Record define faixa de exibição de “A História do Rei Davi”

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20110930202804.jpg

A Record já definiu detalhes de exibição de sua nova minissérie bíblica, “A História do Rei Davi”. Adaptada por Vivian de Oliveira (de “A História de Esther”), a trama será exibida de janeiro a março, às terças e quintas, na faixa das 23h. Inicialmente, a minissérie terá 25 capítulos, porém a emissora estuda a possibilidade de esticá-la para 29, devido ao bom trabalho exercido pela autora.De acordo com a coluna Outro Canal, a Record já está comercializando as cotas de patrocínio da minissérie, que custa R$ 12 milhões no preço de tabela.Atuarão em “A História do Rei Davi” nomes como Renata Dominguez, Leonardo Brício, Daniel Andrade, Bianca Castanho, Thierry Figueira e Gracindo Jr.Além de gravações no Rio de Janeiro, as quais já estão ocorrendo, também estão previstas cenas no Canadá, cujas gravações deverão ocorrer ainda neste mês.

Essas informações são do site NaTelinha

“A História do Rei Davi” Custará R$ 25 milhões, elenco já escalado

A autora da minissérie, Vivian de Oliveira. (Reprodução)

A Record já finaliza a pré-produção de sua próxima minissérie bíblica, “A História do Rei Davi”. Escrita por Vivian de Oliveira, a produção terá 25 capítulos e começa a ser rodada a partir do próximo mês. Assim como aconteceu em “Sansão e Dalila”, a história terá cenas rodadas fora de São Paulo. Segundo o diretor de dramaturgia da emissora, Hiran Silveira, até o fim da semana as locações devem ser definidas. O investimento será mais uma vez vultoso: “Rei Davi” deverá custar R$ 25 milhões”. “Mas a minissérie se paga tranquilamente, seu custo é cerca de um quarto do valor de uma novela”, diz Silveira.

O elenco já começou a ser escalado. Leonardo Brício será o protagonista. Rodrigo Phavanello, Cacau Melo, Thierry Figueira, Bianca Castanho, Sônia Lima e Gracindo Jr. também já ganharam papéis. Três atores saídos da oficina de atores da Record também já garantiram seus personagens. A ideia é começar a aproveitar os jovens e revelar novas caras na emissora. Além disso, com a produção deve se firmar o hábito de, em todo começo de ano, exibir uma produção baseada em histórias bíblicas. “Acho que essa temática não se esgota”, afirma Silveira. “Rei Davi” deve estrear em janeiro.

Com informações da coluna NaTV.

%d blogueiros gostam disto: