“Não posso viver numa bolha”, diz Marina Ruy Barbosa sobre exposição

maria

Namorando o empresário Caio Nabuco, Marina Ruy Barbosa tem compartilhado foto com amado em seu Instagram. No entanto, os fãs da atriz sempre se lembram do romance dela com Klebber Toledo. A estrela afirmou que não se preocupa com as críticas.

“Eu procuro ser discreta, mas sou jovem, não tenho o que esconder. Postar fotos é uma coisa natural da minha idade. Não posso viver numa bolha, deixar de fazer coisas. Não posso me privar de ser feliz por ser uma pessoa pública. Acho que o bacana da vida é amadurecer e ir se transformando”, disse ao jornal “O Globo”.

A artista também comentou a nova fase de Maria Isis, em “Império”. A ninfeta terminará o relacionamento José Alfredo (Alexandre Nero) por uma armação da mãe, Magnólia (Zezé Polessa). Ao descobrir a verdade, ela romperá com a família.

“ Já gravei a cena em que ela briga feio com a mãe. Foi tenso, mas muito bacana. E o casal deu certo. As pessoas estão torcendo. No início da novela, eu e Nero ficávamos nos perguntando qual seria a reação, se o público aceitaria. Normalmente as pessoas têm um pouco de preconceito. Para nossa surpresa, foi ótimo.”

“A Praça é Nossa”: Carlos Alberto anuncia nova “regrinha” para o programa

O humorista René Vanorden, que interpreta Lebre Camargo, e Carlos Alberto de Nóbrega no programa "A Praça É Nossa" (10/3/10)

O número 1 de “A Praça é Nossa”, Carlos Alberto de Nóbrega, está mais rígido em relação aos humoristas que também colaboram no texto do programa.

Segundo ele, a partir de agora, todos deverão entregar o seu material no mesmo dia dos redatores titulares.

E ainda por escrito, fechou questão: “Aquele que não tiver nem tempo, nem disposição, nem uma boa ideia está dispensado da gravação. Todos somos iguais.  Se  os redatores  do  programa  podem  e entregam uma média de 20 quadros  por  semana  religiosamente em dia, não vejo motivo nem razão para que vocês não ajam da mesma forma… Se cada um fizer o que bem entender isso, o programa, vira uma torre de babel”.

Encerrando o recado, Carlos Alberto ainda jogou duro contra aqueles que não decoram texto: “Para todos: o ‘não estar decorado’ no ensaio dos textos é uma falta de respeito a minha pessoa”.

Nota feita pelo colunista Flávio Ricco.

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: