PROGRAMA BRUNO ARANTES – TEMA: O ACERTO DA BAND

Em meio a tantas dúvidas porém apostando em otimismo, a Rede Bandeirantes estreou a novela turca “Mil e Uma Noites” no horário das 20h30, ao suceder o telejornal “Jornal da Band” e tudo indica, segundo os índices das últimas semanas, a trama vem conquistando boa audiência e angariando faturamento ao canal.

A emissora de Jhonny Saad visando o que iria ocorrer no Horário Nobre, resolveu antecipar a estreia da trama para o dia 09 de março e este já foi um acerto pois não disputou com o início da reexibição de “Carrossel” e nem com a inédita novela “Os Dez Mandamentos” da Rede Record.

A surpresa maior foi que “Mil e Uma Noites” praticamente dobrou os índices do canal na mesma faixa horária e ainda “reagiu” as atrações posteriores do Horário Nobre da Rede Bandeirantes e a audiência obtida pela mesma nesta última segunda (30), tendo sido 3,5 de média com picos de 4,2 pontos, apenas reforça que acertaram “em cheio” e têm tudo para estabelecer este horário dedicado às novelas, como já fazia há alguns anos o SBT e por último agora pratica a emissora dos bispos.

Os críticos televisivos apontam que  “Mil e Uma Noites” ainda possui potencial de crescimento principalmente na sua fase final e muitos dentro da Rede Bandeirantes ainda apostam “incomodar” a concorrência pois a história envolvendo a protagonista Sheherazade tem todos os predicados para “prender” os telespectadores no sofá.

* Essa coluna é diária, postada às 21 horas e o conteúdo e de inteira responsabilidade do autor mencionado.

* Realização: https://ocanal.wordpress.com

Crise na Rede Bandeirantes

Resultado de imagem para CRISE REDE BANDEIRANTES 2015

Os críticos televisivos assim como o público observam assustados a crise que chegou na Rede Bandeirantes no último mês que vem devastando a sua programação e banindo alguns programas, além de loteamento de “enlatados” em praticamente todas as faixas horárias.

O canal de Jhonny Saad viveu uma boa fase há poucos anos atrás com atrações que conquistaram um público diversificado com a estreia de “CQC”, “E24”, “Polícia 24H”, “A Liga” e ainda angariava premiações até mesmo no tradicional programa “Troféu Imprensa” exibido anualmente pelo SBT e apresentado por Sílvio Santos.

A emissora viu-se congratulada por ter trazido à televisão aberta brasileira, o humor mesclado com política do “CQC” onde na sua primeira temporada os índices foram surpreendentes, assim como o reality que “pregou” os telespectadores à frente da TV onde exibia o dia a dia de um hospital e logicamente os atendimentos urgentes no programa “E24”, seguindo o mesmo formato porém exibindo a rotina diária dos policiais no “Polícia 24H” também garantiu boas críticas e audiência boa principalmente no seu princípio e ainda “A Liga” angariou o telejornalismo realístico ao abordar profundamente temas polêmicos de cunho cotidiano da população.

Em meio a esta boa fase, o canal ainda estreou outras atrações porém algumas não emplacaram e outras visionaram nomes aos quais hoje pertencem à outras emissoras como por exemplo o Danilo Gentilli que além de ter sido vencedor do “Troféu Imprensa”, ainda conseguia frequentemente a vice-liderança e com altos picos de audiência fazendo com que o mesmo posteriormente fosse contratado pelo SBT.

Porém, atualmente a Rede Bandeirantes vivencia agoniante crise tanto financeira quanto de identidade e os efeitos já começam a ser visíveis também nos índices do IBOPE onde apenas três diárias atrações sustentam a média-dia que é o esportivo “Jogo Aberto” e os telejornais “Brasil Urgente” e “Jornal da Band”.

Para Rede Bandeirantes, nestas atuais circunstâncias com longínqua esperança de recuperação, tudo indica que o futuro apenas à DEUS pertence.

Por Bruno Arantes

Programa Bruno Arantes – Tema: Mil e Uma Noites

A Rede Bandeirantes estreou na noite desta última segunda (09) a trama turca “Mil e Uma Noites” com o objetivo de disputar o horário com a exibição da novela inédita “Chiquititas” do SBT e a Rede Record também planeja transmitir uma trama inédita, enquanto na Rede Globo é exibido o “Jornal Nacional” e na RedeTV! o tradicional programa “TV Fama” que aborda sobre a vida das celebridades.

Nota-se que esta faixa horária das 20h30 é bem disputada e tende afetar diretamente a emissora da Família Marinho, pois maior concorrência faz com que os índices tendem a se pulverizarem e não monopolizarem à apenas um canal.

A emissora de Jhonny Saad está otimista em relação a “Mil e Uma Noites” pois têm o pleno conhecimento que a mesma por ter um enredo mais forte e apelativo, possa cair no gosto do público brasileiro como por exemplo tornou-se sucesso em vários países como Chile. Argentina e Colômbia.

Logo em sua estreia, a trama obteve bons índices no IBOPE e alavancou consideravelmente esta faixa comparando-se à semanas anteriores porém a própria direção artística da Rede Bandeirantes ainda prefere agir com cautela e aguardar as próximas semanas para que assim possam de fato concluir se houve ou não consolidação dos telespectadores.

Vale ressaltar que segundo o próprio diretor geral de programação da Rede Bandeirantes, o Guebel, já declarou em algumas entrevistas que caso a trama consolide o público no horário, haja visto que há mais duas outras novelas compras para ser sucessoras e consequentemente pode provocar até futuros investimentos da emissora no setor de teledramaturgia.

* Essa coluna é diária, postada às 21 horas, no intuito de provocar debates entre os leitores do O CanalTV! sobre a televisão aberta brasileira e o conteúdo e de inteira responsabilidade do autor mencionado.

As Estreias e suas respectivas audiências

audic3aancia-da-tv

Houve três novelas estreando nesta segunda (09) na Televisão aberta brasileira, sendo “Sete Vidas” na Rede Globo, a tarde ocorreu o início de “Maria Esperança” e também na faixa noturna a Rede Bandeirantes deu a “largada” de “Mil de Uma Noites”.

Com o objetivo de alavancar os índices na faixa horária das 18 horas, a emissora da Família Marinho estreou com festa a trama “Sete Vidas” que segundo os dados consolidados do IBOPE, obteve 19,8 pontos de média, índice este de relevância ao se comparar com a sua antecessora “Boogie Oogie” porém, na prévia desta terça (10), a novela decresceu e “ficou” com apenas 16,5 de média com picos de 19.

O SBT reestreou “Maria Esperança” que a partir da próxima semana terá a missão de manter e/ou aumentar a audiência “deixada” pela trama “Esmeralda” e obteve índice satisfatório de 5,7 de média, enquanto segundo os dados prévios desta terça (10), a trama oscilou negativamente e não conseguiu “segurar” a Vice-Liderança durante o seu horário de exibição.

A Rede Bandeirantes “afim” de consolidar público às 20h30, ao concorrer com “Chiquititas” do SBT, o “Jornal da Record” da Rede Record” e o “Jornal Nacional” da Rede Globo”, determinou estreia da trama turca “Mil e Uma Noites” e mesmo assim obteve boa audiência para seus habituais padrões, sendo 3 pontos de média e o que isso é considerável ao afirmarmos que anteriormente recebia menos de um ponto com a atração religiosa apresentada por R.R Soares.

As Estreias obtiveram boas audiências porém ainda é muito cedo para comemorar tais índices pois em se tratando de IBOPE e a Televisão Aberta Brasileira, tudo pode vir acontecer.

*** Não deixe de ler minha coluna intitulada de “Programa Bruno Arantes”, postada diariamente às 21 horas, aqui no O CanalTV!.

Bruno Arantes

Dan Stulbach estreou no programa ‘CQC’

Dan Stulbach estreou no programa ‘CQC’ na noite de segunda-feira (9), na Band, ao lado Rafael Cortez e Marco Luque. Acostumados com os sete anos de Marcelo Tas na apresentação, muitos internautas afirmaram que Stulbach não estava à vontade no posto e estava imitando alguns trejeitos do antigo âncora.

Foto: Divulgação

O programa durou quase duas horas e misturou quadros novos com os tradicionais e chegou ao segundo lugar nos TT’s do Twitter Brasil. O episódio também marcou a volta de Rafael Cortez ao programa, que apresentou o seu tradicional CQTeste, quiz em que uma personalidade responde diversas perguntas dos mais variados temas.

O CanalTV! recomenda

Não deixe de ler a segunda Edição da coluna “Programa Bruno Arantes” que será postada às 21 horas, o tema abordado é sobre a estreia da trama “Mil e Uma Noites” que ocorreu neste última segunda (09) na Rede Bandeirantes.

“Jornal da Noite” conta a história da nova novela da Band: “Mil e Uma Noites”

%d blogueiros gostam disto: