A nova temporada do Tá no Ar: A TV na TV começa nesta quinta-feira

Sucesso no ano passado, a nova temporada do Tá no Ar: A TV na TV começa nesta quinta-feira, conforme a coluna já tinha antecipado. Entre as novidades, destaca-se os novos quadros A Vingança dos Famosos, em que celebridades tietam anônimos em seu momento de lazer, e Barracos da Bíblia, onde conflitos de personagens bíblicos são debatidos num programa sensacionalista.

Sobre essas novidades e também expectativa de manter o sucesso do humorístico, a coluna bateu um breve papo com os protagonistas e redatores finais do programa, os atores Marcius Melhem e Marcelo Adnet.

Telinha em Pauta: Quais são as novidades mais bacanas dessa segunda temporada?

Marcius: Além de quadros novos, uma característica desta temporada é o número grande de participações. Temos muitos convidados que toparam brincar com a gente. No episódio um, a gente tem Regina Duarte, Bruno Gagliasso e Lulu Santos. Durante a temporada, tem Antonio Fagundes, Serginho Groisman, Alexandre Nero, Cissa Guimarães, Edson Celulari e muitos outros. Vamos ter uma ‘Malhação Épocas’ através dos tempos. Como seria uma novela adolescente no Brasil Colônia, na Renascença, entre outros, e em todas as épocas tem o Mocotó sendo interpretado pela André Marques. ‘Malhação’ estreia no episódio dois. Temos ainda um programa sensacionalista chamado ‘Barracos da Bíblia’, com uma apresentadora que resolve casos da bíblia; tem o ‘Vingança dos Famosos’, em que artistas abordam anônimos os incomodando nos lugares mais inóspitos.

Adnet: Essa temporada tem mais música. Inclusive temos vários clipes cantados.

Telinha em Pauta: A responsabilidade é maior agora já que o programa foi um dos sucessos de 2014?

Marcius: O desafio dessa segunda temporada é não perder o ar de novidade e trazer um frescor. Nós tivemos o desafio de manter o que era bacana na segunda temporada e criar quadros novos, o que não foi complicado pois temos uma equipe de redação absurdamente qualificada.

Adnet: Fazer uma linha “politicamente correto” é uma “desinteligência”. No mundo de hoje, onde temos a internet onde tudo pode e todo mundo pode falar, porquê a televisão não pode seguir esse caminho? Acho natural que ela siga esse caminho porque a TV é moderna, é natural falar dos dias de hoje.

%d blogueiros gostam disto: