“Bambuluá” com Angélica marcou as manhãs da Rede Globo


Bambuluá era um programa infantil comandado por Angélica, com texto de Júlio Fischer e Cláudia Souto, direção de Marcelo Zambelli, Pedro Vasconcellos e Márcio Trigo, também responsável pela direção geral, produzido pelo Núcleo Roberto Talma.

O nome do infantil foi extraído do conto A princesa de Bambuluá, de Câmara Cascudo, um dos maiores estudiosos do folclore brasileiro, e significa uma terra que olhos maus não podem ver.

Com três horas e meia de duração, Bambuluá concentrava toda a programação infantil da Rede Globo: o programa reunia séries, diferentes personagens e a TV Globinho, quadro que exibia desenhos animados. Assim como em Caça talentos e Flora encantada, de Angel mix (1996), Bambuluá também trazia a apresentadora Angélica protagonizado uma novelinha infantil.

O programa é ambientado em uma cidade, batizada de Bambuluá, a cidade dos sonhos, onde moravam sete crianças aventureiras, que, graças à energia de um cristal, se transformam nos cavaleiros do futuro. A novelinha apresentava histórias semanais exibidas em capítulos curtos.

A cidade dos sonhos também tinha televisão e a principal atração dos moradores da cidade eram os desenhos animados da TV Globinho.

Além de desempenhar a função de heroína da cidade dos sonhos, Angélica era âncora da emissora de televisão e fazia as chamadas de desenhos, quadros e atrações nacionais.

Um desses quadros era Turma da Mônica, numa parceria desenvolvida com Maurício de Sousa. As histórias da boneca Garrafinha, de autoria de Mariana Caltabiano e direção de Marcelo Zambelli, e a comédia de situação Irmãos em ação, escrita por Tony Brandão e dirigida por Márcio Trigo, protagonizada por Kaito Ribeiro e Cecília Dassi, também eram atrações exibidas em Bambuluá. Outra série de destaque que integrava o programa era Iscavoka iskavoca, com esquetes independentes estrelados por bonecos de manipulação e pela atriz Renata Mor, com redação final de Chico Soares e direção de Márcio Trigo.

Em Bambuluá funcionava também um fã-clube de Angélica, em cuja sede ficavam objetos pessoais da apresentadora, como a roupa que usou quando esteve pela primeira vez num programa do Chacrinha, aos cinco anos de idade.

Bambuluá reunia um elenco de mais de 30 atores além de bonecos virtuais comandados por Cláudio Galvan.

Em outubro de 2001, estreou em Bambuluá a nova versão do Sítio do picapau amarelo, com histórias adaptadas do original de Monteiro Lobato. Cada episódio exibia histórias completas, com 15 minutos de duração sob a direção de Roberto Talma. Com a entrada do Sítio, passaram a ser exibidos 20 minutos a menos de desenhos estrangeiros.

Em 2002, Bambuluá saiu da grade de programação da emissora. Em seu lugar entrou TV Globinho, que passou a ser programa independente. Em dezembro de 2001, Angélica começou a apresentar o quadro Videogame no programa Vídeo show (1983).

A cidade cenográfica construída no Projac para servir de cenário para Bambuluá ocupava um terreno de mais de 1.500m2. O espaço englobava o terreno usado para erguer o shopping da novela Torre de Babel (1998), de Silvio de Abreu. Lá, foram instalados um chafariz de pipoca e uma biscoiteca, onde funcionava o fã-clube de Angélica. No centro da cidade ficava a TV Globinho.

Em quesito audiência, a atração no início conseguia a liderança isolada em seu horário de exibição e após ao passar dos dias, chegou a perder várias vezes para o “Bom Dia & Cia” do SBT.

Por Bruno Arantes

5 Responses to “Bambuluá” com Angélica marcou as manhãs da Rede Globo

  1. ddd says:

    amava esse programa. marcou minha infancia. bambulua passa a chegar….kkkkkkkk! foi começo da tv globonho!

    angelica sempre arrasando! pena que tem pouco destaque na globo!

  2. adorei assistir todas as manhas,este programa tao especial. marcou bastante minha infancia adorei, vcs estao de parabens queria poder assistis todos os dias.

  3. orlangelo says:

    nao gostei muito nao mais uma novelinha qui eu gostei foi casça talento fada bela

  4. orlangelo says:

    gostei mesmo foi casça talento fada bela

  5. adriana says:

    adorava assistir o bambulua essa novelinha era demais amei

Participe do CTV. Deixe seu comentário! Você pode fazer login usando nome/e-mail, ou usando sua conta do Twitter ou Facebook. Faça bom uso deste recurso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: