CTV Esporte – Espanha x Holanda: um será o oitavo elemento


Em uma final inédita de Copa do Mundo, a oitava entre países europeus, Holanda e Espanha se enfrentam amanhã para saber qual será o oitavo campeão do mundo. O vencedor vai se juntar ao pentacampeão Brasil (1958/62/70/94/2002), à tetracampeã Itália (1934/38/82/2006), à tricampeã Alemanha (1954/74/90), aos bicampeões Argentina (1978/86) e Uruguai (1930/50) e aos campeões Inglaterra (1966) e França (1998). Tanto Holanda como Espanha fizeram campanha irretocável nas eliminatórias europeias, com 100% de aproveitamento. Além de ser uma final inédita, Holanda ou Espanha vão definir também qual será a primeira campeã europeia a vencer fora do Velho Continente.

AS SETE FINAIS EUROPEIAS: Em 1934, na Itália, o país-sede venceu a Tchecoslováquia; quatro anos depois, os italianos conseguiram o bicampeonato diante da Hungria, na França. Em 1954, a Alemanha levantou a taça pela primeira vez numa final diante da mesma Hungria, na Suíça. A final de 66, disputada na Inglaterra, deu aos anfitriões seu único título, contra a Alemanha. Já em 74, os alemães sediaram uma Copa e foram bicampeões contra a Holanda. Oito anos depois, na Espanha, a Itália superou a Alemanha e ficou com o tricampeonato. E, na Copa passada, o tetracampeonato italiano se deu diante da França, na Alemanha. A Europa atingirá amanhã dez títulos contra nove dos sul-americanos.

A CAMPANHA DA HOLANDA: Os holandeses estavam no grupo 9 das eliminatórias europeias, ao lado de Noruega, Escócia, Macedônia e Islândia. Foram oito jogos e número igual de vitórias; 17 gols marcados e apenas dois sofridos. A Holanda venceu a Macedônia (2 x 1/4 x 0), bateu a Islândia (2 x 0/2 x 1), superou a Noruega (1 x 0/2 x 0) e passou pela Escócia (3 x 0/1 x 0). Na Copa, venceu os seis compromissos até agora: Dinamarca (2 x 0), Japão (1 x 0), Camarões (2 x 1), Eslováquia (2 x 1), Brasil (2 x 1) e Uruguai (3 x 0), marcando 12 gols e sofrendo cinco.

A CAMPANHA DA ESPANHA: A fúria estava no grupo 5 das eliminatórias da Europa, com Bósnia, Turquia, Bélgica, Estônia e Armênia. Foram dez vitórias em dez jogos, com 28 gols marcados e cinco sofridos. A Espanha venceu a Bósnia (1 x 0/5 x 2), passou pela Armênia (4 x 0/2 x 1), goleou a Estônia (3 x 0/3 x 0), superou a Bélgica (2 x 1/5 x 0) e teve problemas diante da Turquia (1 x 0/2 x 1). Durante o Mundial, venceu cinco das seis partidas, marcando sete vezes e sofrendo dois gols. Perdeu da Suíça (1 x 0), bateu Honduras (2 x 1), derrotou o Chile (2 x 1) e venceu Portugal, Paraguai e Alemanha (todos por 1 x 0).

Fonte: C. de Notícias

Participe do CTV. Deixe seu comentário! Você pode fazer login usando nome/e-mail, ou usando sua conta do Twitter ou Facebook. Faça bom uso deste recurso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: