Celso Zucatelli pede desculpas pela falsa notícia da morte de Amim khader

Imagem

Francisco Almeida – O CanalTV!

Depois da falsa notícia divulgada nos meios de comunicação sobre a morte de “Amim Khader”, principalmente no “Hoje em Dia” da Record, o apresentador “Celso Zucatelli” na manhã desta quarta-feira(29/06) pediu desculpas AO VIVO pelo falsa notícia exibida no dia anterior. O “Jornalísmo Verdade“, pagou mico ao dizer que o comediante havia falecido, quando na verdade tudo não passava de um engano.

Agora, quando o “Amim Khader” realmente “bater as botas”, será se alguém ainda vai acreditar nisso? Pelo menos vindo da Rede Record e de outros meios de comunicação, vai ser meio duvidoso. Afinal, quando é  acreditam no mentiroso, mesmo quando ele fala a verdade?

Um ponto de interrogação na cabeça de cada um.

BOMBA: Boato da falsa morte de Amin Khader foi plantado por ele próprio afim de ‘auto-divulgar’ estreia de novo quadro na Rede Record

O boato sobre a morte de Amin Khader, contratado da Record Rio, foi fabricado por ele próprio. A reportagem apurou que Khader, 52 anos, ajudou a fabricar a versão e estimulou sua divulgação. O motivo seria chamar a atenção para si, e turbinar sua estreia em novo quadro no “Hoje em Dia” (versão Rio), que aconteceria nesta quarta-feira. Procurada, a assessoria da Record informou não ter conhecimento da farsa, e afirmou que estava tentando falar com o repórter-humorista desde a manhã. Para forjar a morte, Khader, que também fez pontas no “Show do Tom”, contou a uma amiga e um amigo a “pegadinha” que tinha em mente. Os amigos então passaram a “soprar” sobre a morte de Khader verbalmente. Contaram a vários cariocas. A repercussão explodiu em poucos minutos, por meio do Twitter de um comediante. Alguns minutos depois, o “Hoje em Dia”, em São Paulo, anunciou a morte com os apresentadores visivelmente chocados. Na noite desta terça, o morto-vivo também aproveitou para dar entrevista ao vivo a José Luiz Datena, no “Cidade Alerta”, na qual disse que tudo não passou de uma “grande confusão”.

https://i1.wp.com/f.i.uol.com.br/folha/ilustrada/images/11179622.jpeg

HISTÓRICO DE MENTIRAS

Khader já ajudou a forjar outros “flagrantes”, como o inexistente romance que simulou com a ex-modelo Nana Gouveia. O falso furo ocorreu em junho de 2007, e foi captado por um câmera previamente informado de dia, hora e local em que os “namorados” apareceriam. Para tornar a história mais atraente, Nana fez topless e muitas poses para o fotógrafo. As dezenas de fotos de ambos, ela com seios siliconados à mostra e fio dental, foram durante dois dias seguidos as fotografias mais acessadas da internet no Brasil. Khader também já trabalhou na Band. Até ontem, uma procura por seu nome na internet apontava em torno de 25 mil resultados. Após a “morte” de mentira, esse número passou para mais de 200 mil nesta terça-feira.

Com informações do Ricardo Feltrin da Folha Ilustrada.

%d blogueiros gostam disto: