Sua nota para: Adriane Galisteu


Adriane Galisteu nasceu em São Paulo, em 18 de abril de 1973. Ela iniciou sua carreira artística aos nove anos de idade, quando fez um anúncio para a rede de restaurantes Mc’Donalds. Depois, em 1987, já adolescente, participou do conjunto Meia Soquete, um grupo do estilo As Melindrosas, ou A Patotinha.

Adriane, no entanto, só ficou famosa quando, já moça, teve um relacionamento amoroso com o piloto Airton Senna. Isso a impulsionou na mídia, principalmente por causa de seu aparecimento, quando dos funerais do piloto, pois ela foi proibida de ficar junto aos familiares e amigos dele no velório.Xuxa Meneguel, a apresentadora, era ex-namorada de Senna, e a mídia optou por focá-la, em detrimento de Adriane. Mas isso a fez ainda mais citada por todos, pois ela ficou apenas na fila dos fãs, na hora do enterro.

Em televisão, Adriane Galisteu começou em 1995, em “Ponto G”, na Rede CNT. Em 96, fez no SBT:”Antônio Alves-Taxista”.Em 97, na Rede Manchete:”Xixa da Silva”, onde apareceu em muitas cenas de nu.

Em 1998, começou a carreira como apresentadora e fez: “Quiz MTV”, na MTV. Já em 99: “Superpop”, na RedeTV!.

Em 2000, na Record: “É Show”. Entre 2004 e 2005, no SBT: “Fora do Ar” e “Charme”. Nesse programa, Adriane Galisteu teve algumas dificuldades com o patrão Silvio Santos, pois ambos não se entenderam quanto ao formato do programa. Ela fez ainda os programas na tevê fechada:”Tirando Onda”, no Multishow e “Irritando Fernanda Young”, no GNT.

Já no ano de 2009, transferiu-se para a Rede Bandeirantes, aonde apresentou o “Todo Sexta”, até 2010. Depois, em 2011, apresentou o reality-show “Projeto Fashion” e atualmente apresenta o “Muito +”, este com formato idêntico ao “TV Fama”  da RedeTV!, ou seja, aborda notícias de famosos.

Em teatro, Adriane Galisteu começou em 1999, fazendo:”Deus Lhe Pague”. Fez “Dia das Mães”.Apresentou-se ainda em :”O Rim; “Nunca Se Sábado”;Às Favas Com Os Escrúpulos”.

Em cinema fez em 2005:”Coisa De Mulher”, e “Se Eu Fosse Você 2”.

Ela fez ainda muitos comerciais de TV, entre os quais, comerciais de cerveja e de xampus.

Adriane Galisteu também é madrinha de bateria de várias escolas de samba. Ela escreveu o livro:”O Caminho das Borboletas”, narrando o episódio de seu relacionamento com Ayrton Senna.

Nota escrita por Bruno Arantes

One Response to Sua nota para: Adriane Galisteu

  1. Anônimo says:

    Um absurdo essa senhora.

Participe do CTV. Deixe seu comentário! Você pode fazer login usando nome/e-mail, ou usando sua conta do Twitter ou Facebook. Faça bom uso deste recurso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: