Rápidas (Guilherme Guidorizzi)


FOI BEM

A hilária dupla Ary França-Thelma Reston de “Escrito nas Estrelas”, como Seu Filhinho e Dona Etelvina. Estão impagáveis em cenas divertidíssimas.

FOI MAL

A Record que optou por começar a reprise de “CSI Las Vegas”, exibida em janeiro, ao invés de colocar o ano seis ou o repeteco de outra franquia do seriado.

FALANDO NISSO

Via Twitter, a emissora informa que a sexta temporada da série estará no ar em breve. Foi feito até um pedido de desculpas. Mas não se sabe quando irão ao ar os episódios.

NOVAMENTE

O caso envolvendo o goleiro Bruno traz de novo a discussão onde até a mídia pode ir. Na Record, o ‘Balança Geral’ do Rio passou a ser visto também em Minas e São Paulo; um plantão especial tem ocupado a faixa noturna e o ‘RJ Record’ foi esticado. A Globo por sua vez concentra suas atenções no ‘RJTV’; o SBT aborda o crime no ‘Boletim de Ocorrências’; a Band com seu ‘Brasil Urgente’ (que ontem começou antes das 17h); e a RedeTV!, no ‘A Tarde é Sua’, ‘Manhã Maior’ e até mesmo no ‘TV Fama’. Isso sem levar em conta os demais noticiários locais e nacionais. O que não dá para aceitar é ver figurinhas carimbadas aparecendo em vários programas ao longo do dia. Tais personalidades são conhecidas de outros crimes e pouco acrescentam à cobertura. O que mais se vê são apresentadores (de todas as emissoras) interessados em passar a riqueza dos detalhes do assassinato. Pouco caso com a memória da vítima, com a família dela e, é claro, com o telespectador. Não precisa disso.

ALIÁS

Ainda sobre o crime que pode estar envolvido o goleiro Bruno, parece que há uma preocupação em associar o time ao fato, como se o Flamengo fosse responsável pelas atitudes de seu arqueiro fora dos estádios de futebol. Por outro lado, a vítima é descrita como modelo, profissão que ao que indica nunca exerceu. Até agora, a coluna não viu ninguém questionando de que maneira os pais de Eliza receberam a notícia de sua gravidez. Muito menos, o porque dela se envolver com um profissional que já tinha histórico de agressão (em 2008, Bruno foi acusado de bater em prostitutas). Claro que nada, absolutamente nada, justifica o fim trágico de Eliza. Contudo, os programas não podem, simplesmente, deixar tais questões passarem em branco. Até porque não é a primeira vez que um famoso se envolve em acusação de agressão. O diferencial deste caso foi seu desfecho criminoso.

ÍNDICES

O filme ‘Meu nome não é Jonny’ do “Festival Nacional”, da Globo, teve 23 de média, o segundo pior desempenho da sessão que ficou no ar durante o período da Copa. Na Record, a emissora foi líder na média-matinal (7h/12h) com seis pontos (o ‘Fala Brasil’ venceu a Globo por oito a cinco; ‘SP no Ar’ teve sete e também liderou, batendo recorde no ano). E no SBT, “Qual é o Seu Talento?” ficou com sete. Na Bahia, no dia 1º, o “Se Liga, Bocão” (da Record) foi líder de audiência: ganhou da Globo por 21 a 16. No mesmo dia, “Ídolos” marcou 11 de média.

COPA GLOBAL

Ontem, o Brasil lançou sua marca para a Copa do Mundo de 2014. O casal de globais Rodrigo Hilbert e Fernanda Lima foram escolhidos como apresentadores da cerimônia. Hans Donner fez parte da equipe que aprovou a (horrível) logomarca, ao lado de Oscar Niemeyer, Ivete Sangalo, Gisele Bündchen e Paulo Coelho. Nada contra ninguém, mas os laços entre CBF e Globo continuam unidos. A emissora foi também a única a exibir o evento, onde só faltaram mulheres seminuas. De resto, todos os clichês em verde-e-amarelo estavam lá.

MANJADAS

O “Popcorn TV” que a Band estreia na segunda, 15h20, será formado basicamente de câmeras escondidas produzidas na França. Elas são conhecidas no Brasil. Foram ao ar no ‘Domingo Legal’, com o nome de ‘Zeze’, e no ‘Programa Silvio Santos’.

COPA DO MUNDO

O jogo entre Uruguai e Holanda, na tarde de terça, marcou em São Paulo, 18 na Globo e cinco na Band. No Rio, a emissora carioca teve 20 e a paulista, três. Anteontem, a vitória espanhola diante da Alemanha rendeu 16 (Globo) e cinco (Band), números de São Paulo. No mercado nacional, a eliminação brasileira, sexta passada, fechou com oito, na Band, e 48, na Globo; a derrota argentina cravou cinco e 25, respectivamente.

SUTILEZAS

O telespectador mais atento observa que “Ribeirão do Tempo” tem uma veia política um dose de sátira. No capítulo de anteontem, o bêbado Querêncio fez um discurso na praça e só não foi preso pela intervenção de dr.Flores; ao fundo se ouvia ‘Pra dizer que não falei das flores’, de Geraldo Vandré, usada na ditadura militar. O capítulo marcou média de dez pontos. No SBT, ‘Ana Raio & Zé Trovão’ marcou oito, o dobro da mexicana ‘As Tontas Não Vão ao Céu’ e um a mais que ‘Uma Rosa com Amor’. A reprise de ‘Mutantes’, exibida mais cedo do que o habitual, minguou quatro de média. ‘Sinhá Moça’ teve 13 e ‘Malhação’, 21. ‘Escrito nas Estrelas’ somou 26 (com a cena de sexo entre Mariana e Guilherme), um a mais que ‘Tempos Modernos’. ‘Passione’ fechou com 32.

CORUJINHA

A partir da semana que vem, o SBT irá substituir as séries da madrugada de sábado para domingo. No lugar de ‘A sete palmos’ e ‘Californication’, vai exibir ‘Elas e eu’, ‘Raja’, ‘Um maluco no pedaço’ e ‘Cory na Casa Branca’; todas séries de humor e que já foram exibidas (e repetidas à exaustão) no horário vespertino. Antes, na quarta (14), ‘Os 440o’ retorna à grade às 3h15; e na sexta (16), ‘Família Soprano’ substitui ‘Studio 60′, às 5h.

Participe do CTV. Deixe seu comentário! Você pode fazer login usando nome/e-mail, ou usando sua conta do Twitter ou Facebook. Faça bom uso deste recurso!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: