Ronaldinho, seu irmão e empresário Roberto Assis, são multados por crime ambiental em Porto Alegre


ronaldinho e empresario

O meia Ronaldinho, seu irmão e empresário Roberto Assis, e a empresa Reno Construções e Incorporações foram condenados nesta sexta-feira pelo Ministério Público por cometerem crime ambiental em Porto Alegre. Além de determinar a retirada de um trapiche com plataforma de pesca e atracadouro construídos indevidamente na superfície do Lago Guaíba, a Justiça do Rio Grande do Sul condenou todos a pagar R$ 800 mil para o Fundo Estadual do Meio Ambiente.

Os réus terão de demolir a construção, feita com muros e pedras, em local que é considerado uma Área de Preservação Permanente (APP). Caso haja novas construções em locais que ultrapassam a propriedade de Ronaldinho, o descumprimento por intervenção será de R$ 500 mil.

Apesar de caber recurso, Roberto Assis afirmou ao ‘G1’ que “todos aceitaram a decisão e por isso não contestaram e demoliram as obras irregulares”.

Participe do CTV. Deixe seu comentário! Você pode fazer login usando nome/e-mail, ou usando sua conta do Twitter ou Facebook. Faça bom uso deste recurso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: