Globo é acusada de plágio por “Império”

image

A Globo novamente é acusada de plágio por uma telenovela. Segundo a coluna de Lauro Jardim, a emissora recebeu uma notificação extrajudicial por conta de “Império”, após acusação de cópia feita pelo roteirista Mikael Faleiros.

O profissional alega que uma cena veiculada em julho, envolvendo o núcleo de um travesti, possivelmente o de Xana (Ailton Graça), imitou descaradamente “A Glória e a Graça”, longa que contava com Rogério Gomes, diretor de “Império”, na produção.

Ainda de acordo com Faleiros, Gomes participou durante alguns meses das reuniões, mas preferiu dedicar-se a outros projetos na emissora carioca. Questionada, a Globo afirmou que o folhetim é uma obra original do autor Aguinaldo Silva.

SBT não se pronuncia sobre acusação de plágio

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120218144846.jpg
Depois da repercussão sobre a notícia divulgada pela imprensa na última semana, de que Silvio Santos está sendo acusado de plágio, a assessoria de imprensa do SBT não quis se pronunciar sobre o assunto, segundo o Portal a Imprensa.
 
O autor do processo é o jornalista Alberto Luchetti, que acusa a emissora de ter usado no “Aqui Agora”, em 2005, um projeto de sua autoria.
 
Na ação, Luchetti pede uma indenização e diz ter perdido a oportunidade de negociar o formato com outros clientes.
O extinto programa Aqui Agora está sofrendo uma acusação de plágio.

“BBB 12”: eliminado João Maurício defende-se contra acusação de homofobia

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120215093537.jpg

 

De acordo com o NaTelinha, eliminado com 52% dos votos, João Maurício concedeu uma entrevista logo após deixar o confinamento.

Com detalhes, ele falou sobre sua relação com João Carvalho. O pecuarista admite que não teve muita afinidade com o mineiro e que isso fez com que eles se afastassem naturalmente. “Acho que ele sentiu que eu deixei transparecer que não tinha afinidade com ele. Mas sempre fui muito educado”, opina.

Recentemente, Renata e Monique acusaram João Maurício de ser homofóbico e discriminar João Carvalho. João Mauricio nega: “eu não o discriminei em hora nenhuma. Não sou homofóbico. Ele tinha que justificar de alguma forma para votar em mim. Ele achou essa forma”, defende-se. “Eu sempre disse que os gays são as melhores pessoas para serem amigas desde que respeitem e entendam que o que rola é só amizade”, completa o ex-brother.

Ainda sobre o mineiro, o pecuarista conta por que votou nele e o acusou de não ter palavra – No último Paredão, JOão Carvalho prometeu não votar em João M., mas na hora da votação acabou não cumprindo a promessa.

“Em nenhuma hora eu falei que não votaria nele, mas ele sim”, justifica. Sobre os brothers da Selva, João Mauricio acredita que Yuri e Rafa são bem parecidos no sentido de articular o jogo.

Já falando sobre o motivo que o levou para o Paredão, o goiano prefere atribuir ao modo como o quarto Praia conduziu o jogo. “Houve uma maior união de um grupo e do nosso lado houve uma divisão de votos”. 

Ele ainda critica a postura de Kelly e Fabiana, dizendo que elas não quiseram se comprometer pois já estavam garantidas para a próxima semana: “uma atendeu ao Big Fone, e a outra ficou sabendo que não seria votada. Estavam tranquilas”.

Por outro lado, João Maurício elogio outros integrantes do Praia: “torcida é óbvia e clara para Fael e Jonas”. O pecuarista acredita que o vencedor do “BBB 12” deve levar o prêmio pelo seu caráter e não por merecimento. 

Ele ainda explica que não tinha motivos para esconder os bens que possui como trunfo para ganhar, e dispara: “não passaria por cima do meu caráter por causa do prêmio”. 

Finalizando, João Maurício ainda comentou sobre seu estilo de falar demais, fato que levantou várias brincadeiras dos brothers na casa. Ele esclarece: “realmente eu falo muito. Gosto de tudo muito explicadinho para que não deturpem o que eu falo”.

%d blogueiros gostam disto: