Globo pode derrubar toda a programação para cobrir votação de impeachment


As emissoras abertas estão se programando fortemente para cobrir a votação que pode afastar a presidente Dilma Rousseff (PT) do cargo de presidente da República neste domingo (17).

A Globo, principal emissora do Brasil, poderá derrubar toda a sua grade de programação para a transmissão da votação. A cobertura deve começar antes mesmo de 14h, horário marcado para o início do pleito. William Bonner comandará os trabalhos, que irão se estender até o fim dos votos na Câmara dos Deputados, por volta das 21h.

O “Fantástico”, ancorado por Poliana Abritta e Tadeu Schmidt, está sendo divulgado com horário fixo, diferente do que normalmente acontece, “depois do Faustão”. O apresentador, por sua vez, praticamente não tem tido chamada de seu “Domingão” na grade de programação. E o futebol foi antecipado para sábado (16), à pedido da Globo.

A emissora afirmou que para domingo não há grade definida, dando prioridade total para a cobertura ao vivo.

“Não temos grade definida para domingo. Estamos preparados para a cobertura ao vivo da votação no plenário da Câmara, a exemplo do que aconteceu em 1992. A programação ficará à mercê do noticiário. Todos os programas estarão a postos para entrar ou sair, dependendo dessa cobertura”, disse.

Participe do CTV. Deixe seu comentário! Você pode fazer login usando nome/e-mail, ou usando sua conta do Twitter ou Facebook. Faça bom uso deste recurso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: