Com bom humor e otimismo, Paulo Henrique Amorim destaca ascensão da classe C


Na abertura do evento, quinta à noite, o jornalista da Record apresentou a nova massa de consumo do Brasil e os diferenciais do mercado interno para manter o crescimento do país… 
(Da Assessoria/ACEFB)

Paulo Henrique Amorim 
(foto: assessoria)
 
 
Francisco Beltrão – Como não poderia ser diferente, a saudação da noite foi um “olá, tudo bem?”, típico bordão do palestrante, o apresentador Paulo Henrique Amorim, que lotou o auditório da Unioeste na abertura da Semana Empresarial de Francisco Beltrão.
Durante pouco mais de uma hora, Paulo Henrique falou sobre o bom momento que o Brasil vive no cenário econômico mundial, destacou a ascensão da classe C e também propiciou alguns risos ao se desculpar por não trazer a Ana Hickmann e logo de início fazer uma recomendação para afastar o pessimismo: “não durmam com o William Waack (apresentador do Jornal da Globo) e nem acordem com a Miriam Leitão (comentarista do Bom Dia Brasil)”. 
De acordo com Paulo Henrique, o Brasil se tornou uma típica sociedade capitalista de classe média, faixa da sociedade que nos últimos dez anos angariou 50 milhões de pessoas, mas o grande diferencial dos outros Brics (Russia, Índia e China), é que somos uma democracia. “E isso eu acho fantástico, digo, espetacular”, disse ele, ironicamente. “Portanto, as regras que submetem o país devem ser sob o interesse e aspiração de progresso da classe média”, completou o palestrante. 
Num momento em que os EUA estão receosos com sua dívida pública e a União Européia enfrenta uma crise e mal pode cobrir a previdência, o Brasil desponta com destaque, segundo Paulo Henrique, e isso, justamente por ter mercado interno consumidor, propiciado pelo aumento do salário e de empregos formais, os maiores números da história do país. “Não é uma crise de solvência, não vai quebrar os EUA. Ocorre que as empresas estão abarrotadas de dinheiro, os bancos cheios da grana, mas a empresa tem medo de vender e o banco medo de emprestar, porque o consumidor não está comprando com medo do desemprego. É mais que uma crise de confiança, é uma crise de desemprego, e o governo, com sua medida de restrição de gastos, não está se inspirando no Brasil para sair dessa”, disse Paulo Henrique.
“Já no Brasil, a situação é de apenas administrar os desafios da expansão econômica”, complementou ele. E a situação é ainda melhor que em 2008, pois agora temos U$$325 bilhões de reservas cambiais e somos o terceiro maior credor dos EUA, atrás de China e Inglaterra, além de em julho o salário médio do brasileiro ter registrado a histórica marca de R$1.610. 
É neste contexto que se insere a classe C, faixa dos que ganham entre R$1.500 e R$4.500, e que tem potencial de fazer o país crescer financiando seu mercado interno. Com base em um estudo encomendada pela Rede Record sobre a classe C, Paulo Henrique destacou algumas de suas características: “é mais jovem (entre 30 e 35 anos), mais miscigenada, concentra cerca de 50% da renda e um terço dessas famílias são comandadas pela mulher”. 
Durante a palestra, ele elencou alguns pontos importantes para o desenvolvimento do país, como o crédito para compra de veículos e imóveis, a mobilidade social dos estudantes universitários e retirada de profissionais da informalidade. Por fim, brincou com a esperança de a Hebe Camargo poder casar com o Roberto Carlos e destacou um estudo que diz que em poucos anos os Brics terão maior poder que todo o G7.

Sobre @Enricke_Oliver
Siga me no twitter @Enricke_Oliver. ( http://twitter.com/#!/enricke_oliver ) Faço parte do site O canal TV! Abraços (!!!)

10 Responses to Com bom humor e otimismo, Paulo Henrique Amorim destaca ascensão da classe C

  1. RECORD A PODRIDÃO DO BRASIL says:

    coitado, quanto ao crescimento da classe c concordo, mas nos outros aspectos é um otário falando o que mandam falar, emissora cretina emganosa tendeciosa mentirosa manipuladora podre imunda corrupta prepotente dessa vez não mostrou gráficos porque?

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. Fulano says:

    Globo… Globo… Globo…
    Ele não tira a Globo dá cabeça… Coitado!

  3. mario 100% record says:

    arrazou como sempre! Parabéns a esse extraordinário jornalista que para mim é um dos melhores do país hoje!

  4. isabely says:

    very good indeed! Paulo Henrrique Amorim é D+!

  5. sibeli Faia says:

    Gente! Como e q alguem tem coragem de colocar uma materia tao tendenciosa e manipuladora como essa nesse site? Ele so defendeu o q a sua emissora puxa saco do governo Dilma-Lula e do PT sempre faz, falar bem desse governo corrupto.
    O mais triste e ver q ele sempre tenta desmoralizar os jornalistas da globo em suas palestras ou entrevistas. Isso so mostra o seu despeito, ciumes e invenja dos profissionais q trabalham la. Tambem mostra q ele nao se conforma ate hj de sua demissao da emissora concorrente. Parece q ele vai levar essa frustracao pro tumulo, pois ele nuca esquece da Globo.

    • Anonimo says:

      ele é um puxa saco do “bispo” Macedo e do governo, não tem credibilidade nenhuma em setores respeitáveis da sociedade, deve morrer de vontade de voltar pra Globo, a emissora que lhe chutou

  6. dora says:

    se ele trabalha na pequena recor ele tem que defender ela não a globosta.

  7. Andrew Amaurick says:

    Esse Senhor, é um tremendo puxa saco, além de só falar bobeiras, se acha tão inteligente mas não passa de um simples jornalista da emissora mais fajuta desse país, credibilidade zero.

  8. olavo bruno says:

    Melhor mesmo é o Arnaldo Jabor e Diogo Mainardi os dois são jornalistas sérios com todo respeito ao pha prefiro o comentarista do jornal da globo e jornalista da revista veja.

Participe do CTV. Deixe seu comentário! Você pode fazer login usando nome/e-mail, ou usando sua conta do Twitter ou Facebook. Faça bom uso deste recurso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: