Venda da casa de Clodovil em Cotia paga indenização à Marta Suplicy


A Senadora Marta Suplicy ganhou uma ação contra o artista por difamação

Pensa que os R$ 370 mil arrecadados com o leião – ocorrido na sexta-feira (13) – de objetos de Clodovil Hernandes pagam toda a dívida deixada por ele? Que nada! Desse valor, 20% (R$ 46 mil) vai para o leiloeiro. Os R$ 324 mil serão destinados à manutenção da mansão do artista, estilista e político em Ubatuba, no Litotal Norte Paulista: caseiro, seguranças, contas de água, luz e impostos. Isso, até que saia a decisão da justiça sobre o destino do imóvel, que ainda corre o risco de ser demolido por problemas ambientais. Do valor do leilão ainda serão pagas despesas com o cemitério onde Clodovil está enterrado, guarda-móveis e cofre de banco que ainda guardam os objetos vendidos até sua liberação aos compradores.

Mas as dívidas deixadas pelo polêmico Clodovil não param por ai. Além das trabalhistas movidas por antigos funcionários, em torno de R$ 80 mil, ainda existe uma indenização a ser paga à Senadora Marta Suplicy, em torno de R$ 230 mil. Para o pagamento específicamente dessas dívidas, será utilizado o dinheiro da venda da casa do artista em Cotia, no município paulista. Segundo Maria Hebe Queiróz, advogada do espólio de Clodovil, o imóvel está praticamente vendido por R$ 560 mil.

“O comprador passará no meu escritório ainda esta semana para dar uma entrada do valor total, já que o juiz autorizou a venda.”

A indenização à Marta Suplicy refere-se a uma ação, movida em 2004, por injuria e difamação, contra Clodovil. Na ocasião, o apresentador, que comandava o programa A Casa é Sua, na RedeTV!, tomou as dores do cantor Aguinaldo Timóteo, que foi impedido por fiscais da prefeitura de vender seus discos no Centro de São Paulo, cidade da qual, na época, Marta era Prefeita.

“Esta senhora tem ‘know-how’ para ser prefeita daqui? Que ‘know-how? Ela canta, ela pinta, ela borda? O que ela faz? (…) Uma idiota que pensa que é poderosa? Eu não tenho medo. Me processe, me prenda”, declarou Clodovil na época.

Alguns anos depois, Marta ganhou a ação, que era de R$ 80 mil, mas que por não ter sido paga aumentou para cerca de R$ 230 mil, como contou Maria Hebe.

A advogada de Clodovil só receberá os honorários no final de todo o processo de venda do património, incluindo a dívida que a RedeTV! tem com seu ex-funcionário, que ainda tramita na justiça, no valor em torno R$ 3 milhões.

“Quando essa indenização da RedeTV! for paga é que vamos decidir como será feita a criação da Fundação Clodovil Hernandes”, conta a advogada, explicando ainda que outros objetos pessoas de menor valor do artista e político devem ser destinados à fundação ou ainda à venda.

“Roupas e acessórios dele já pertencem à fundação e outros objetos de menor valor da casa ainda podem ser vendidos em leilão ou família vende-se, dependendo da decisão do juiz”, finaliza Maria Hebe.

Sobre ivanoliveira17
Sou quem sou e como sou....

One Response to Venda da casa de Clodovil em Cotia paga indenização à Marta Suplicy

  1. bender says:

    Longe de ser psdebista, mas uma ptista como a marta suplicy deveria ser a favor da liberdade, e não contra, lamentável como o marketing eleitoral engana o povo, na eleição são um, depois que se elegem são outras pessoas.
    Pensando bem, o agnaldo deve fazer oposição a ela, então foi apenas uma vingança. Pois é né, falar a verdade no brasil da processo.

Participe do CTV. Deixe seu comentário! Você pode fazer login usando nome/e-mail, ou usando sua conta do Twitter ou Facebook. Faça bom uso deste recurso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: