baixos índices de audiência para o SBT.

Segundo os dados prévios da grande São Paulo, a novela de Tiago Santiago,  marcou 4.2 de média com 6.7% de participação. A Rede Globo obteve o primeiro lugar com  29.4, a Record o segundo com 11 pontos  a Band com 5.2 pontos no Ibope.

Os dados são prévios e podem sofrer alterações nos consolidados.

Lembrando, cada ponto no ibope representa 60 mil domicílios na Grande São Paulo e os dados servem como referencia para o mercado publicitário.

@srgoes

“Vidas em Jogo” registra o segundo lugar nesta segunda (25/07)

A telenovela foi vice-líder isolada com 11 pontos

A exibição de “Vidas em Jogo” segue mantendo os índices para Record.

De acordo com dados prévios da grande São Paulo, a telenovela da emissora dos bispos obteve média de 11 pontos. No mesmo horário, o SBT obteve o terceiro lugar com 7 pontos. A Globo ficou em primeiro com 31.2.

Os dados são prévios e podem sofrer alterações nos consolidados.

 Lembrando, cada ponto no ibope representa 60 mil domicílios na Grande São Paulo e os dados servem como referencia para o mercado publicitário.

Fórum Na Telinha

Beijo gay masculino é cortado no SBT

amor e revolução

O beijo gay masculino entre Jeová (Lui Mendes) e Chico(Carlos Thiré), previsto para o dia 7 de julho, não vai ser exibido na novela “Amor e Revolução”. Segundo Tiago Santiago, a decisão partiu do dono da emissora, Silvio Santos.

Em maio, o folhetim exibiu o beijo entre Marcela(Luciana Vendramini) e Marina (Gisele Tigre), foi uma maior polêmica. Mas mesmo com o beijo gay, não aumentou o ibope de “Amor e Revolução”, que até hoje consolida 5 pontos.

“O beijo entre os dois rapazes seria um passo além do beijo lésbico” disse o autor.
A história do casal gay, ainda será contada, mas apenas com carícias.

Com informações da coluna Zapping. 

Patrícia de Sabrit ganha novo personagem em “Amor e Revolução”

A atriz Patrícia de Sabrit reaparecerá nos próximos capítulos de “Amor e Revolução”.

Ela, que viveu a sofrida Olívia na trama, volta como Violeta, provável irmã da desapareceida. Para o novo personagem, a atriz usará cabelos curtos e mais escuros.

“Amor e Revolução”, de segunda a sexta, às 22h30, no SBT.

Essas informações são do site O Planeta TV

Amor e Revolução atinge baixa audiência e perde para a Band

De acordo com dados prévios da grande São Paulo, “Amor e Revolução” registrou baixos índices de audiência para o SBT, nesta segunda (20/06), a trama marcou 4.5 de média com e 7% de participação. No mesmo horário Globo liderou com 28.6, a  Record ficou na vice-liderança com 10.1  e a  Band em terceiro  marcou 6.0 pontos.

Vale lembrar que cada ponto no  Ibope representa aproximadamente 60 mil domicílios na capital paulista,  dados que servem como referência para o mercado publicitário.

Os índices são prévios e podem sofrer alterações no consolidado.

Dados: Fórum NaTelinha
Redação – O Canal TV!

Amor e Revolução seguirá o caminho mais humorado

O dono do SBT, Silvio Santos, reclamou do baixo desempenho da novela “Amor e Revolução” em reunião nesta terça-feira, no Complexo Anhanguera. Silvio fez a queixa diretamente ao autor da novela, Tiago Santiago, que se prontificou a efetuar várias mudanças.

A despeito da repercussão e polêmica que a novela desencadeou na internet, “Amor e Revolução” não passa de cinco pontos de média na Grande São Paulo. Cada ponto equivale a 58 mil domicílios assistindo à história, que se passa na ditadura militar.

Dentro de duas semanas a novela sofrerá uma guinada de 180 graus. Diálogos sobre política, personagens discursando para criar contextualização histórica, assuntos referentes a millitares serão praticamente abolidos da história. Em seu lugar haverá mais cenas de humor, amor e outros relacionamentos.

O autor decidiu ainda que as personagens de Luciana Vendramini e Gisele Tigre (Marcela e Mariana) terminarão juntas –talvez com direito a casamento– e que haverá mais cenas “lésbico-eróticas” entre elas.Procurado pela reportagem nesta tarde, Santiago não quis comentar sobre a “bronca” de Silvio Santos, mas confirmou que a novela terá algumas mudanças de rumo. “Nós de fato vimos várias pesquisas, e as pessoas à noite querem rir, se emocionar. Vamos acabar com o tema político mesmo”, admitiu Santiago, que acrescentou: “Nunca mais vou fazer novela sobre política”.

 

 

 

 

Amigas e Rivais dá mesmo ibope que Amor e Revolução

Divulgação/SBT

Trama da tarde, em reprise, tem índice semelhante ao do folhetim inédito em horário nobre.

A reapresentação da novela Amigas e Rivais, que teve seu 31º capítulo exibido na tarde desta segunda-feira (6), no SBT, tem conseguido a mesma audiência de Amor e Revolução, trama inédita e exibida no horário nobre do canal de Silvio Santos.
Segundo a assessoria de imprensa do SBT, Amigas e Rivais – escrita por Letícia Dornelles (atualmente na Record) e levada ao ar originalmente em 2007 -, tem médias oscilando entre cinco e seis pontos no Ibope São Paulo, onde cada ponto equivale a 58 mil domicílios. Os números garantem o segundo geral de audiência para o SBT.

Exibida de segunda a sexta das 14h15 às 15h, a trama cravou média de cinco pontos na terça-feira (31 de maio), quatro pontos na quarta-feira (1 de junho), cinco pontos na quinta-feira (2) e a mesma audiência no dia seguinte (3). Amigas e Rivais teve 143 capítulos.

Amor e Revolução, de Tiago Santiago e levada ao ar às 22h15, marcou cinco pontos no dia 31 de maio, cinco no dia seguinte, seis na quinta-feira (2) e seis na sexta-feira (3).

Segundo a coluna Zapping, do jornal Agora S.Paulo, desta segunda-feira (6), a autora de Amigas e Rivais está feliz com o sucesso da reprise e resolveu atualizar as sinopções de duas novelas que estão em sua gaveta.

Essas informações são do Portal R7

“Amor e Revolução” disputará diretamente com “Insensato Coração”

O grande trunfo do SBT para alavancar a audiência no horário nobre terá uma nova rodada.

A novela “Amor e Revolução” pode disputar diretamente com “Insensato Coração”, pois deverá ir ao ar às 21h45 até 22h30.

Isso vai ocorrer na próxima terça-feira (07), como um teste, aproveitando a exibição do futebol pela TV Globo. Claro que, se dar certo, vai ser fixo na grade. Aí o confronto será direto com a novela da Globo. Muitos acham que isso pode ser suicida.

Enquanto isso, o “Programa do Ratinho” vai contar, na terça, com apenas 30 minutos de duração com início às 21h15 até 21h45 e pode entrar em dois tempos na grade do SBT, caso dê certo a estratégia. A discussão ainda é baseada nos resultados do teste de terça.

Atualmente, a novela passa por dificuldades na audiência.

EM TEMPO
“Amor e Revolução” sempre começa após terminar “Insensato Coração”, isso é considerado uma boa estratégia, já que o público troca de canal.                              
 Com informações do “Protal PS”

%d blogueiros gostam disto: